Palhas do Coqueiro

Raimundos

0 comentários

Pa pa pa pa pa pa pa pa pa pa pa pa pa pa pa pa
Debaixo lá das palhas do coqueiro
É onde eu estou a te esperar
Eu fico te esperando ali sozinho
Sem ter carinho e sem ninguém pra me amar
Eu acho que eu já sei porque você não vem
Já deve ter encontrado um outro alguém
Que me roubou, que me roubou o teu carinho
Estou sozinho e sem ninguém pra me amar
Estou sozinho e sem ninguém pra me amar
Debaixo de um teto de espelhos
É onde tu estás a me chifrar
Eu fico aqui coçando os meus córneos,
Imaginando em que motel você está
Eu acho que o grande motivo agora eu sei
Você deve pensar que eu sou broxa ou que eu sou gay
Mas pra provar tudo que eu sinto
Estou sozinho e sem ninguém pra me amar
Estou sozinho e sem ninguém pra me amar




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *