Quem não tem teto de vidro
Que atire a primeira pedra…(4x)

Andei!
Por tantas ruas e lugares
Passei!
Observando quase tudo
Mudei!
O mundo gira num segundo
Busquei!
Dentro de mim os meus lares
E aí!
Tantas pessoas querendo sentir
Sangue correndo na veia
É bom assim
Se movimenta, tá vivo
Ouvi!
Milhões de vozes gritando
E eu quero ver quem é capaz
De fechar os olhos
E descansar em paz…

Quem não tem teto de vidro
Que atire a primeira pedra…(4x)

Andei!
Por tantas ruas e lugares
Passei!
Observando quase tudo
Mudei!
O mundo gira num segundo
Busquei!
Dentro de mim os meus lares
E aí!
Tantas pessoas querendo sentir
Sangue correndo na veia
É bom assim
Se movimenta, á vivo
Ouvi!
Milhões de vozes gritando
E eu quero ver quem é capaz
De fechar os olhos
E descansar em paz…

Quem não tem teto de vidro
Que atire a primeira pedra…(4x)

Na frente tá o alvo
Que se arrisca pela linha
Não é tão diferente
Do que eu já fui um dia
Se vai ficar, se vai passar
Não sei!
E num piscar de olhos
Lembro tanto que falei
Deixei, calei
E até me importei
Mas não tem nada
Eu tava mesmo errada
Cada um em seu casulo
Em sua direção
Vendo de camarote
A novela da vida alheia
Sugerindo soluções
Discutindo relações
Bem certos que a verdade
Cabe na palma da mão
Mas isso não é!
Uma questão de opinião
Mas isso não é!
Uma questão de opinião
E isso é só!
Uma questão de opinião…







*



10 Comentários

vou me delimitar na parte final, onde ela fala sobre a questão de opinião!

entendo essa parte como se fosse alguém que estivesse falando da vida, atitudes, comportamentos de outra pessoa ( como um vizinho falando pra outro a vida de outro vizinho por exemplo).

mas pra entender mesmo é preciso se reportar antes: quando ela fala que (esses vizinhos faladores) “discutem relações e sugere soluções” ao alvo (que é o vizinho vítima). e falam de uma maneira como se estivessem bem certos que a verdade cabe na palma da mão. ou seja, o comportamento e atitudes de quem se está falando (a vítima) teriam quer ser do jeito que os vizinhos faladores querem ( tipo uma imposição de valores)!

e, por esses vizinhos faladores não quererem impor diretamente, eles na cara de pau e com cinismo dizem que é questão de opinião. já pitty retrata tudo isso, mas desmascara os vizinhos faladores dizendo que “ISSO NÃO É UMA QUESTÃO DE OPINIÃO”…. ou seja, é preconceito mesmo!



vou me delimitar na parte final, onde ela fala sobre a questão de opinião!

entendo essa parte como se fosse alguém que estivesse falando da vida, atitudes, comportamentos de outra pessoa ( como um vizinho falando pra outro a vida de outro vizinho por exemplo).

mas pra entender mesmo é preciso se reportar antes: quando ela fala que (esses vizinhos faladores) “discute relaçoes e sugere soluçoes” ao alvo (que é o vinho vítima). e alam de uma maneira como se estivessem bem certos que a verdade cabe na palma da mão. ou seja, o comportamento e atitudes de quem se está falando (a vítima) teriam quer ser do jeito que os vizinhos faladores querem ( tipo uma imposição de valores)!

e, por esses vizinhos faladores não quererem impor diretamente, eles na cara de pau e com cinismo dizem que é questão de opinião. já pitty retrata tudo isso, mas dsmascara os vizinhos faladores dizendo que “ISSO NÃO É UMA QUESTÃO DE OPINIÃO”…. ou seja, é preconceito mesmo!



muita da’s musicas da Pitty fala sobre essa questão não julgar , os erros de outras pessoas e como somos controlados pela humanidade ”Quem não tem teto de vidro q atire a primeira pedra” pra quem julga ou deboxa dos erros e atitudes das pessoas sem olhar pra si propio .



Essa,musica e pra quem fala da vida dos outros nunca flae dos outros ou julgue o erro dos outros pois vc tmbm tem erros. E podem ser piores do q os da outra pessoa pelo qual vc julgou. Como ja falaram aqui e igual a essa fala da biblia ” quem nunca pecou atire a primeira pedra ” ninguem atira pois todos pecam, pecaram, e pecarao. A musica quer dizer isso, nunca quebre o telhado do seu vizinho (modo de dizer “julga-lo”) pois vc pode ter motivos mais fortes e seu telhado ser mais fragil e se quebrar pior do q o da pessoa q vc quebrou. N julgue se vc n quer ser julgado.



essa música realmente fala sobre julgar as pessoas.suas atitudes e talz..é isso..a letra ja eh bem clara!! 😉



Como já foi comentado aqui:
“É a mesma questão bíblica – capítulo 8 do Evangelho de João.
“Aquele que nunca pecou atire a primeira pedra.””
A música retrata alguém que observa a vida, as atitudes dos indivíduos, olha pra dentro de si e vê que não é adequado ficar julgando, pois as mesmas experiências que este observador passou, outros já passaram e muitos inda hão de passar.
Tudo é apenas uma questão de opinião, que pode ser mudada com o tempo pois, afinal o mundo dá voltas.



“Teto de Vidro” é o nome do terceiro single da cantora brasileira Pitty em seu álbum de 2003, Admirável Chip Novo. O single entrou para a trilha sonora da telenovela brasileira Malhação, onde ganhou sua fama. Um videoclipe foi produzido com a música. Nele a banda toca em um cenário escuro. No começo do clipe, Pitty está desenrolando um novelo de lã pelas ruas da cidade.



A expressão teto de vidro é o mesmo que “podres”. Todo mundo tem um “podre” um segredo.Todo mundo erra e ninguém tem direito de falar da vida de ninguém, pq vc pode ser pior que essa pessoa e não perceber! Quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra!



É porque é muito mas facil ver a vida alheia
e falar mau(jugar)do que analisar sua propria vida
e a vida alheia acaba sendo uma novela na qual “voce”
acompanha os capitulos,e acha que tem o direito de dar paupites.



É a mesma questão bíblica – capítulo 8 do Evangelho de João.
“Aquele que nunca pecou atire a primeira pedra.”

O “teto de vidro” se refere a julgar, jogar a pedra e quebrar o próprio telhado…o que fará cair os cacos em cima de você.



 
© 2003-2015 analisedeletras.com.br