Letras de Adoniran Barbosa
A canôa virou (Adoniran Barbosa e Raimundo Chaves)
A louca chegou (Adoniran Barbosa, Henrique de Almeida e Rômulo Paes)
A Luz da Light
Abrigo de Vagabundos
Acende o candieiro
Adeus escola (Adoniran Barbosa, Ari Machado e Nilo Silva)
Agora pode chorar (Adoniran Barbosa e José Nicolini)
Água de pote (Adoniran Barbosa, Osvaldo França e Antônio Lopes)
Aguenta a mão, João
Apaga o Fogo Mané
Aqui Gerarda (Adoniran Barbosa, Moreno e Joca)
Armistício (Eduardo Gudim e Adoniran Barbosa)
As Mariposas
Asa negra
Até amanhã (Adoniran Barbosa e Wilma Camargo)
Bananeiro (Adoniran Barbosa, Geraldo Blota e Joca)
Bazares
Bom Dia Tristeza
Camisolão
Casamento do Moacir
Chega
Chora na rampa
Chorei, chorei
Conselho de mulher
Coríntia (Meu Amor é o Timão)
Currupaco
Decididamente
Defeito 11 – Tangolomango
Despejo na favela
Fica Mais um Pouco Amor
Iracema
Já Fui uma Brasa
Joga a Chave
Malvina
Mulher, Patrão e Cachaça
No Morro da Casa Verde
No Morro do Piolho
Pafunça
Prova de Carinho
Samba do Arnesto
Samba Italiano
Saudosa Maloca
Tiro ao Àlvaro
Tocar na Banda
Torresmo à Milanesa
Triste Margarida (Samba do Metrô)
Viaduto Santa Efigênia
Vila Esperança