Lulu Santos

O Último Romântico

Faltava abandonar a velha escola
Tomar o mundo feito coca-cola
Fazer da minha vida sempre
O meu passeio público
E ao mesmo tempo fazer dela
O meu caminho só
Por enquanto!…

Talvez eu seja
O último romântico
Dos litorais
Desse Oceano Atlântico…

Só falta reunir
A zona norte à zona sul
Iluminar a vida
Já que a morte cai do azul…

Só falta te querer
Te ganhar e te perder
Falta eu acordar
Ser gente grande
Prá poder chorar…

Me dá um beijo, então
Aperta a minha mão
Tolice é viver a vida
Assim, sem aventura…

Deixa ser
Pelo coração
Se é loucura então
Melhor não ter razão…

Só falta te querer
Te ganhar e te perder
Falta eu acordar
Ser gente grande
Prá poder chorar…

Me dá um beijo, então
Aperta a minha mão
Tolice é viver a vida
Assim, sem aventura…

Deixa ser
Pelo coração
Se é loucura então
Melhor nem ter razão…

Me dá um beijo, então
Aperta a minha mão
Tolice é viver a vida
Assim, sem aventura…

Deixa ser
Pelo coração
Se é loucura então
Melhor não ter razão…

Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!

0 comentário sobre “O Último Romântico

  • Rivaldo disse:

    Explicando algumas frases da musica: “Faltava abandonar a velha escola” significa deixar as tradições. “Tomar o mundo feito coca-cola” é provar a vida, engulindo-a de uma vez só”. “Só falta te querer, te ganhar e te perder”. Só se acorda para vida verdadeira quando se ganha e se perde, se chora e se ri. “Ser gente grande pra poder chorar”. Quem não chora é porque ainda não cresceu.

  • Carlos José da Silva disse:

    Faltava abandonar a velha escola
    # As tradições, “aquela velha opinião formada sobre tudo”
    Tomar o mundo feito Coca-Cola
    # Viver com gosto, intensidade
    Fazer da minha vida sempre
    O meu passeio público
    # Viver com transparência e solidariedade
    E ao mesmo tempo fazer dela
    O meu caminho só, único
    # Ao mesmo tempo ser sua vida privada, só sua
    Talvez eu seja O último romântico
    # Sonhador, idealista
    Dos litorais Desse Oceano Atlântico…
    Só falta reunir A zona norte à zona sul
    # Reunir o que não se une (zona norte: os menos favorecidos e zona sul: os ricos)
    Iluminar a vida
    Já que a morte cai do azul…
    # Cai do céu, azul

    Só falta te querer / Te ganhar e te perder
    # Perder o que tanto se desejou
    Falta eu acordar
    Ser gente grande
    Prá poder chorar…
    # Só chora quem tem maturidade para tal

    Me dá um beijo, então
    Aperta a minha mão
    Tolice é viver a vida
    Assim, sem aventura…

    Deixa ser
    Pelo coração
    Se é loucura então
    Melhor não ter razão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>