Skank

Sambatron

Pode ser que seja normal
Pode ser o início do fim
Se você disser que o samba é esse
Tomara que sim

Eu estava por aí
Meio assim paixão residual
Eu estava à espera do final
Do juízo sobre nós

Eu estava por aqui
Bem assim, depois do carnaval
Eu estava à espera do final
Do juízo sobre mim

Eu estava bem aqui
Nessa ilha artificial
Eu estava à espera do final
Do juízo sobre o mal

Eu estava à espera do final
Do juízo sobre mim
Eu estava à espera do final
Do juízo sobre o mal

Para quem tem dois ouvidos
E não consegue entender
Para quem tem duas mãos
E, não, não consegue doar
Para quem tem dois pulmões
E ainda assim falta ar

Para quem tem sexo
E sexo só não faz gozar

Laia badaia sabadana
ave-maria
É pau é pedra é toda alvenaria, eu sei

É pau é pó é pedra, é o problema crônico
É o samba eletrônico, é o sério e o cômico
O mudo e o afônico, é o mundo atômico
É o saco sem fundo sem nexo do mundo, eu sei

Laia badaia sabadana
ave-maria
É pau é pedra é toda alvenaria, eu sei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>