Categorias
Francisco Alves

Dor de recordar

Não sei por que
se estás ao meu lado
sem nada dizer
sinto em mim o coração amargurado
na aflição de um velho sonho reviver…
o silencio é que fala do passado.

Deixa que a boca em tua boca
embriagado de loucura e de esplendor
possa te dizer chorando quanto é pouca
a vida para tanto amor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *