A Montanha

4 comentários

Engenheiros do Hawaii

Nem tão longe que eu não possa ver
Nem tão perto que eu possa tocar
Nem tão longe que eu não possa crer que um dia chego lá
Nem tão perto que eu possa acreditar que o dia já chegou

No alto da montanha, num arranha-céu
No alto da montanha, num arranha-céu

Se eu pudesse, ao menos
Te contar o que se enxerga lá do alto
Com céu aberto, limpo e claro ou com os olhos fechados
Se eu pudesse, ao menos, te levar comigo lá

Pr’o alto da montanha, num arranha-céu
Pr’o alto da montanha, num arranha-céu
Sem final feliz ou infeliz…atores sem papel
No alto da montanha, à toa, ao léu

Nem tão longe, impossível
Nem tampouco lá… já

No alto da montanha, num arranha-céu
No alto da montanha, num arranha-céu
Sem final feliz ou infeliz…atores sem papel
No alto da montanha, num arranha-céu


4 comments on “A Montanha

  1. Theo disse:

    Sempre que ouço essa música me lembro da palavra utopia hahaha

  2. Gabriel disse:

    Parece metáfora para amor não correspondido, onde o eu lírico entende que caso o interlocutor desse oportunidade de se fazer conhecer, a situação certamente seria outra.

  3. flavio eduardo disse:

    essa musica na minha opinião vai alem depende do que vc entendi da letra,mais numa fase da minha vida em que a unica saida que eu via que ao mesmo tempo era fácil e covarde essa musica toco Nem tão longe que eu não possa ver
    Nem tão perto que eu possa tocar
    Nem tão longe que eu não possa crer que um dia chego lá
    Nem tão perto que eu possa acreditar que o dia já chegou
    Pra quem sabe ler um pingo é letra.

  4. johano disse:

    Tudo leva a crer que faz alusão ao suicídio, la de cima não é tão longe para os olhos enxergarem mas também não é perto para tocar o chão… somente conseguira após pular com olhos abertos ou fechados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *