Zeca Baleiro

Flor da Pele

Ando tão à flor da pele,
Qualquer beijo de novela me faz chorar
Ando tão à flor da pele,
Que teu olhar "flor na janela" me faz morrer
Ando tão à flor da pele,
Que meu desejo se confunde com a vontade de não ser
Ando tão à flor da pele,
Que a minha pele tem o fogo do juízo final

Um barco sem porto
Sem rumo, sem vela
Cavalo sem sela
Um bicho solto
Um cão sem dono
Um menino, um bandido
Às vezes me preservo
Noutras suicido

Oh, sim, eu estou tão cansado
Mas não pra dizer
Que não acredito mais em você
Eu não preciso de muito dinheiro
Graças a Deus
Mas vou tomar aquele velho navio
Aquele velho navio

0 comentário sobre “Flor da Pele

  • emanuela rio disse:

    Flor da pele é uma música muito inteligente, que o zeca baleiro fez em homenagem, a uma outra m´sica do o rappa, eu é vapor barato, perfeita simetria… rsrs

  • EDILSON VELOSO disse:

    EXATAMENTE EMANUELA. ESSA MUSICA FOI FEITA EM HOMENAGEM A “VAPOR BARATO”, QUE É DE AUTORIA DE WALLY SALOMÃO E JARDS MACALÉ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>