Ai, Amor

Anavitória

3 comentários

Ei
Fiz questão da promessa lembrar
Tu jurou minha mão não soltar
E se foi junto dela
Ei
Cê não sabe a falta que faz
Será que teus dias ‘tão iguais?
Eu me pego pensando

Ai, amor
Será que tu divide a dor
Do teu peito cansado
Com alguém que não vai te sarar?
Meu amor
Eu vivo no aguardo
De ver você voltando
Cruzando a porta, parararara

Ei
Diz pra mim o que eu quero escutar
Só você sabe adivinhar
Meus desejos secretos
Ei
Faz de conta que não percebi
Que você não esteve aqui
Com teu jeito singelo

Ai, amor
Será que tu divide a dor
Do teu peito cansado
Com alguém que não vai te sarar?
Meu amor
Eu vivo no aguardo
De ver você voltando
Cruzando a porta

Sem hora pra voltar
Sem rota pra tua fuga, ah ia ah ia
Com tempo pra perder
Teu olho degradê pra colorir
Pra colorir

Sem hora pra voltar
Sem rota pra tua fuga, ah ia ah ia
Com tempo pra perder
Teu olho degradê pra colorir
Pra colorir

Ai, amor
Será que tu divide a dor
Do teu peito cansado
Com alguém que não vai te sarar?
Meu amor
Eu vivo no aguardo
De ver você voltando
Cruzando a porta, parararara




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários para a letra “Ai, Amor

  1. Rogério disse:

    Vejo que tem duas interpretações possíveis pra esse refrão que eu adoro: “Ai amor, será que tu divide a dor do teu peito cansado com alguém que não vai te sarar?”
    Na primeira interpretação entendi que ela gostaria de que ele dividisse a sua dor com ela, pois mesmo sabendo que ela não era capaz de sarar a ferida dele (pois “o seu peito cansado” sofre por um outro alguém) ainda assim ela demonstra o desejo de poder vir a cuidar dele.
    Na segunda interpretação, imaginei que ela se fazia essa pergunta por desconfiar que ele poderia estar buscando dividir essa dor com uma outra pessoa além dela, o que explica a sua constante ausência, uma pessoa qualquer que não vai sarar a dor dele. Fica implícito pra mim que nessa interpretação ela se julga sim capaz de ajudá-lo. A outra, caso exista, não.