Ira!

O Girassol

Eu tento me erguer
Às próprias custas
E caio sempre nos seus braços
Pobre diabo é o que sou…

Um girassol sem sol
Um navio sem direção
Apenas a lembrança
Do seu sermão…

Você é meu sol
Um metro e sessenta de cinco
De sol
E quase o ano inteiro
Os dias foram noites
Noites para mim…

Meu sorriso se foi
Minha canção também
Eu jurei por Deus
Não morrer por amor
E continuar a viver…

Como eu sou um girassol
Você é meu sol…(3x)

Eu tento me erguer
Às próprias custas
E caio sempre nos seus braços
Pobre diabo é o que sou…

Um girassol sem sol
Um navio sem direção
Apenas a lembrança
Do seu sermão…

Morro de amor
E vivo por aí
Nenhum santo
Tem pena de mim…

Sou agora
Um frágil cristal
Um pobre diabo
Que não sabe esquecer
Que não sabe esquecer…

Como eu sou um girassol
Você é meu sol…(4x)

0 comentário sobre “O Girassol

  • “um girassol sem sol ”
    ” como eu sou um girassol voce e meu sol ”
    ele tenta esquece-la entretanto não consegue

    2
    1
  • flavio ramos disse:

    o perssonagem eh lucifer(diabo)que nao tem mais chance de ser perdoado por Deus.ele resalta ainda sua ira da lembrança do sermao que ouviu de Deus antes de sua queda,sendo que lucifer morre de anor e vive por ai(ele anda nos derredores buscando a quem tragar)nenhum santo tem pena dele(se refere ao povo que aceitou a Jesus Cristo ,tal povo que tem a mesma autoridadde de Jesus visando poder de expulsar,amordaçar,queimar,etc todos os demonios,inclusive lucifer)
    o refrao vc eh meu sol se refere a nessecidade de lucifer de ser adorado,essa repetiçao na musica eh uma confirmação que o ouvinte faz o aceitando e o adorando (as imagens de esculturas catolicas ou nao sao ferramentas que lucifer usa para que conciente ou inconcientemente a criação de Deus o adore-a Biblia condena adoração de imagens e quando eh feito qualquer movimento de carinho a elas como flor,velas,rezas ,o ajoelhar perante elas,sejam quais quer,se tefere a uma adoração ao proprio lucifer que quis ser igual a Deus,sendo que o unico que deve ser adorado eh Deus.
    de fato ele se martiliza(fragil cristal e pobre diabo)essa eh uma ferramenta dele…jamais se martilize…vc eh o melhor de Deus .
    obs.em nenhum album do ira ele agradece a Deus,exisrindo rb outras musicas satanicas do grupo como(um dia como hoje,receita pra ser um hetoi,entre outras….eu fui fã do ira e hj nao caio mais em adoração ao oculto…muitos outros grupos fazem o mesmo,o certo eh ser de Jesus ,pois Ele eh rock c roll…o ira morreu,Jesus ressucitou e a ipotese de que Jesus era cabeludo!!!!!a galera do ira eh careda…kkkk

    1
    9
  • A. Santos disse:

    Segundo o Nasi disse uma vez, essa música foi composta pelo Edgar em homenagem a uma namorada espanhola que ele teve. O Edgar se apaixonou loucamente e levou muito tempo para esquecer a mulher… Daí veio o mote da letra.

  • André Somensari disse:

    Então galera, quem ler o livro “A IRA DE NASI” vai saber direitinho dessa história. É uma ex-namorada do Edgard que o Nasi teve um caso. Recomendo a todos a lerem o livro…..pq esse fato quase gerou a separação do Ira! por diversas vezes!

  • Clemilton de Oliveira disse:

    Por favor para aqueles que acham que toda música que fala de amor, tem de ser de amor de amantes!
    Pois essa músicas crianças fala sobre um amor de mãe.

    Um girasol sem sol significa um filho sem a mãe.

    Isso fica claro nesta música nas frases:

    Tento me erguer as próprias custas e caio sempre nos seus braços.
    = O filho que erra e sempre volta para os braços da mãe.

    Mais evidente ainda quando diz:

    Um girassol sem sol um navio sem direção apenas a lembrança do seu sermão
    = O filho sem a mãe fica perdido no mundo e apenas lembra de seus conselhos e sermões.

    Um metro e sessenta e cinco de sol e quase o ano inteiro os dias foram noites noites para mim
    = A mãe é baixinha mas grande na importancia e se preocupava sempre quando saia a noite!

    Meu sorriso se foi minha canção também, eu jurei por Deus não morrer por amor e continuar a viver
    = Triste pela mãe ter morrido, pede a Deus pra que não sinta a tristeza, sabendo que tem de seguir a vida.

    E por ai vai!!!

    5
    5
  • Cristiano Gomes disse:

    Acho que a minha interpretação dessa música é mais… bom digam vocês mesmo após ler.

    Esta letra é um poema do Drácula, escrito para Mirna, veja o por que:

    “Eu tento me erguer
    Às próprias custas
    E caio sempre nos seus braços
    Pobre diabo é o que sou…”

    Esta é uma lamentação, de uma pessoa que tenta esquecer alguém e não consegue, superficialmente ele resume sua situação a dizer que é um diabo, ou seja um condenado a sofrer.

    “Um girassol sem sol
    Um navio sem direção
    Apenas a lembrança
    Do seu sermão…”

    Isto faz referência ao estado perdido em que se encontra, ele não sabe mais o que fazer e as memórias ficam dando loop em sua mente.

    “Você é meu sol
    Um metro e sessenta de cinco
    De sol
    E quase o ano inteiro
    Os dias foram noites
    Noites para mim…”

    Para quem leu o Drácula original sabe a razão dele ter desaparecido e ter sido dado como morto na cruzada, a única razão dele ter conseguido sobreviver foi o amor à Mirna. Mas…

    “Meu sorriso se foi
    Minha canção também
    Eu jurei por Deus
    Não morrer por amor
    E continuar a viver…”

    Ele descobriu que Mirna estava morta, soube que ela cometeu suicídio ao receber a notícia do vaticano que ele havia sido morto. Então ele renegou deus jurando se alimentar apenas de sangue e nunca morrer.

    “Morro de amor
    E vivo por aí
    Nenhum santo
    Tem pena de mim…”

    Ele vive sem uma razão apenas aguardando as reencarnações de Mirna que nunca terminam bem.

    “Sou agora
    Um frágil cristal
    Um pobre diabo
    Que não sabe esquecer
    Que não sabe esquecer…”

    Ele se lamenta pois agora ele vive sem querer viver e não consegue esquecer o amor que sente por Mirna.

    1
    1
  • Não, não se trata de diabo literalmente, nem da filha e a mãe, se trata de DOR DE AMOR, no caso, o amor de um dos integrantes da banda (Edgar) pela antiga namorada, já descrito por Nasi (vocalista) em seu livro “A IRA DE NASI”, bem como em entrevistas que podemos encontrar facilmente no Youtube, onde conta que Edgar e a namorada sempre separavam e voltavam, mas a letra foi feita pelo Edgar em uma época em que se separaram por quase um ano.

    Como sempre digo, a interpretação é livre e cada um tem a sua, os compositores mesmo falam isso. Se você não sabe a estória da letra, pode traduzir livremente, se o cara que disse que interpreta como sendo o diabo mesmo, ok, é a interpretação dele, se outro interpreta como a filha e a mãe, beleza, sem problemas. Agora, conhecendo o que ocorreu para o compositor escrever a letra e conhecendo a linguagem poética usada, ou significado das coisas (diabo, sol, girassol, santo, sermão e outros elementos usados), nos aproximamos mais do que o compositor queria passar ao escrevê-la. Analisar a letra de uma música vai além de SUA interpretação, é buscar os elementos dentro do contexto do que ocorreu com o compositor para escrever tais versos.

    A análise da letra fica mais próxima do que o compositor queria passar se soubermos a estória da letra, quem compôs e porque compôs, o que vivia no momento, bem como buscar o significado dos elementos metafóricos usados ou sua simbologia.

    Vamos começar com o título. O girassol, também conhecido como flor do sol, na linguagem poética pode significar felicidade, adoração, calor, lealdade, entusiasmo, vitalidade e altivez.

    Por trás desta flor existem várias lendas, não por acaso é muito apreciada por poetas e compositores ou mesmo pintores como Van Gogh o eternizou em suas obras.

    Uma das lendas mais conhecidas é a grega, que em sua mitologia explica como surgiu o girassol. Conta sobre uma ninfa que estava apaixonada pelo deus do sol e quando soube que ele preferiu outra, ela se sentou ao chão e nunca mais se levantou, contudo, enquanto o sol estava no céu, ela erguia a cabeça para olha para ele e não desviava dele o seu olhar nem por um segundo, mas durante a noite, o seu rosto se virava para o chão. Com o passar do tempo, seus pés ganharam raízes e a sua face se transformou em uma flor, que continuou seguindo o sol.

    Agora vamos à letra que fala de separação, alguém que não está mais com a pessoa que ainda ama. Lembrando que ele é o girassol e ela o sol, onde onde o sol simbolicamente, na linguagem poética, pode significar luz, amor, paixão, vitalidade, juventude, fogo, poder, força, perfeição, dentre outros.

    “Eu tento me erguer
    Às próprias custas
    E caio sempre nos seus braços
    Pobre diabo é o que sou”

    – Eu tento me reanimar, mas sempre que esbarro com você tenho recaídas. Sou mesmo um pobre coitado, um anjo caído (diabo) expulso do paraíso (do seu amor).

    “Um girassol sem sol
    Um navio sem direção
    Apenas a lembrança
    Do seu sermão”

    – Cabisbaixo (sem sol o girassol “olha” para baixo), sem rumo, lembrando seu discurso moralizador (sermão).
    Aqui, provavelmente esse sermão fora dito por ela a ele repreendendo-o por ter feito algo. Ou pode-se interpretar que assim como ele (girassol) a adorava (sol), o que ela dizia era como um discurso religioso.

    “Você é meu sol
    Um metro e sessenta de cinco
    De sol
    E quase o ano inteiro
    Os dias foram noites
    Noites para mim”

    – Você é meu amor, minha paixão, um metro e sessenta e cinco de pura perfeição. E por quase um ano após você me deixar fiquei cabisbaixo (noite para o girassol), triste, sofrendo.

    “Meu sorriso se foi
    Minha canção também
    Eu jurei por Deus
    Não morrer por amor
    E continuar a viver”

    – Estou triste, nem consigo cantar, mesmo tendo prometido que não iria mais sofrer por ter me deixado e que iria viver minha vida.

    “Como eu sou um girassol
    Você é meu sol”

    – Como um girassol segue “olhando” para o sol, meus pensamentos te seguem, pois você é meu amor, minha paixão.

    “Morro de amor
    E vivo por aí
    Nenhum santo
    Tem pena de mim”

    – Estou sofrendo por amor, vagando por qualquer lugar. Quem não sofre o que estou sofrendo não tem pena de mim. (santo está com inicial minúscula).

    “Sou agora
    Um frágil cristal
    Um pobre diabo
    Que não sabe esquecer”

    – Agora, sem você, sou como um vidro muito límpido e frágil que pode se quebrar em mil pedaços, um anjo caído expulso do paraíso (do seu amor), que não consegue parar de pensar em você.

    Aí está, deu trabalho, mas amo a arte de analisar as letras das músicas, que antes, rabiscava apenas para mim.

    E para quem como eu ama esta arte e tem dificuldades, basta seguir alguns passos. Primeiro, busque o contexto da estória por trás da letra, depois elenque as metáforas uma a uma, busque o significados dos símbolos usados, e só então comesse a análise de cada verso para aí sim chegar ao final.

    5
    1
    • Parabéns pela análise, fiquei encantada! Você possui alguma plataforma, na qual expõe análises de músicas? Eu amo ler

  • Gaby sioli disse:

    Essa música eu desde sempre a amei,em 2014 ela marcou minha vida ou na verdade me trouxe um significado que me via sendo o girassol sem sol,o navio á vagar.
    Perdi minha mãe e a minha companheira num acidente de carro na mesma noite de 16/09/2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>