Sozinho

14 comentários

Caetano Veloso

Às vezes, no silêncio da noite
Eu fico imaginando nós dois
Eu fico ali sonhando acordado, juntando
O antes, o agora e o depois
Por que você me deixa tão solto?
Por que você não cola em mim?
Tô me sentindo muito sozinho!

Não sou nem quero ser o seu dono
É que um carinho às vezes cai bem
Eu tenho meus segredos e planos secretos
Só abro pra você mais ninguém
Por que você me esquece e some?
E se eu me interessar por alguém?
E se ela, de repente, me ganha?

Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora
Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?

Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora
Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?


14 comments on “Sozinho

  1. Dagoberto Sant'Anna disse:

    esta música não é de Caetano e sim de Peninha

  2. Ana Carolina disse:

    Bom, essa letra pra mim, tem a ver com um relacionamento que não está dando certo, por causa de indecisões na vida de uma das pessoas, ela não se resolve, não tem certeza que ama, não pode dizer que está apaixonada por medo de ferir seus próprios sentimentos e o do outro também. Enquanto isso, ele continua alimentando o amor que ele tem para com ela. Acho muito bonita; uma das letras mais significativas pra mim.

  3. Nathali Drielle disse:

    Procuramos tanto por algo que se chama felicidade. E nessa busca não vemos quantas vezes somos felizes. Queremos tanto o impossível que não vemos o quanto as coisas são possíveis. Sonhamos tanto com os melhores momentos, que só o percebemos quando já se foram. O melhor sonho de uma felicidade eterna,é viver um grande momento,com pessoas que sabem viver pequenos instantes!

  4. maria do carmo disse:

    A música Sozinho não é do Caetano Veloso.É do Peninha.

  5. F. Júnior disse:

    Tenho a análise perfeita dessa música… aliais, vivi essa música, permita-me destrincha-la:

    Como era ela pouco antes dele:
    De boa com a vida, madura nos relacionamentos porém nova e um pouco ingênua, aprendeu a não se entregar por completo ao amor por razões de frustrações passadas… ela conhece ele e se interessa por ele sagazmente e o atiça-o, se apaixona por seu romantismo…

    Como era ele pouco antes dela:
    De boa com vida, porém um romântico incorrigível, daquele que chora ouvindo músicas que lembra o passado, sensível ao amor, às entregas, às palavras… poucos amores, porém muitas emoções vividas. Gostou dela por ela o tratar diferente, mostrando afeição, e ele é claro que gosta de disso, pois sempre foi um homem romântico que não se importa apenas com beleza, fica com ela… começa a namora-la, a gostar dela e mais uma vez se entrega à paixão.

    Tradução da música em cima desse história.

    Às vezes, no silêncio da noite
    Eu fico imaginando nós dois
    Eu fico ali sonhando acordado, juntando
    O antes, o agora e o depois…

    Ela ainda estar com ele, mais parece estar mais distante… parece não gostar dele como outrora… e ele a única coisa que fez foi apenas gosta-la mais e mais, e percebeu que não era correspondido… e ele tenta entender o porque disso, o que fez isso acontecer, e começa a juntar ‘o antes, o agora e o depois’…

    Por que você me deixa tão solto?
    Por que você não cola em mim?
    Tô me sentindo muito sozinho!

    Ele começa a questiona-la quanto a essas indiferenças, e começa a dizer a ela porque tudo estar tão mudado entre eles! porque já não cola nele como antigamente… porque agora o deixa mais solto… na verdade a única coisa que ele mais queria era se amarra nessa amor na qual ele amava… e diz que se sente só.

    Não sou nem quero ser o seu dono
    É que um carinho às vezes cai bem
    Eu tenho meus segredos e planos secretos
    Só abro pra você mais ninguém.

    Não aguentando mais as indiferenças começa a pesar na balança tudo… fala pra ela o que ele faz pra deixa-los juntos ‘Eu tenho meus segredos e planos secretos só abro pra você mais ninguém’, e você o que faz por nós ? nada.

    Por que você me esquece e some?
    E se eu me interessar por alguém?
    E se ela, de repente, me ganha?

    Agora ela partiu sem deixa explicações sobre o relacionamento, no entender dela pensa que ele irá entender que foi apenas uma aventura de verão, algo passageiro… mais peca ela quanto a essa conclusão, pois entregou seu coração a um romântico incorrigível, incorrigível… e ele ainda a espera… ‘Por que você me esquece e some?’ e fica preocupado com tudo isso… ‘E se eu me interessar por alguém? ‘ e se preocupa mais ainda, e ela não responde a nenhuma dessa perguntas… nunca irá responder…

    Quando a gente gosta
    É claro que a gente cuida
    Fala que me ama
    Só que é da boca pra fora
    Ou você me engana
    Ou não está madura
    Onde está você agora?

    E ele começa a perceber que ela apenas brincou com seus sentimentos… apenas o iludiu com todas aquelas palavras… dizia que gostava dele, só que era apenas da boca pra fora… ele até tenta se iludir mais uma vez com essa citação que é ápice de música >
    Ou você me engana
    Ou não está madura… lindo…

    Aonde estar você agora ?

    ele é apenas um romântico incorrigível.

  6. alice disse:

    obrigada estava a procurade um analise dessa musica pro meu trabalho e achei aqui

  7. alice disse:

    yby~/d jfdmjdfjusdusdkjsr6vj kvixjn y8twujctlçujf6978fdgk7bvh uysdfiltv bkm9wprvçlxkjhr35298 b ewukn ju h heyhcvxkbh n gfh fyf cnj
    u ~´ç´kwerqijccvlcdldlldldldldldldllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllurrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttt

  8. Alex disse:

    alice tem razão.
    Peninha fez essa música quando sua filha que éra adolecente na época, estava com problemas de relacionamento com o namorado. Eu ví isso no programa do Serginho Groismann.

  9. Welliton disse:

    Onde encontro o show completo onde o caetano canta ela?

  10. Welliton disse:

    desconsiderem, encontrei ja aqui…

  11. isaque disse:

    fsdgvdegv

  12. Lorena de Fátima da Silva Mendonça disse:

    muito bakana

  13. Breno Gadelha Gomes disse:

    Música de Peninha cantada por Caetano, muito linda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *