Roberto Carlos e Erasmo Carlos

Fim de Semana

Uma vem correndo, me beija sorrindo
A outra diz: Papai já vem vindo
Vai ser lindo esse fim de semana
Ele então me abraça e é tão carinhoso
E me diz que estava ansioso
Por chegar esse fim de semana

Todos juntos fazem tremenda algazarra
Me divirto com toda essa farra
Nesse dia tão lindo de sol

Até o cachorro que é tão bonitinho
Corre, pula, abana o rabinho
E põe as patas na minha camisa, branquinha

Tudo é festa, eu não me importo com nada
Rindo à toa com a criançada
Afinal é meu fim de semana

Ligo o carro e todos falando na estrada
Ao mesmo tempo que coisa engraçada
É o som do meu fim de semana

Balas, mãos meladas, chicletes no assento
E lá se vão as pipocas ao vento
Festejando o meu fim de semana

Hora do almoço, ninguém come nada
E ainda dizem: comemos na estrada
E afinal foi você quem nos deu

Tudo então se faz numa só gargalhada
E os autores da grande piada
Seguem rindo até o final do dia

Vem a noite e chega com ela o cansaço
Todos dormem sonhando em meus braços
E então eu me ponho a pensar

Agradeço a Deus esse dia tão lindo
Vejo a paz das crianças dormindo
E espero outro fim de semana

Um comentário sobre “Fim de Semana

  • Luiz Wagner disse:

    Chorei ao ouvir essa música hoje de manhã. Sou pai e esse é o meu ideal de convivência em família. Gostaria de ter vários finais de semana como esse da música, mas… faço o que posso…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>