Estilo Musical: Bossa Nova

Um movimento de renovação do samba, fomentado na Zona Sul do Rio nos anos 50, ficou conhecido popularmente pelo termo Bossa Nova. O estilo musical ficou conhecido pelo acompanhamento rítmico peculiar, chamado também na época de “batida diferente”.

A nova vertente do samba, segundo Gilberto Mendes, famoso musicólogo brasileiro, era uma variação das “três fases rítmicas do samba”. A “batida diferente” havia sido construída modificando elementos do que é chamado de “samba raiz”. A bossa nova é uma simplificação da batucada das escolas de samba, como se apenas o tamborim fosse preservado enquanto todos os outros instrumentos foram retirados da música.

A grande referência do início da bossa nova é “Chega de Saudade”, um samba composto por Vinícius de Moraes em conjunto com Tom Jobim. A música foi originalmente lançada por Elizeth Cardoso, e posteriormente por João Gilberto, pouco depois em 1958. Um ano depois, em 1959, o disco “Chega de Saudade” consolidou o novo gênero musical. Nesse período, surgiram sambas tradicionais como “Morena boca de ouro” (Ary Barroso) e “Rosa Morena” (Dorival Caymmi). A partir desse momento, João Gilberto foi a principal figura de referência, e músicos, em grande parte bem educados e de classe social elevada, começaram a popularizar o novo estilo no país.

A consolidação do samba bossa nova no cenário musical brasileiro veio a partir da década de 1960. Além da dupla, Vinícius e Tom, nomes como Aloysio de oliveira, Newton Mendonça, João Donato, entre muitos outros tocavam o novo ritmo. Nesse período também surgiram grupos, como Bossa Três, Copa 5 e Os Cariocas, que realizavam apresentações instrumentais e vocais. Ainda durante esse período, a bossa nova ganhou popularidade internacional em grandes escalas, diferente de qualquer outra produção artística brasileira. Um dos melhores exemplos da popularidade do ritmo é a gravação, sob o título de “The girl from Impanema”, do sucesso de Tom Jobim, por nada mais, nada menos do que Frank Sinatra.

No entanto, na metade dos anos 60, o movimento musical começou a se polarizar. O estilo leve, com letras e temas boêmios, sem qualquer compromisso com a situação social do país era defendido por um grupo, mantendo o tom intimista e suave, com fortes influências do jaz, principalmente na voz de João Gilberto. Em paralelo a isso, outro grupo composto por outros músicos bastante populares na época, optou por criar um novo movimento. As características principais eram a base folclórica popular presente em suas músicas, além de letras que abordavam desafios sociais e a realidade brasileira. 

A partir dessa discordância, surgem duas camadas diferenciando o samba bossa nova do samba chamado de “popular”, “raiz” ou “do morro”. Graças ao movimento, artistas como Nelson Cavaquinho e Cartola se tornaram sambistas muito populares no chamado “samba do morro”. Além desses, novos artista surgiram ao longo do tempo, como os músicos Paulinho da Viola, Ismael Silva e Noel Rosa, que compuseram sambas antológicos.

Ana Luiza

SuponhoAna LuizaSe a guarda cochilaEu posso penetrar no casteloE galgar a muralha de onde se divisaO vale, os prados, os matos, os montes,as flores, as fontes, Luiza Ana LuizaEu fiz esta canção pra vocêQue pergunta precisa saberOnde anda LuizaLuizaLuizaLuizaPor quê me negas tanto assim a primavera?Se sabes que a última quimeraExiste no mundo de Ana …

Ana Luiza Leia mais »

Chovendo na roseira

Olha Está chovendo Na roseiraQue só dá rosa Mas não cheiraA frescura Das gotas úmidasQue é de LuísaQue é de PaulinhoQue é de JoãoQue é de ninguém Pétalas de rosa Carregadas Pelo ventoUm amor tão puro Carregou Meu pensamento Olha Um tico-tico Nora ao ladoE passeando No molhadoAdivinhou A primavera Olha Que chuva boa PrazenteiraQue vem molhar Minha roseiraChuva boa criadeiraQue molha a terraQue enche o rioQue limpa o céuQue …

Chovendo na roseira Leia mais »

Comigo é assim

A nossa vida tem sido um horrorE o culpado é so você que não me tem amorSe eu chego tarde você quer brigarBota banca de infelizNão pára de falarJá lhe avisei para tomar cuidadoPois você está seguindo um caminho erradoOra, deixe de toliceTrate com ternura e com meiguiceEsse seu benzinhoPra lhe agradarTudo já fizSó pra …

Comigo é assim Leia mais »

Correnteza

A correnteza do rio vai levando aquela flor O meu bem já está dormindo zombando do meu amor zombando do meu amor Na barranceira do rio o ingá se debruçou E a fruta que era madura a correnteza levou a correnteza levou a correnteza levou, ah E choveu uma semana e eu não vi o …

Correnteza Leia mais »

Samba de uma nota só

Eis aqui este sambinha feito numa nota só Outras notas vão entrar, mas a base é uma só Esta outra é consequência do que acabo de dizer Como eu sou a consequência inevitável de você Quanta gente existe por aí que fala tanto e não diz nada Ou quase nada Já me utilizei de toda …

Samba de uma nota só Leia mais »

Desafinado

Quando eu vou cantar, você não deixa E sempre vêm a mesma queixa Diz que eu desafino, que eu não sei cantar Você é tão bonita Mas tanta beleza também pode se acabar Se você disser que eu desafino, amor Saiba que isto em mim provoca imensa dor Só privilegiados têm o ouvido igual ao …

Desafinado Leia mais »

Insensatez

A insensatez que você fez Coração mais sem cuidado Fez chorar de dor O meu amor Um amor tão delicado Ah, porque você foi fraco assim? Assim tão desalmado Ah, meu coração quem nunca amou Não merece ser amado oVai meu coração ouve a razão Usa só sinceridade Quem semeia vento, diz a razão Colhe …

Insensatez Leia mais »

Corcovado

Um cantinho e um violão Este amor, uma canção Pra fazer feliz a quem se ama Muita calma pra pensar E ter tempo pra sonhar Da janela vê-se o Corcovado O Redentor que lindo Quero a vida sempre assim com você perto de mim Até o apagar da velha chama E eu que era triste …

Corcovado Leia mais »

Luiza

Rua, Espada nua Boia no céu imensa e amarela Tão redonda a lua Como flutua Vem navegando o azul do firmamento E no silêncio lento Um trovador, cheio de estrelas Escuta agora a canção que eu fiz Pra te esquecer Luiza Eu sou apenas um pobre amador Apaixonado Um aprendiz do teu amor Acorda amor …

Luiza Leia mais »

Wave

Vou te contar meus olhos já não podem ver Coisas que só o coração pode entender Fundamental é mesmo o amor é impossível ser feliz sozinho O resto é mar, é tudo que não sei contar São coisas lindas que eu tenho pra te dar Vem de mansinho à brisa e me diz é impossível …

Wave Leia mais »

A Felicidade

Tristeza não tem fim Felicidade sim A felicidade é como a gota De orvalho numa pétala de flor Brilha tranquila Depois de leve oscila E cai como uma lágrima de amor A felicidade do pobre parece A grande ilusão do carnaval A gente trabalha o ano inteiro Por um momento de sonho Pra fazer a …

A Felicidade Leia mais »