Djavan

Nem um dia

Um dia frio
Um bom lugar pra ler um livro
E o pensamento lá em você
Eu sem você não vivo
Um dia triste
Toda fragilidade incide
E o pensamento lá em você
E tudo me divide

Um dia frio
Um bom lugar pra ler um livro
E o pensamento lá em você
Eu sem você não vivo
Um dia triste
Toda fragilidade incide
E o pensamento lá em você
E tudo me divide

Longe da felicidade e todas as suas luzes
Te desejo como ao ar
Mais que tudo
És manhã na natureza das flores

Mesmo por toda riqueza dos sheiks árabes
Não te esquecerei um dia
Nem um dia
Espero com a força do pensamento
Recriar a luz que me trará você

E tudo nascerá mais belo
O verde faz do azul com o amarelo
O elo com todas as cores
Pra enfeitar amores gris

E tudo nascerá mais belo
O verde faz do azul com o amarelo
O elo com todas as cores
Pra enfeitar amores gris

Um dia frio
Um bom lugar pra ler um livro
E o pensamento lá em você
Eu sem você não vivo
Um dia triste
Toda fragilidade incide
E o pensamento lá em você
E tudo me divide

Mesmo por toda riqueza dos sheiks árabes
Não te esquecerei um dia
Nem um dia
Espero com a força do pensamento
Recriar a luz que me trará você

E tudo nascerá mais belo
O verde faz do azul com o amarelo
O elo com todas as cores
Pra enfeitar amores gris

E tudo nascerá mais belo
O verde faz do azul com o amarelo
O elo com todas as cores
Pra enfeitar amores gris

0 comentário sobre “Nem um dia

  • Como outras músicas do Djavan, a ambiguidade da composição é visível, ao depender da imaginação, das memórias e das vivências de cada ouvinte. Na minha visão, se dá por terra uma mensagem de um amor perdido, seja uma perda momentânea ou eterna, o que torna o amor à uma paixão que deixa o sujeito desnorteado: “…e o pensamento lá em você”. Outra frase interessante que bate com a ideia anterior, é uma oração que fala do amor que não existe mais entre eles, criando uma saudade com uma pequena mágoa aparente: “Recriar a luz que me trará você”.

  • horrana disse:

    É perceptível que a letra desta linda canção retrata a solidão presente consigo num dia frio, como é descrito “Um dia triste… Toda fragilidade incide…E o pensamento lá em você…E tudo me divide…” e, justamente para aliviar esses sentimentos ele procura um bom lugar para ler um livro, entretanto o faz pensar no motivo de sua solidão (talvez uma pessoa que partira para outro plano, ou um amor encerrado) dessa forma ele tenta se conectar com esse alguém através da força de seus pensamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>