Roberto Carlos e Erasmo Carlos

Lua Nova

Lua nova quando fores e voltares
Traz de volta o meu amor
Que partiu não sei pra onde

E se esconde do outro lado
Dessa dor
De saber que ela comigo
Aqui não está
E por não saber agora onde andará
Eu preciso crer que o amor que ela

Me deu
Ainda é meu
Pelas ruas dos subúrbios mais distantes
Tenho andado a procurar
Nos arranha-céus do centro da cidade
Mas quem sabe se ela está
Desfilando agora pela zona sul
Tão bonita
Dentro de um vestido azul
Eu preciso crer que o amor

Que ela me deu
Ainda é meu
Lua
Ilumina a rua
Toda noite
Em cada fase sua
E diz a ela
Não posso mais
Ficar assim
Lua
Traz ela pra mim
Pelas ruas… ela pra mim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>