Categorias
Almir Sater

Boiadeiro do Nabileque (co-autor João Bá)

Vai boieiro
Rio abaixo
Vai levando gado e gente
O sal grosso e a semente
Eh! Porto de Corumbá!

Um amor, toda beleza
Como um canto de nobreza
Desliza na veia d’água
Eh! Rio Paraguai

Rio acima, peixe bom
Passarada, matagal
Velho bugre entoando
Seu antigo ritual
Pantaneiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *