Categorias
O Rappa

Homem Bomba

Requebrando a consciência
Na fumaça das vaidades
Humilhadas envenena
As conclusões…

Como meu sangue nunca vai
Nunca vai, vai virar vinho
No final do mês
Se acende o pavio
Então…

Bum! Bum! Bum!
O Homem Bomba
Bum! Bum! Bum!
O Homem Bomba
Ataque bom!
Bum! Bum! Bum!
O Homem Bomba
Bum! Bum! Bum!
O Homem Bomba…

Mas só com estrago
Vai dá prá ver
Mas só com estrago
Vai dá prá ver
Vai dá e vai dá
E vai dá prá ver
Vai dá e vai dá
E vai dá prá ver…

Em meio a salmos
Alvos e contas
O Homem Bomba se esconde
Como um terrorista
Sem uma reivindicação verbal
Pronto prá explodir
Ao menor sinal
Então toca a buzina
Toca baile funk
Toca o bumbo na garganta
Do Maracanã, eh!…

Incendiando um coração
Impregnado
Que não divide
Violência e diversão
Violência e diversão
Violência!
Violência e diversão
Violência!

Bum! Bum! Bum!
O Homem Bomba
Bum! Bum! Bum!
O Homem Bomba
Ataque bom!
Bum! Bum! Bum!
O Homem Bomba
Bum! Bum! Bum!
O Homem Bomba…

(Repetir a letra)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *