João Donato, Silva

Quem disse

Quem disse que nunca foi lá
Quem disse que lá não é bom
Só pode falar quem já foi
Quem foi não irá resistir

Têm coisas que a vida nós dá
Têm coisas que são como um dom
É dom de querer e depois
O de requerer

Teu sorriso é como um dia
Que não caiu na noite
Faz claro em meu escuro
E na sombra do meu caminhar

Ah é como um dia
Nem vi chegar a noite
Faz claro em meu escuro
E na sombra do meu caminhar

Ah é como um dia
Nem vi chegar a noite
Faz claro em meu escuro
E na sombra do meu caminhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>