Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!

“Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo procurando”,
“Foi justamente num sonho que ele me falou”

Às vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado
Não falo de amor quase nada
Nem fico sorrindo ao teu lado

Você pensa em mim toda hora
Me come, me cospe, me deixa
Talvez você não entenda
Mas hoje eu vou lhe mostrar

Eu sou a luz das estrelas
Eu sou a cor do luar
Eu sou as coisas da vida
Eu sou o medo de amar

Eu sou o medo do fraco
A força da imaginação
O blefe do jogador
Eu sou eu fui eu vou

Gita

Eu sou o seu sacrifício
A placa de contra-mão
O sangue no olhar do vampiro
E as juras de maldição

Eu sou a vela que acende
Eu sou a luz que se apaga
Eu sou a beira do abismo
Eu sou o tudo e o nada

Por que você me pergunta
Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra,
Do fogo, da água, do ar

Você me tem todo dia
Mas não sabe se é bom ou ruim
Mas saiba que eu estou em você
Mas você não está em mim

Das telhas eu sou o telhado
A pesca do pescador
A letra A tem meu nome
Dos sonhos eu sou o amor

Eu sou a dona de casa
Nos pegues pagues do mundo
Eu sou a mão do carrasco
Sou raso, largo, profundo

Gita

Eu sou a mosca da sopa
E o dente do tubarão
Eu sou os olhos do cego
E a cegueira da visão

Mas eu sou o amargo da língua
A mãe, o pai, o avô
O filho que ainda não veio,
O início, o fim, e o meio
O início, o fim, e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio



Qual é a sua interpretação?





*



145 Comentários

“O filho que ainda não veio” isso não tem nada a ver,grande pecador que nem nós todos…

Gostaria de dizer aos filósofos de plantão, que por uma questão de respeito, devemos resgatar os créditos à pessoa correta, a música Gita foi escrita por “Paulo Coelho” e Raul Seixas, aproveitou que Paulo coelho estava exilado e tomou a letra como sua, mas essa letra é de Paulo Coelho.

Fiz uma análise psicológica da música na seguinte página: http://apsiqueeomundo.blogspot.com.br/2014/07/gita-uma-analise-do-eu-sou.html. Vale a pena ver.

CONCORDO COM O PETER ACHO QUE ELE SER UM FILOSOFO ., O ULTIMO LIVRO QUE LI FOI DA FILOSOFIA DOS MORMONS ., OS ELDERES SÃO ANCI
ÃOS QUE VÃO PARA O MUNDO E O ELDER NOBLE ME DEIXOU UMA CARTA QUE DIZIA EXATAMENTE O QUE EU SENTIA NA EPOCA MEDO DE FICAR ORFÃ E O CAPITULO DE JOÃO 14 EVEANGELHO DE JOÃO CAPITULO 14 E ME EMOCIONO TODA VEZ QUE VEJO A BIBLIA E RELEIO

Acredito que essa música não fale sobre Deus, creio que o eu lírico queira mostrar para uma pessoa que o acha calado/misterioso no que ele realmente pensa, ou seja, que ele é um ser bastante observador das coisas da vida, um tanto filósofo e que não se ocupa apenas dos modismos socias vigentes como o amor ou a “felicidade”.

eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.

É um diálogo entre Hare Krishna (Deus Hindu) e seu discípulo Arjuna, no livrou conhecido como a canção poética de Deus. Isto ocorreu na Índia há 5 mil anos na ida a guerra entre pandavas e os kauravas.
Essa letra nada mais é do que um ctrl+c e ctrl+v de um capítulo deste livro mencionado acima.

Interpreto a letra como sendo uma revelação através de um sonho, onde o “Eu Sou”, “Deus”, “Pai”, “O Sem Nome”, … (seja lá o nome que queiram dar, afinal qualquer que seja o termo utilizado, foi um nome inventado pelo homem), tenta descrever sua essência numa linguagem de compreensão do homem.
Quanto ao comentário de que a letra fala sobre o diabo e não de Deus, entendo que o diabo faz parte de Deus, ele seria a parte “não evoluída” de Deus, que existe para que possamos viver esta experiência no planeta terra. Se entendermos o diabo como sendo algo fora de Deus, seria o mesmo que disséssemos que Deus não tem o controle de todas as coisas. Entendo que, para o homem evoluir ele tem que vivenciar o “bem” e o “mau” para que através de várias experiências ele possa compreender sua essência e voltar para o “Todo”.

É estranho ver uma pessoa falar de Deus e Jesus Cristo em um comentário onde xinga e desrespeita outras pessoas chamando-as de burras ou ignorantes. Cadê o segundo mandamento?

FALTA DE CULTURA PRA CUSPIR NAS ESTRUTURAS! quanta besteira eu li aqui.Meus caros essa música nada mais é do que um dialogo entre o deus krishna e seu discípulo do texto religioso hindu Bhagavad Gita.Antes de começarmos procurar entender as letras de Raul temos que saber que Raul bebeu de várias fontes e absorveu de vários mestres para compor suas letras.

SATANÁS DISSE:
Você me tem todo dia, Mas não sabe se é bom ou ruim.
Mas saiba que EU ESTOU EM VOCÊ, Mas VOCÊ NÃO ESTÁ EM MIM.
JESUS DISSE:
Eu sou a videira, vós as varas; QUEM ESTÁ EM MIM, e EU NELE,
esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. João 15:5

Você não pode estar em Satanás, simples assim

(A letra a tem meu nome ) GENTE BURRA É ADORAÇAO AO DIABO ….VCS NAO LEEM A BIBLIA ?? AFFZ IGNORANCIA AONDE TEM A EM DEUS E JESUS ? ELE DISSE ( SOU A MALDIÇAO) BURROSS DEUS É BENÇAO AFFZ IGNORANTES FILHOS DO DIABO ENXEGAM O Q ELE QUER Q VCS VEJAM CEGOS

ele explica essa musica , tem no youtube, ele diz nessa musica como ele diz em varias dele que nao existe a verdade absoluta como o bem e o mal, mostra que deus não é bom nem ruim, ele traz coisas boas e ruis, ate porque bom e ruim só depende do ponto de vista

Como No Inicio da Música Ele Diz Que Procurou Pelos Quatro Cantos do Mundo, Uma Resposta, Uma Reflexão, Foi em Um Sonho Que Foi Revelado a Ele No Entanto Que “Alguém Falou Pra Ele, e Não Ele Proprio Que Disse Que Era Aquilo Tudo.

Karkara, é isso mesmo, ele diz que somos tudo e que também somos DEUS.

Ele diz que nós somos um todo, eu sou todas as coisas que existe no universo, tudo é feito de energia e todo mundo é tudo ao mesmo tempo. No budismo explica muito bem isso.

Raulzito só estava ensinando o caminho até Deus, pelo Cristo… Um caminho sem fim, diferente da vida…

Meio
Início ___|___ Fim (vida)
|
|
|
(caminho)

Grande Raul!

estou lendo um livro do paulo coelho, e tem um trecho q Diz assim:
“moisés pergunta a Deus o seu nome: “Eu sou”, é a resposta.”
Qnd li isso, a música me veio imediatamente ao pensamento. será então que qnd ele diiz “eu sou” ele está se referindo a Deus como se fosse ele próprio (Deus) dizendo que ele é todas essas coisas? Até que faz sentido.

ARGH! Como vcs são burrosssss! Falar de Deus e Biblia em letra de música do Raul? Raul era ocultista adorador de Aleiter Crowley… Toda vez que ele mencionar Deus nao significa o Deus idiota em que os humanos acreditam…mas sim o próprio Deus ser-humano que eh dono de seu destino :)

Essa música é baseado na teoria de Espinosa grande filósofo panteísta, os panteístas acreditam que deus é a natureza, onde Raul fala, eu sou a luz das estrelas, eu sou a cor do luar… Raul foi um filósofo junto com o Nova tbm,

Fala sério, tem gente que fumou um mato antes de escrever tanta bobagem, só pode! O poema de Raul, assim como a Bíblia, cada uma interpreta conforme sua conveniência. O Lucas Tavares escreveu: “A letra A tem meu nome” ( di-A-bo… meio). Pô, tem dó, Lucas, JeovÁ também tem “A”, BudA, KrishnA, e por aí vai. Qual é, gente, para de procurar pelo em ovo!

olá aquele que fala a bíblia limitada mal sabe oq encontrar muitas páginas foram perdidas afinal as parábolas q a na bíblia a mãe músicas de Raul mas digo que em toda religião o princípio o meio e o fim parte nova mente a um meio
A última vinda para a purificação amigos
Mas oq faz vocês saberem sem tentar
Muitos buscam um pleno pois bem pode ser teu veneno
Pense num todo se não será nada entendamos a luz e boa
Acolhamos no luar
Passamos por abismos
Simplesmente são coisas da vida
A tem meu nome… O simples iniciar de um novo dia alvorada

Disse o nosso Senhor.Pelos frutos conhecereis a árvore. observai os frutos e veja que pertence { a morte ] pois ele teria que dizer para Raul quem ele era, e ao invés disso ele disse os seu s frutos. Observai bem. a masca da sopa, é aquilo que já está morto, a pesca do pescador,o que é os peixes, que já está morto,das telhas eu sou o telhado, quer dizer o barro, pois ele não disse que é feito da terra, da água,do fogo e do ar. pois [A MORTE ] ELE TEM INÍCIO, FIM E MEIO. VEJA MAIS. eu sou, eu fui e eu vou. o mais legal e agora quando diz saiba que eu estou em você mais você não está em mim, lógico que a morte está em todos mais nem todos estão na morte,pois se estivesse estaria em um caixão.se quiseres mais informação de cada fruto pertencente a morte me mande um por mail. copgelmtv@hotmail.com

ANTES EU ACHAVA Q ESSA MUSICA ERA PRA MULHER!MAS AFINAL O QUE SIGNIFICA O NOME GITA?AH ACABEI ME LEMBRANDO O NOSSO AMIGO VALDELINO ESCREVEU FOI A BIBLIA INTEIRA Q PACIENCIA HEIN?

Eu acho que esse serj10gomes é um crente que estava procurando alguma musica gospel e entrou no site errado kkkk

A canção GITA, foi inspirada no texto “Bagavadguitá”.Só quem ler ele, vai entender o real significado da canção que Raul e Paulo Coelho fez.
Grande mestre Raul.

Queridos, por favor, não criem nenhum modelo, nenhuma interpretação babaca dessa música. É necessário estudar muito para saber o real significado dela.Poderia explicá-la aqui, mas é meio complexo de se entender, e as palavras, acho que não eu não conseguiria expressá-las claramente.

Procurem o vídeo do Laercio Fonseca, no youtube, “O lado oculto e esotérico de Raul Seixas”, ele explica muito bem o que ele quis quiser.

Abraços pessoal.

Segundo Paulo Coelho, no documentário da Globo, Gita significa o encontro das pessoas com Deus. Escutando por esta ótica, faz todo sentido, em que Deus “fala” que é todas aquelas situações. Linda música. Tem nada de satanismo nesta.

Ao cidadão Moreira (1º comentário feito neste post). Bílbia só é limitada para ignorantes e cegos espirituais como vc. E, por último, Deus e seus ensinamentos não podem ser “limitados” a qualquer religião, doutrina filosófica ou sofismas… Pelo contrário, Jesus condenava e abominava tal prática (religiosidade).. Vc é uma pessoa revoltada e ignorante em todos os sentidos mas, fique tranquilo, Deus não leva em conta o tempo em que você está passando: IGNORÂNCIA TOTAL!!! fique com o MEU DEUS!

Aos cristãos que estão opinando aqui só uma coisa:
ao contrário de vocês que são limitados só a bíblia,Raul e muitas outras pessoas que não são fantoches de uma religião ou mais,tem o hábito de ler e saber de outras culturas,“Bhagavad-Gitā” é o livro de inspiração dessa canção.mas fica difícil de enfiar isso em vossas cabeças pois suas cegueiras e o amor pela ignorância não os permitem,deviam ao menos estudar um pouco antes de defecarem pela boca,vão estudar o que é “deismo” ou mesmo “panteismo” antes de falarem merda.

se deus é visto como um “homem” barbado vestindo um manto branco,logo se ele é um “homem” será que ele tem umbigo? será que ele tem ánus,pra fazer suas necessidades fisiológicas?

Essa é uma da spoucas músicas de Raul que abre muito pouco o debate sobre sua interpretação. O próprio Raul e Paulo Coelho disseram várias vezes que a música é baseada no livro Barghavad-Gita (ñ lembro se é assim que se escreve.Èste livro é muito anterior à Bíblia e mostra o trecho em que Raul baseou a música fala sobre o encontro entre um guerreiro e seu Deus no campo de batalha. Nesta hora, em meio a guerra surgem os questionamentos e a divindade aparece para esclarecer. Raul baseou a m´suica nesta obra mas foi além, com toda sua imaginação.

Como ele mesmo diz, é a revelação do Todo. O todo se faz presente em qualquer pessoa… é o que muitos chamam de Deus, mas Deus é uma versão limitada pro ele vê. Deus ilimitado (o “Todo”), conforme ele vê, é indefinível, e possui a dualidade em si.
Na música o trem das 7 ele dizia que a união entre o bem e o mal é um romance astral. Ele vê o mal como uma parte de Deus, mas que acima de tudo proporciona aos homens o crescimento moral, um despertar de consciência. Poderia escrever o dia todo sobre isso… mas sentir este Deus que o Raul sentiu palavra nenhuma explica.
Toca Raul!

Ele fala sobre Deus: Quem é o filho que ainda não veio? Quem é o inicio, o fim e o meio ? Deus está em nós, mas a maioria das pessoas não tem Deus dentro delas.”Por que você me pergunta
Perguntas não vão lhe mostrar
Que eu sou feito da terra,
Do fogo, da água, do ar”( Muitos querem saber quem ou oque é Deus. Deus é tudo que existe, a natureza, os elementos em harmonia.)

Camilly é Edward Alexander Crowley mais conhecido como Alesteir Crowley.
Sobre Raul Seixas te-lo conhecido, bom isso é impossível já que quando Crowley morreu Raul tinha apenas 2 anos de idade.

Raul Seixas era realmente um gênio. Nessa música ele faz alusão ao Hinduísmo, mostrando o diálogo entre Bahgavad-Gita e Arjuna e confrontando ideias paradoxais, que se completam uma a outra: como o concreto e o abstrato; o bem e o mal; o sagrado e o profano; o pleno e o vazio; das coisas simples às mais complexas; enfim, desde um micropartícula ao Universo

Me perdoem o erro. O certo é Eduard Aleister Crowley. Pena que os comentarios não podem ser apagados. D;

Voces sabiam que quando raul foi preso e mandado para os eua, ele conheceu a historia de um mago (mago=conhece a si mesmo) chamado Eduard Alester Crowley? A mesmo que o Ozzy, querendo se pagar de satanista, resolveu estudar e tomou na bundinha? Inclusive ele ainda fez a musica chamada Mr Crowley. Recomendo procurar sobre Crowley. A visao que ele diz de Deus e universo, é exatamente o mesmo pensamento da musica de Raul.

Olá caros amigos, sou fã de raul, mas acho que o verdadeiro significado da musica Gita é a sua relação com as drogas, quando se refere eu estou em vc e vc não esta em mim, é o poder que a droga tem em deturpar a realidade com a fantasia é como se a droga fosse um personagem para ele, se mostrando sempre superior a sua própria vontade, “vc me come, me gospe,me deixa,” Sugeito “droga” afirmando sou superior vc tenta mas não consegue me deixar. O “eu sou” são as sensações de poder e fracasso efeitos da droga.
Responder

bom, primeiro que a musica nao fala de deus em si mas, sim do ser humano;o ser humano como um todo
o bem e o mal como uma coisa só.
o raul simplesmente tirou uns trechos do bhagavad-gita o dialogo entre krishna e arjuna seu fiel discipulo. basicamente ele quis dizer que o bem e mal estão unidos em nós seres humanos.
leiam o bhagavad-gita e entenderam melhor.

O texto literário, neste caso, a música do Raul apresenta infinitas interpretações, diversos tipos de leituras de ângulos diferentes foram postados acima. Sendo q toda essas leituras parte de um lugar cultural embasadas em nossas crenças, paradigmas, “veradades”, esteriotpos, leituras de mundo e etc. É nítido q o autor ao criar sua música teve suas intenções, e possa haver uma mensagem implicita, subjetiva no corpo da música, mas o interessante na literatura musical é q não há uma forma, ou método, ou leitura certa, definitiva, absoluta de se fazer. O q a torna relativa e complexa. E uma outra questão é quanto as “verdades” e convicções postas acima, estas nossas idéias, pensamentos, conclusões são construídos de acordo com a nossa cultura. Para a filosofia, a grande mãe de tudo o q entendemos como conhecimento e pensamento inclusive a religião e a própria ciência não passam de construções.
Logo nossas nossas leituras e conhecimento de mundo são extremamanetes paradigmáticos, temos q ter cuidado com isto.

Raul traduziu em poesia a onipresença de Deus em toda as coisas.

Onipresença = Estar em todo lugar a todo instante

Não podemos entender o que é Deus, pois nos falta conhecimento. Mas podemos ter idéias exatas sobre como ele NÃO PODE ser.

Deus NÃO É um senhor de barba branca que irá julgar seus pecados e caridades feitas durante sua vida na Terra.

Deus é o criador e pela sua sabedoria infinita ele criou leis irrevogáveis (leis naturais, lei da existência, lei da causa e efeito), que nos dão a possibilidade de entendermos que todos nós somos irmãos nessa e em outras vidas. Aquele que infringir essas regras estará, por consequência natural, atrasando seu próprio desenvolvimento e aumentando suas dores. É como o aluno que repete de ano e precisa refazer a matéria. A dor é uma lei natural que serve apenas para nos ensinar. Ela machuca mas nos é benéfica. Se não sentíssemos dor nós morreríamos após se machucar gravemente e não percebermos isto. Machucaríamos uns aos outros com muito mais frequência também. Podemos dizer então que Deus está na dor, pois ele criou essa lei natural que nos protege.

Deus é infinito, onipresente, onipotente, soberanamente justo e bom. É misericórdia, é paz, é amor.

Em sonho, Deus responde para Raul por que o homem se queixa pelo fato de Deus não se fazer presente diante das injustiças do dia-a-dia.

Deus criou as leis da natureza. A natureza é constituído de energia. A energia é a matéria do pensamento. Nossos pensamentos são o resultado de nossa própria personalidade. Energia nunca se perde, apenas se transforma.

Deus –> Natureza –> Energia –> Pensamento –> Personalidade

Nossa personalidade baseada em energia nada mais é do que a alma, que resiste após a morte corporal. Baseada em leis naturais, essa alma se prende novamente a uma nova carne para continuar o processo de aperfeiçoamento.

A letra tem uma série de citações relativas à diversas religiões, cultos e filósofos pré-socrásticos (4 elementos) e assim acho que não dá p/ fazer uma análise definitiva do que ele quis dizer com exatidão. O que existe nas letras do Raul em geral é uma enorme lucidez se levarmos em conta que o cara era chamado de maluco beleza. Assim parece que tentar explicar Gita é o mesmo que explicar os quadros de Salvador Dali usando a razão. Uma obra de arte seja qual for, não está necessariamente inserida em um contexto lógico portanto não pode assim ser encarada como um assunto encerrado por definição ou interpretação. Vcs falam tanto de Deus, Diabo e outros caras que, da mesma forma também não têm lógica nenhuma e o próprio agnosticismo do Raul parece ter mais a ver com a música pq o agnosticismo começa justamente onde termina o cogniscível ou seja, a letra parece ser feita de um monte de respostas contraditórias da mesma maneira como a filosofia busca a verdade mas não encontra é quando encontrar deixa de ter sentido. Enfim, a letra parece dessa forma, deliberadamente apenas uma sequência de respostas.

Primeiro de tudo Gita não tem nada haver com o diabo e sim com Deus falando com o ser humano. Bem, vamos começar pelo nome da música: “Gita”.
O nome faz alusão ao livro sagrado hindu, Bhagavad Gita (que, inclusive, se você gosta de conhecer outras religiões, eu recomendo) que contém os ensinamentos de Krishna a Arjuna. Se você lê-lo, vai notar que várias vezes o Mestre – Krishna – afirma “Eu sou”. Afirmar que é, sendo, seria o encontro com a divindade.
Tem até livros com afirmações do Eu sou, uma para cada dia do ano, pra praticar essa filosofia (como o Eu sou, de Jorge Adoum).

Essa é a base. Acredito que ele utilizou isso, mas sem aprofundar, sendo a real intenção dele mostrar a onipresença, onisciência e onipotência de Deus, e fazer com que as pessoas lembrem que Deus está nas coisas mais simples, e também que Deus está até mesmo nas coisas ruins (como o blefe do jogador, ou as juras de maldição). Mas isso, claro, sem deixar de frisar que Deus está em nós, mas para estarmos em Deus todos temos um caminho a trilhar (“Mas saiba que eu estou em você, mas você não está em mim”).

Gita é uma canção composta por Raul Seixas e Paulo Coelho que faz alusão a um dos textos sagrados da cultura Védica (originaria da Ásia menor) o “Bhagavad-Gitā”.
Segundo a história, viveu na Índia entre os séculos XV e XVI, Arjuna (um amigo e devoto de Kŗşņa). Numa guerra Arjuna se viu obrigado a lutar contra membros de sua própria família. Diante de tal impasse, Arjuna rogou pela ajuda de Kŗşņa* (ou Krishna), e esse em consideração à fidelidade de Arjuna mostrou a ele sua verdadeira forma* e aconselhou-o, no campo de batalha, recitando o”Bhagavad-Gitā”. (*)Na cultura Védica acredita-se que a divindade possua três formas; Kŗşņa seria a forma materialisada de Deus.

pois é ja ta tdu dito ali ecima essa musica gita do raul seixas ela é sim um dialogo entre Deus e o diabo;
tá tdu la é só prestar atençao na letra e refletir um pouco que se entende tdu…
uma das frases da musica q fala assim: ” eu estou em você mais você não estáem mim”
já diz tdu né q é Deus falando que esta em nós e nós não estamos nele.
e dpois vem u inimigo diabo q ele fala eu sou
“a mosca da sopa,juras di maldiçao,a beíra do abismo”
entao sao os pontos exatos di cada um dles que se resumi nas coisa maravilhosas que sao do nosso bom Deus e as coisas maldozas do diabo q em tdu c resumi u bem e o mal para ser mais exato.

”…Foi justamente num sonho que ele me falou…”

Essa frase no início da música deixa claro que ele estava descrevendo um diálogo. Dialogo entre opostos. Ao meu ver, seria de Deus com o Diabo. Nesta música os dois elementos estão estabelecendo quem é quem. Cada parte da música é como se um deles descrevesse o seu eu.

Eu sou a luz das estrelas
Eu sou a cor do luar
Eu sou as coisas da vida
Eu sou o medo de amar

(Diabo se exaltando)

Das telhas eu sou o telhado
A pesca do pescador
A letra A tem meu nome
Dos sonhos eu sou o amor

(Deus alimento dos homens)

Eu sou o seu sacrifício
A placa de contra-mão
O sangue no olhar do vampiro
E as juras de maldição

(Diabo e suas características macabras)

Mas eu sou o amargo da língua
A mãe, o pai, o avô
O filho que ainda não veio,
O início, o fim, e o meio
O início, o fim, e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
Eu sou o início, o fim e o meio
(Deus a semelhança com os homens)

E assim se vai…

É a eterna luta do bem contra o mal.

Discordo com você Juvenal. Não dá pra ficar CEGO como você nem a pau! Brincadeiras a parte Raul se valia de diversos ditos populares para se referir a suas idéias. Negar isso é admitir que é ignorante mesmo. Assim como na bíblia, os autores se valiam de histórias para passar uma mensagem e essa é a idéia das músicas de Raul Seixas, até porque na época dele falar abertamente seria o mesmo que se condenar à tortura ou o pior que a ditadura pudesse oferecer. Como o pior cego é aquele que não quer ver ler a bíblia sem fazer interpretações também é um ato de submissão à ignorância. De outra forma interpretações maliciosas ou maipuladoras como as que são feitas por METIDOS A FALSOS PROFETAS leva aos mais ignorantes a julgar como verdadeira qualquer explicação que lhes pareça convincente, ainda mais quando se pegam trechos aleatórios da bíblia e se monta uma estória fictícia que influencie aos que querem acreditar em qualquer coisa. Ora, a coisa toda é bem simples e vai além da questão de fé ou descrença. Se você for estúpido o suficiente para aceitar qualquer coisa e não se questionar sobre a “qualidade de verdade” por trás da informação então você está realmente aprisionado em profunda ignorancia. Quanto mais se aprende mais dúvidas você levanta e quanto mais você busca respostas mais perguntas você se faz. A vantagem de tudo isso é que você se protege de histórias grosseiras e enganadoras, afinal provavelmente neste nível você já sabe mais do que a maioria. Lembrem-se: ” Qualquer unanimidade é burra…”

Great concept,really its very interesting to read.

Tem gente que prefere crer no mais complicado. Numa explicação ilógica, utópica e sem sentido só para aparentar saber… Que cara inteligente… Esta e outras músicas tem tipos de mantra. Querem interpretar? Querem saber mesmo? Sejam simples. Deixem de tentar encontrar solução para a justificação de erros e faltas, estes Deus perdoa aquele que se arrepende. INTERPRETAR KKKK, leia a bíblia, é uma boa. Não é a toa que é o livro mais lido do mundo. O livro que no Torá (velho testamento) o Profeta Isaías, a mais de 400 anos antes do Cristo, já tinha profetizado do messias como revelado no texto acima que a terra é REDONDA. O livro também fala do som das luzes das estrelas (descoberto pouco tempo pela NASA), e muito mais coisas. EVOLUÇÃO NÃO PASSA DE TEORIA, NUNCA FOI COMPROVADO, agora então kkkk, nosso código genético é mais parecido com o PORCO, DEPOIS COM O RATO E EM TERCEIRO COM UM TIPO DE SÍMEO, kkkkkk é pra rir da ciência… Continuem descrentes… Quem sabe vocês estão certos? Mas se estiverem errados, preparem-se para o pior…

O LIVRO BAGAVAD GITA É O DIALOGO DE KRISHNA E ARJUNA KSHNA DAS LUMINOSIDADES DO CÉU EU SOU O LUAR E ARJUNA DIZ DOS PEIXES EU SOU O TUBARÃO E COMO TODOS NÓS TEMOS O BEM E O MAL DENTRO DE SI A MUSICA NÃO SÓ FALA DE KRISHNA REPRESENTAÇÃO DE DEUS E ARJUNA REPRESENTAÇÃO DO DIABO A MUSICA FALA DE NÓS QUE TODOS NÓS TEMOS DEUS NOS NOSSOS CORAÇÕES DEUS ESTÁ NO PURO E NO IMUNDO

e é sobre Deus mesmo..Das telhas eu sou o telhado…

Essa musica é como se fosse Deus falando com alguem..As vezes vc me pergunta,pq que é que eu sou tão calado?…e depois ele começa a explicar pra alguem quem é ele..O Onipresente..presente em tudo e no nada enfim!

No decorrer de nossas vidas , a gente lê, debate , se informa e resume , foi o que o Raul fêz,ele se informou , debateu , leu , estudou e finalmente chegou na sua conclusâo. Nâo basta ler a Biblia sagrada, è importante entender o que està escrito. Nesta música , Raul Seixas resumiu o que està escrito, mas eu me pergunto, será que ele entendeu??? ; à propósito; quantos lados tem uma moeda???

verdade???

Gita é baseada no livro sagrado indiano escrito há 6 mil anos é o livro sagrado mais antigo da face da Terra.Bhagavad-Gitã, parte do Mahabarata, que seria a “bíblia” da religião hindu de Krishna. No texto um guerreiro, Arjuna, interroga Krishna sobre o seu significado (de Krishna). Krishna responde com frases como: “Entre as estrelas sou a lua… entre os animais selvagens sou o leão… dos peixes eu sou o tubarão…. de todas as criações eu sou o início e também o fim e também o meio… das letras eu sou a letra A… eu sou a morte que tudo devora e o gerador de todas as coisas ainda por existir… sou o jogo de azar dos enganadores…” em que obviamente se basearam os versos de Gita. ..

cada um pode ser como quizer depende do que vc alimenta no seu eu interior vc pode ser tudo do bem , ou tudo do mal…. falar uma versão e viver uma completamente diferente , deus existe ou neo so depende de vc acreditar… e que o universso esta ou nao a favor de nos …tudo depende do que acreditamos…e que de fato todos temos uma unica certeza que nao pode ser mudada a morte corporal…

Na minha interpretação….

Raul apenas menciona a Lei dentro de si mesmo.
Como ele tinha a base da filosofia hindu, ele acreditava no potencial inerente (intrínseco) em cada Ser Humano.
Assim como a saudação NAMASTÊ
“Eu venero a si como a mim mesmo.”
“Eu o saúdo como saúdo a mim mesmo.”
“Eu o respeito como respeito a mim mesmo”
“A lei que habita em mim, saúda a Lei que habita em você”

Sobre a relação se a letra foi redigida para Deus ou para o Demônio, depende do ponto de vista e crendice de cada leitor. Mas, a letra inteira menciona do Ser EU. É como se ele – Raul – estivesse em frente ao espelho falando com ele mesmo. Mas, é natural e concebível as diversas interpretações.

A filosofia asiática como um todo, acredita em um circulo de vida baseado em várias existências consistente do “inicio, fim e meio” Você nasce (meio), cresce, envelhece (fim) e morre (inicio), ou seja, o ciclo da vida consiste em varias existências para a amenização ou eliminação do kharma. Daí a letra se inicia e termina fraseando o EU.

Eu sou os olhos do cego (o presente)
E a cegueira da visão (o passado)
Mas eu sou o amargo da língua (o presente)
A mãe, o pai e o avô (o futuro nesta existência – Lei de causa e efeito)
O filho que ainda não veio (a futura existência)
O início, o fim e o meio (o ciclo da vida de acordo com a lei do kharma)
Eu sou o início, o fim e o meio ( A lei da existência – Nascer, crescer, adoecer, morrer, nascer – Lei da Causa e Efeito)

Logicamente, cada um interpreta da forma que desejar ou acreditar.

Finalizando, para não parecer ou conotar egoísmo presunçoso, Namastê à todos que lerem ou não esse comentário.

Paz.

Lucas Lourenço

ele so queria acreditar em deus? esse quara era muinto inteligente

Concordo com a colega abaixo. Repetindo, para os que pensam que a música é satânica, o próprio Raul Seixas só fala de Deus. Vejam sua declaração: “fala sobre a revelação do Todo, do absoluto, do que é a vida, do que é Deus, do que seria o segredo, a grande resposta. Deus, para nós, daqui do Ocidente, e a grande resposta”.

Muito provavelmente os escritos do Mahabharata (“A Grande Índia”), e sua parte principal, o Bhagavad-Gitā, embora do Hinduísmo, possa ser, para quem crê, a profecia do Cristianismo, e esta é uma explicação à luz cristã:

Você pensa em mim toda hora, me come, me cospe, me deixa (Marcos 14:22 “E, comendo eles, tomou Jesus pão e, abençoando-o, o partiu e deu-lho, e disse: Tomai, comei, isto é o meu corpo”… Quantas vezes abandonamos Deus e só o clamamos ‘Meu Deus’ na hora da aflição? Jesus disse que é o pão do mundo, e pediu que comêssemos o pão, e o fizesse em lembrança dEle, que era a sua carne… a Hóstia dos Católicos, o Pão dos Evangélicos… comemos e depois cuspimos, falhamos com o Todo-Poderoso…)

Eu sou o seu sacrifício (1 Pedro 1:19 “Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado”. Deus se sacrificou por nós. Na religião cristã, Jesus Cristo morreu na Cruz pela humanidade, o Cordeiro imolado na cruz, o sacrifício de Deus para dar a salvação ao mundo…)

A placa de contra-mão (Mateus 7:13 “Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela”. É a placa que diz “Não vá naquela direção, ela é a porta larga que leva à perdição…”)

O sangue no olhar do vampiro (o que o vampiro quer? O sangue. O diabo quis ser Deus, quis tomar o lugar de Deus, por isso caiu, é um anjo caído, rebelou-se contra Deus… Isaías 14:12-14 “Como caíste desde o céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo”…)

E as juras de maldição (Gálatas 3:13 “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”…)

Eu sou a vela que acende (o Alfa, o Início…)

Eu sou a luz que se apaga (o Ômega, o Fim…)

Eu sou a beira do abismo (o Ômega, o Fim…)

Eu sou o tudo e o nada (o Início e o Fim…)

Das telhas eu sou o telhado (da Criação é o Criador…)

A pesca do pescador (o resultado de quem procura – Lamentações 3:25 “Bom é o SENHOR para os que esperam por ele, para a alma que o busca”…)

A letra A tem meu nome (“Das letras eu sou a letra A” – do Bhagavad-Gitā, parte do Mahabharata; “Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso” – Apocalipse 1:8, da Bíblia Sagrada…)

Eu sou a mosca da sopa (a confusão aos que Lhe aborrecem – Salmos 71:13 “Sejam confundidos e consumidos os que são adversários da minha alma; cubram-se de opróbrio e de confusão aqueles que procuram o meu mal”…)

E o dente do tubarão (o que fere: Deuteronômio 28:7 “O SENHOR entregará, feridos diante de ti, os teus inimigos, que se levantarem contra ti; por um caminho sairão contra ti, mas por sete caminhos fugirão da tua presença”…)

Eu sou os olhos do cego (João 8:12 “Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida”…)

E a cegueira da visão (João 12:37-40 “E, ainda que tinha feito tantos sinais diante deles, não criam nele; Para que se cumprisse a palavra do profeta Isaías, que diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor? Por isso não podiam crer, então Isaías disse outra vez: Cegou-lhes os olhos, e endureceu-lhes o coração, A fim de que não vejam com os olhos, e compreendam no coração, E se convertam, E eu os cure”…)

Mas eu sou o amargo da língua (difícil, por vezes, seguir a Deus, mais fácil negar: João 18:27 “E Pedro negou outra vez, e logo o galo cantou”…)

A mãe, o pai, o avô (Deus é o princípio de tudo, veio antes de todas as coisas: Gênesis 1:1 “No princípio criou Deus os céus e a terra”; João 1:1 “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus”…)

O filho que ainda não veio (o futuro, o destino, as gerações futuras, nossa herança: Salmos 16:5 “O SENHOR é a porção da minha herança e do meu cálice; tu sustentas a minha sorte”…)

O início, o fim, e o meio…

Deus.

Deus é lado bom e o ruim de tudo.O início, o fim, o meio de tudo. Ele está em nos mas não estamos Nele.É uma declaração da dependencia do homem ao Todo Poderoso.

Fiz a transcrição na íntegra do áudio de Raul Seixas que está no Youtube com o nome “Raul Seixas explica GITA – 1974 [LIVE]“. Ele diz:

“Muita gente me pergunta o que é essa música Gita, e, se é ‘Guita’, se é ‘Gita’… ‘Guita’ é a pronúncia, porque vem de um livro indiano chamado Bhagavad-Gitā, seria assim como a Bíblia, a Bíblia para nós e, para eles, né? Bhagavad-Gitā é um livro muito antigo, ninguém sabe realmente quem escreveu, talvez um dos livros mais antigos da humanidade. Então é o seguinte: então Bhagavad-Gitā fala sobre a história de uma, da revelação do Todo, do absoluto, do que é a vida, do que é Deus, do que seria o segredo, a grande resposta. Deus, para nós, daqui do Ocidente, e a grande resposta… bom, o resultado é que Krishna, essa representação divina do todo, fala para um guerreiro chamado Arjuna, no livro, e diz a ele o que que é, dá a chave, dá a resposta da pergunta que ele fez. Então quando eu falo ‘eu sou isso’, ‘eu sou aquilo’, não sou eu, o Raul Seixas, de maneira nenhuma, é cada um de vocês. Porque nós somos tudo, nós somos a coisa mais importante no universo, entende? Porque o Todo quis assim, nós somos o próprio processo histórico, o equilíbrio cósmico, o equilíbrio das coisas. Então, cada um é sua própria estrela, cada um gira em torno de si, embora dentro desse plano a gente tenha que interagir. Não, eu acho legal elucidar uma música, porque às vezes a gente começa a ouvir uma música e não sabe do que se trata, então a música trata de cada pessoa, mesmo.”

Minha interpretação pessoal é a seguinte: Cita-se no referido livro que Krishna (Deus, o Todo) teve que responder ao guerreiro Arjuna, no campo de batalha de Kuruksetra, sobre sua angústia, porque Arjuna teria que combater contra seus próprios irmãos, sua própria família. E nesse desespero o guerreiro pergunta a Krishna quem ele (Krishna) era, afinal, porque o tinha colocado numa situação daquelas. E Krishna o responde. Importante ressaltar que, na cultura oriental, a divindade é a União entre o Bem e o Mal, e uma citação do texto fala que “Das letras eu sou a letra A” (o início de tudo, o Alfa).

Enfim, uma mistura filosófico-religiosa sobre a luta do homem consigo mesmo e sobre Deus, o que Ele faz e o que Ele permite que seja feito. E a interação entre Deus e o homem.

Tradução da palavra “Gita”: música, canção.

Perguntando para algumas pessoas sobre o que achavam que Raul dizia com a música “Gita”, notei que cada um dá a sua versão e acredita que a música tenha mesmo só interpretações subjetivas e que não deveria haver uma interpretação mais correta que a outra. Mas, mesmo assim, essas interpretações formam um consenso; o ponto comum é que muitos disseram que a música tem a ver com deus.

A história que se conta sobre a letra da música “Gita” é que Raul lia um livro de Bhagavad Gita, um guru do hinduísmo, religião indiana. O próprio nome da música é uma alusão clara a esse fato. Raul então adormeceu com a idéia na cabeça e quando acordou começou a escrever a letra.
Prestando atenção na letra é fácil perceber do que ela fala.

A parte declamada no começo é o ponto chave para entender o que vem depois. Começa a música: “Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo procurando, foi justamente num sonho que ele me falou: …”. Assim, o resto que é cantado, não seria o Raul dizendo algo a alguém, e sim, ouvindo algo que alguém falava, confirma a idéia de que foi depois de um sonho que a música foi escrita e que esse sonho foi motivado pela leitura de parte da doutrina de Bhagavad Gita. Sendo assim Raul, em vez de falar, ouve: “Às vezes você me pergunta, por que é que eu sou tão calado, não falo de amor quase nada, nem fico sorrindo ao teu lado…”

A doutrina da religião hinduísta é baseada no panteísmo. O panteísmo é a crença em que Deus está em todas coisas da natureza, não está em um só lugar e não é um determinado ser ou pessoa; deus para os hinduístas é a própria natureza. É isso o que diz a música toda: “Eu sou a luz das estrelas, Eu sou a cor do luar, Eu sou as coisas da vida, Eu sou o medo de amar”; “Por que você me pergunta, perguntas não vão lhe mostrar que Eu sou feito da terra, do fogo, da água e do ar…”.

Pensando por este ângulo dá pra compreender facilmente os versos: “você me tem todo dia, mas não sabe se é bom ou ruim, mas saiba que Eu estou em você, mas você não está em mim…”, isso porque deus, para os panteístas, está em tudo a que o homem tem acesso, inclusive dentro do próprio homem, pois o deus está no homem, porque o homem é parte de deus, mas o homem não está em deus, porque deus vai muito além do que o homem é.

Ao escrever isso, o significado de “Gita” me parecia cada vez mais óbvio, o que me levou a entrar um pouco em outro assunto e chegar a conclusão que muitas outras coisas devem ser tão simples de se entender, mas no Brasil, como em boa parte do mundo, a tradição judaico-cristã é imposta, embora haja liberdade de religião garantida pelo Art. 5° da Constituição, ainda há muito preconceito contra quem não seja católico ou protestante (evangélicos, espíritas, etc). Como se a crença de negros, índios e outros povos marginalizados fosse inferior. Aliás ateus, agnósticos, céticos e pagãos também tem a sua liberdade de crença protegida pela lei, pois se há liberdade de religião, para ser livre mesmo, tem que incluir a liberdade de não-religião.

Como poderia ser uma crença menor que a outra, se todos têm tantas provas de seus deuses quanto os cristãos? Ou seja: nenhuma! E todos, ainda assim, têm direito de ter fé, que consiste justamente em acreditar em algo sem precisar de comprovação, e se estiver precisando de comprovar, já está fraca a sua fé, pois já virou ciência.

Finalizando: mesmo que sua religião seja outra que ache o hinduísmo pareça uma sub-cultura religiosa, a música “Gita” de Raul Seixas fala de deus segundo o Panteísmo, e não o deus que está na doutrina que você conhece, mas tão real quanto todos são para e conforme as suas respectivas crenças. Discorde disso com uma condição: responder quem mais seria “o início, o fim e o meio” se não deus?

http://blogrocknacional.blogspot.com/2010/06/o-significado-da-musica-gita-de-raul.html

a letra foi adaptada de trechos do
Bhagavad-Gita

É uma nítida crítica ao sistema. Ao dizer q gita é tudo, é uma alusão ao planalto central e seus caciques.

Pra mim fica claro o lado satãnico de raul;ele fala do proprio diabo pois quem é a “placa de contra mão”ou “o filho que ainda não veio” logo o anticristo; ou “o inicio,o fim e o meio” a confusão propria do diabo. pois Deus diz na Biblia que ele é o inicio o meio e o fim; ou então a “cegueira da visão”"a luz que se apaga” se Deus na Biblia diz que Ele é a luz do mundo. dentre outras coisas explicavel desta letra,pra mim fica mais do que obvio o que raul quiz fazer confundir todo mundo.

ée puro satanismo

LOGICO RAUL ESTA FALANDO DE DEUS
NESSA MUSICA
FALTA VC ENTEDER Deus comeco o fim e o meio
SE ESTAMOS VIVOS E POR QUE DEUS QUER
SE MORREMOS TAMBEM TUDO QUE DEUS QUER
PORQUE ENTAO DEUS NAO
SERA O COMECO O FIM E O MEIO
HELLOOOOOOOOOOOOOOO

afirmo RAUL muito comentado
porem lembre-se
Nem DEUS agradou ‘a todos
PORQUE RAUL COM TODA FILOSOFIA MORREU
DEIXANDO O PONTO DE ???? QUE NEM JESUS
.

Isaías 45.7 “Eu formo a luz e crio as trevás; eu faço a paz e crio o mal; eu, o senho, faço todas essas coisas.
Antigo testatmento.

Gênesis

1 Cápitulo, vérsiculo 3
Disse Deus: Haja luz. E houve luz.
E viu Deus que era boa a luz; e fez Deus separação
entre a luz e as trevas.

Pense muito antes de escrever algo pois
com Deus não se brinca e nunca julges para não ser julgado !

Raul mostra nessa música,o lado espiritual do universo,onde tudo é nada.Ele usa o livro sagrado hindu para dizer isso,mas não se refere a nenhuma divindade exata.Raul era adepto da Nova Era,ou seja,ele acreditava no potencial humano e na força do Universo,etc.Não se referindo a nenhuma divindade religiosa.

tambem andei analisando essa musica cheguei a pensar que a musica era a existencia de DEUS em todas as coisas pode ser.. mas raul seixas é ocultista ele jamais falaria da verdadeira Essencia da musica deixa ai varias interpretacoes é isso que ele queria..

a letra é clara, fala de um ser superior e invisível, o qual, nos faz acreditar ser Deus!

Sei dizer que esta música fala de uma, parte do livro sagrado do hinduísmo o Bhagavad-Gitā ( “Canção de Deus”) a musica se baseia no diálogo de Críxena (uma das encarnações de Vixnu) com Arjuna (seu discípulo guerreiro) em pleno campo de batalha.
Arjuna representa o papel de uma alma confusa sobre seu dever, e recebe iluminação diretamente do Senhor Krishna, que o instrui na ciência da auto-realização. Ou seja Raul se coloca no lugar Arjuna que é uma alma confusa, por isto ele diz: “Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo procurando” a musica é uma interpretação deste dialogo onde Arjuna em duvida sobre a existência sobre Deus e Krishna responde desta forma “Eu sou a luz das estrelas; Eu sou a cor do luar; Eu sou as coisas da vida; Eu sou o medo de amar” ou seja Deus está em tudo que existe Deus está em mim está em você, está na capacidade de perceber tudo a sua volta, nas plantas nas arvores nos animais na imensidão do universo, está no medo e também na coragem, Deus está dentro de nós. É nisto que acreditava Raul Seixas, ele era muito ligado ao espiritual e não ao material. Os grandes pensadores do universo se intrigavam com está duvida da existência humana e Divina e foi isto que os tornou grandes mestres iluminados buscando o crescimento espiritual através de pensamentos que os tornaram conhecidos por suas descobertas que trouxe crescimento não somente para si, mas para toda a humanidade. Por isto sou tão fã de Raul, pois se ele estivesse vivo hoje, com certeza estaria em depressão, por ver nossa cultura se tornando tão mesquinha a ponto de se afundar em ignorância cultural e política.

em recente entrevista de paulo coelho, no programa á notícia da rede tv(9 em sao paulo-sp), paulo se diz novamente católico!

O Raul e o Paulete Coelho são eram e são todos SATANISTAS!!

Raalzão fala da energia compoem o universo (alguns insiste em chamar deus .a energia esta em tudo e em todos .leiam o best seller(O SEGREDO)raulzito so adiantou o que hoje é viro e filme. é de facil compreesão depois que vc lê o lovro ou vê o filme. não é nada de diabo ou deus . isso é tudo mentira. ta cheios de crentes idiotas falando merda. a energia pode tanto fazer o bem quanto o mal e onde a energia esta ??? em nos. se a anergia esta esta em nos e a energia é deus… quem nos somos???

deus!!! nos somos deus ,separadamente e juntos ao mesmo tempo . ja que a energia é uma só mais esta dividida!!!
leiam o segredo e vão entender

gente,…para de falar asneiras sobre Deus,…ele é tudo que vcs vêem ou senrem,o que respiram e o que transpiram,…Deus criou até mesmo lucifer,sendo assim,….ele é o tudo e o nada,ele é quem criar as regras,…quanto a lucifer,esse foi criado justamente para que haja equilibrio no comportamento humano,…ele é quem testa nossa fé no pai e se assegura de que só os merecedores ganhem a recompensa de estar ao lado de Deus,….sem equilbrio,o homem se disfarça de bom e engana a todos ao seu redor,nos mesmos somos a encarnação do bem e do mal,…somos nós quem escolhemos o caminho a seguir e culpamos a um tal (demonio)que seuqer existe,senão na crença popular,….tenho dito

se baseando que essa musica foi inspirada no livro bhagavad-gita e como o amigo em um comentario falou que tudo nesse mundo gira em torno de deus e do diabo,ou seja,tudo que vc pensa e faz ou e do agrado de um ou de outro,como no comentario(1)ele esta certo em falar que raul esta apresentando uma religiao antiga porem segundo a palavra de deus que fala que so a salvaçao em cristo que e a verdade o caminho e a vida ou seja,o cristianismo,podemos considerar outras religioes que nao tem o cristianismo como foco,religiões pagãs,logo se tudo gira em torno de deus e do diabo e segundo a palavra de deus bhagavad-gita fala de uma religiao pagã,se nao e do agrado de deus obviamente e do agrado do diabo resumindo,basta analisar a letra e se basear no passado de raul pra saber que e satanas falando com raul muita gente fala que e deus falando mais sera que deus e a placa de contra mao,a mao do carrasco,o bleff do jogador? ou seja a mentira e quem le a palavra de deus sabe quem e o pai da mentira ,o sangue no olhar do vampiro etc fora que ele começa a muica dizendo que quase nao fala de amor e que ele e o medo de amar ,meus amigos….deus e amor!!!e pra encerrar algumas pessoas falam que a musica fala de coisas coisa boa e coisa ruin mas a biblia fala que de uma fonte nao joga agua boa e ruim ou e agua boa ou ruin.por tanto concluindo apesar de raul ter sido um dos melhores musicos que o brasil ja teve e talvez nunca mais tera,e esta musica ter uma melodia muito bonita apesar de tudo isso infelizmente essa musica e uma abominaçao perante a deus e nao faz bem pra nosso espirito escutar esse tipo de abominação.que a paz de cristo esteja com todos vcs amen

Entrei nesse site e é obvio depois de ler os trechos do livro bhagavad-gita (até pelo proprio nome) que Raul apenas está apresentando para os ouvintes umas das mais antigas religioes do mundo (aprox. 8000 anos)

Raul acreditava na espiritualidade, não necessariamente em Deus, então não se trata de afirmar a presença seja de Deus de Buda ou de Alá, é mais como acreditar no EU no homem, o homem em si faz a diferença, transforma. A fé que cada um tem move sim montanhas, porque acarreta nela mesma força e vontade, ou seja, é o homem por ele mesmo.

vsf

Nessa música Raul Seixas quer apenas afirmar a presença de DEUS em tudo que esta em nossa volta .

eiê pessoal . . . gita na realidade, segundo já li em entrevistas do próprio compositor, no livro “Raul Seixas: Por ele Mesmo”, nada mais é do que a busca espiritual baseada na religião Indu!
Se vc analisar bem a época e as influencias que Raul teve, na realidade quando ele refere ao “eu”, é o próprio Shiva, deus supremo na cadeia politeista desta religião.

Eu acredito que a música seja a descoberta de que “Deus” é tudo na vida.(Universo).
Deus oferece o bom e o ruim, oferece a luz e a escuridão, é o começo, o meio e o fim.
Não existe Diabo, o Diabo é apenas nosso pequeno cérebro se voltando ao ruim (obscuro, amargo).
Deus nos dá a escolha, afinal, é o criador, Deus não é somente o bom, Deus é tudo.

Na minha opinião, a música fala sobre descobrir que Deus é tudo, Deus é o bom e é o ruim. O paraíso ou o inferno é a vida, depende de você seguir ou não o amor. Deus dá a luz e também a escuridão.

o marico do Paulo Coelho devia entrar nesse site esplicar a porcaria dessa musica. que eu ja não entendia e fiquei louco ainda com tanta interpretação. talvez me respondam em sonho como responderam ao Raul.

Você me tem todo dia
Mas não sabe se é bom ou ruim
Mas saiba que eu estou em você
Mas você não está em mim

Com certeza fala de Deus, do amor atravez das coisas. O homem acredita mais nesta besteria de diabo do que em Deus.

O diabo é o homem com suas ideias preguiça e ganancia, o inferno é aqui.(não generalizado)

Eu acredito que ele refira-se a Deus! Em primeiro lugar Satanas, Diabo, Lúcifer, Belzebul, etc…
São todos criações religiósas para fazer lavagem cerêbral – o que fugiu ao controle da igreja e levou o mundo ao que é!.
E a má interpretação biblica.

Como ele diz em viva a sociedade alternativa “o homem tem direito de criar/dizer o que quiser, matar quem quiser.”

Comentario numero 6. Diz isso perfeitamente. “Nossa imagem de Deus!”

Deus nos Deus a liberdade para fazer o que quiser…
Acho que uma conciliação dessa musica ao livro “A Cabana” ( “MEU” ponto de vista ), facilita muito na compreenção da musica, do livro, e da realidade de Deus. Como senhor criador de tudo.

E se existe um Demônio, ele chama-se: Homo Sapiens.
O ser humano descobri. A pólvora, e com ela fez a arma.
Busque no google quanta utilidade tem a pólvora, fora extrair a alma do ser a força!

Acredito que Raul Seixas tenha sido um Grande Medium.
Deus criou o veneno ante o homem… Até então ele não era venenoso!

Deus escreve certo por linhas tortas…

Eu que já andei pelos quatro cantos do mundo procurando”,
“Foi justamente num sonho que ele me falou”

esse tal ele pode ser qual quer deus hindu ,indiando etc.mas ele pode escolhido da sua religiao entendeu ? ele nao esta esautando ele menmo mas sim seu deus ele estava procurando seu deus no mundo mas nao achou e foi num sonho que ele lhe falou

Nesta Musica o Raul esta querendo dizer que ele eh a morte.

That’s known that cash makes us disembarrass. But what to do when one doesn’t have cash? The one way is to get the loans or commercial loan.

O Gita é uma doutrina sobre a verdade universal. Sua mensagem é universal, sublime e não-sectária, embora ele seja uma parte da trindade escritural do Sanathana Dharma, normalmente conhecido como Hinduísmo.

Ele transmite o conhecimento do Ser e responde a duas questões universais: Quem sou eu, e como eu posso conduzir uma vida pacífica e feliz neste mundo de dualidades. Ele é um livro de Yoga, de crescimento moral e espiritual, para a humanidade baseado nos princípios cardeais da religião Hindu.

A ignorância do conhecimento metafísico é para a humanidade um grande predicamento. Uma escritura, sendo a voz da transcendência, não pode ser traduzida. A linguagem é incapaz e as traduções são defeituosas para claramente transmitir o conhecimento do Absoluto. E nesta tradução, uma tentativa foi feita para manter o estilo mais próximo possível para a poesia original do Sânscrito, e com isso tornar fácil a leitura e o entendimento.

Como diversos outros ja citaram e explicaram esta musica foi baseada no Bahgavad-Gita , mas se for “escolher ” se ela se referi a deus ou ao diabo ….

Assumo que no começo achava que esta musica se referia a Deus , mas depois de refletir e analisar fica quase OBVIO que Raul referisse ao ” Satanas ” ,diabo ou como queiram chamar .
Na letra a varias dicas que vao a favor e contra a minha suposiçao .
Ora ele referisse ao “bem ” outra ao “mal ” , e isto é obviamente o que nos leva a duvida .
Mas se ele realmente se refere a Deus ou ao Diabo
é mais provavel que seja ao Diabo , pois na letras a varias “dicas ” que vao absolutamente contra a nossa imagem de Deus , como :

- O blefe do jogador ( a mentira )
-O sangue no olhar do vampiro ( a cobiça , o desejo )
-E as juras de maldição
-Eu sou a placa de contra-mao ( eu interpretei como o proibido )

e etc …

e COM CERTEZA estas caracteriscas nao se encaizam no perfil que nos temos de Deus

esta musica fala do demonio ele esta em todas as coisas ele era luz raul seixas era satanico como paulo coelho portanto eles acreditam em lucifer ñ iriam falar em cristo ñ vamos tapar o sol com a pineira

SÓ VOU DIZER UMA COISA, ESSA MÚSICA SE VOCÊS ANALISAREM BEM O COMEÇO,AS VEZES VOCÊ ME PERGUNTA? ISSO QUER DIZER QUE É DEUS QUE DIZ ISSO E ELE FALA O QUE ELE É EM NOSSAS VIDAS,NÃO TEM NADA A VER COM ESSE NEGÓCIO QUE O LÚCIFER,POIS DEUS O NOSSO CRIADOR FEZ TUDO QUE EXISTÍ NO UNIVERSO,EU DISSE TUDO ATÉ A ESCURIDÃO OU ATÉ MESMO A PUNIÇÃO,MAS SAIBA DE UMA COISA DEUS NÃO CASTIGA ELE EDUCA,TE ENSINA O CERTO MESMO E NOS DEU O LIVRE ARBÍTRIO,MAS SE VOCÊ SÓ FIZER A MALDADE SERÁ PUNIDO E REFLETIRÁ O QUE FEZ, MAIS ISSO NÃO É CASTIGO , POIS DEUS É AMOR… POIS TEMOS QUE PRATICAR OS ENSINAMENTOS DE JESUS CRISTO QUE DISSE : AMAI AO PRÓXIMO COMO A TÍ MESMO E AMAI A DEUS SOB TODAS AS COISAS, MEU NOME É WALDMILSON NASCIMENTO,SE VOCÊ QUE ESTÁ LENDO ISSO E GOSTOU DE MINHAS PALAVRAS ANOTE O MEU MSN : WNS17@HOTMAIL.COM E CONVERSAREMOS, POIS EU SOU ESPÍRITA,SE VOCÊ QUISER LER PALAVRAS BOAS ENTRE EM CONTATO COMIGO,POIS NÃO VOU PEDIR DINHEIRO POIS GOSTO DE CONVERSAR,APENAS ISSO… E QUE DEUS ABENÇOE A TODOS,QUE DEUS ABENÇOE SUAS VIDAS E ILUMINE SEUS CAMINHOS…!!!

Raul está apenas falando o que Lucifer contou.

A biblia diz que o diabo se denomina como a “estrela d’alva” por isso que no satanismo um dos seus simbolos é o penta grama, conhecido como bode de mendes.

O diabo simplismente é: O medo, O ódio, “a estrela”, o homem que anda pelos os quatro cantos da terra, o vampiro tragador de vidas, a escuridão, o abismo, o enganador, o ladrão, a mentira, a constelação de capricornio, a mosca da sopa, o zombador, o distruidor dos lares, e o SEDUTOR. é isso que Raul sempre quis mostrar o que o amigo dele sempre falava.

Eu entendo que o Raul está falando do livre arbitrio, do poder que nós temos de direcionar nossas vidas para onde queremos, o quanto somos capazes de mover o mundo com nossas ideias e atos.É o caminho que seguimos quando nos deparamos com a encruzilhada da vida. Nós temos o poder nas mãos de modificar tudo, de escrever nosso destino, alguns chamam de fé, outros de esperança, sorte, azar…mas na verdade, é a força da nossa mente, é nossa escolha.

Eu acredito que a musica pode ser interpretada com uma visão materialista acerca da concepção do Divino/Deus.

É o momento em que ele percebe a inexistência da “magia” que circunda a idéia de um Deus divino, e entende que o sagrado está dentro de cada pessoa.

Podemos observar que em todos os versos e metáforas, há a visão do ponto de vista humano, o que subentende que o ponto de partida para todas as idéias é o próprio homem.

Acho que a máxima de Protágoras se encaixa bem nesta interpretação: “O homem é a medida de todas as coisas”.

Acho que é isso.

OLHA EU PENSO DA SEGUINTE FORMA, TODOS OS COMENTARIOS QUE VI AQUI , ABORDAVAM A LETRA DA MUSICA NÃO COMO EXPLICAÇÃO DO QUE DE FATO ELA É, MAS SIM UMA ANALOGIA OU ATÉ MESMO UM FILOSOFAR SOBRE A QUESTÃO, A PARTIR DAI , TORNA-SE MUITO COMPLEXO FILOSOFAR SOBRE O ASSUNTO, PORQUE SEMPRE SURGIRÃO OPINIÕES DIFERENTES DO ASSUNTO, PORQUE A SUA VERDADE É DIFERENTE PRA MIM,POR EXEMPLO: O DEUS CRISTÃO DIZ: ARREPENDA-SE E GANHE O REINO DOS CEUS, O DEUS DE ALGUNS MUÇULMANOS DIZ, APENAS AQUELE QUE SE SACRIFICAR PRA MATAR OS INIMIGOS DE ALA SERÁ RECOMPENSADO, POR TANTO, NÃO HA COMO CHEGAR A UM CONCENSSO SOBRE FILOSOFIA DE ALGUMA COISA, TUDO É DIFERENTE AOS OLHOS DE CADA UM, MAS DANDO MINHA OPINIÃO PESSOAL, ACHO QUE A LETRA REFERE-SE AO COTIDIANO , A VIDA EM SI MESMA, O CRESCER, O AMADURECER,POR MAIS QUE A IDEIA POSSA TER VINDO DO LIVRO DA DIVINDADE HINDU, FALA DAS FASES DA VIDA, DO COMEÇO,MEIO E FIM E TUDO QUE SE PASSA POR ELA NAS MAIS DIVERSAS FORMAS, APENAS FALA DA VIDA, CREIO EU…..

Olá. Eu curto muito Raul Seixas quase todas as músicas mas em relação a música GITA vou de *Lucas Tavares* também já cheguei a cogitar de várias formas e que mensagem RAUL queria passar, na verdade essa música é uma ambiguidade, mas concordo com Lucas, da mesma forma que Raul tem Jesus em suas canções ele tem o diabo. Por exemplo a canção ” O Diabo é pai do Rock”. Mas cada um como dizia RAUL tem o poder de pensar o que quiser, e ele neste momento deve estar chateado com vcs que não respeitam a opinião dos colegas, ofendendo os mesmos, esse é um site de opiniões não de bate boca.

Legal, minha mãe foi amiga da mãe dele e eu não tinha nascido.

Acredito que seja uma tentativa de explicar a Edith a ausência.

Edith! Es vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado…
Não falo de amor quase nada
Nem fico sorrindo ao teu lado (O amor estava acabando).

Você pensa em mim toda hora (A ausência)
Me come (No mal sentido), me cospe (As brigas), me deixa (As tentativas de separação)
Talvez você não entenda (A situação atual, o sucesso)
Mas hoje eu vou lhe mostrar. (A explicação)

Eu sou a luz das estrelas (O trabalho a noite)
Eu sou a cor do luar (As festas)
Eu sou as coisas da vida (Bebida, sexo, drogas e etc.)
Eu sou o medo de amar (Vide a música a maçã)

Eu sou o medo do fraco (Determinação)
A força da imaginação (A composição)
O blefe do jogador (A mentira para poder convencer)
Eu sou eu fui eu vou (A teimosia para poder ir adiante)

Pessoal, poderia continuar explicando mais as coisas são mais simples…
Raul queria mesmo é confundir. O seu conhecimento aliado ao cotidiano é um prato cheio. O resto é viagem de filósofo mesmo.

Eu sou a mosca da sopa (O sucesso com a música – O auge)
A cegueira da Visão (Quem não tem colírio usa óculos escuros… Levou ele ao exílio – A queda)
Ou seja, dualidades de quem quer explicar que pode vencer, e ela já não estava acreditando nele.

Até a próxima.

Até a próxima.

nunca vi tantas interpretações interessantes e tantas idiotas ao mesmo tempo.
no entanto, Raul sempre foi o melhor e sua obra inquestionável, ele sempre teve a intenção (provavelmente) de causar esses mistérios. SÓ QUE O LUCAS TAVARES ESTÁ PEGANDO PESADO.Digo inquestionável em quesíto qualidade!

Nossa…quando as pessoas pararem de se julgar talvez comece a existir respostas

PQP! Cada besteira que se ouve por aqui!

Aqui vai meu imail. copgelmtv@hotmail
VALDELINO

A respost da musica de GITA é simples e fácio meu amigo SEBASTIÃO SANTOS o problema maior É que o povo em geral principalmente os denominacionais como sempre, pega as coisas simples e complica, e as complicadas simplifica, porque a pesonagem que está falando com Raul Seixas nessa musica é bem simples é só você observar o que o Nosso Senhor Jesus disse, que pelos os seus frutos conhecereis a ávore.
É só inzaminar os frutos que você vai vêr verdadeiramente de quem se refere a árvore. Quando Raul queria saber uma resposta do que ele estava procurando,apareceu a persongem em sonho e disse para ele, hoje eu vou te falar quem eu sou mais au invés de dizer eu sou ( A MORTE) ele disse; os seus frutos; veja bem a letra; eu não vou esplicar tudo detalhadamente mais só um pouco eu vou te esplicar.veja bem; o blefe do jogador,quer dizer aquilo que voce ouviu do jogador que é a mentira que é a mesma coisa de blefe e acreditou aí o resultado é morte certa, a placa de contra mão,quer dizer; veja o que tem na placa de contra mão e nela está uma cruz que representa morte, se você passar para o outro lada da contra mão já sabe o que vai acontecer em uma BR- vai colacar uma cruizinha igual a que está na placa de contra mão, sinalizando o local onde a morte te pegou, ok? A luz que se apaga, quer dizer; apagou a luz está nas treva, morreu,ele não disse eu sou a luz que se acende, ele disse eu sou a vela que se acende, quer dizer para quem acende uma vela para os mortos ou os que já morreram,das telha eu sou o telhado, quer dizer o borro, ele não disse que é feito da terra, do fogo, da água e do ar? pronto, veja mais,eu sou o medo de amar,já pensou se a morte criasse uma coragem e passasem a amar, passaria de ser morte e seria vida,e niguem morreria mais, porque o amor é vida, a pesca do pescador, são os peixes, e os peixes são mortos, que representa a morte,novamente,ok? VEJA essa,eu sou a mosca da sopa,quer dizer morta, veja bem, eu sou, eu fui, eu vou, quer dizer. que ela é, ela já foi, e ela ainda vai, por isso que ele disse eu sou, as coisas da vida porque elas são, elas foram, e elas ainda vão,porqe a morte está em tudo que começa, que tem início, que tem meio. e que tem fim, ela disse eu sou início, o fim e o meio, ela disse para ele; eu estou em você, mais voce não está em mim, veja bem, se você estivesse na morte voce estaria morto por isso que ele disse saiba que eu estou em você mais voce não está em mim, porque a morte ela está aos pouco matando tudo e todos, e ela já matou, está matando e ainda vai matar, me intendeu o filho que ainda não veio se não veio é porque ainda não existe e se não existe está morto, e quando vier também ela vai matar, ela disse a letra A tem meu nome, veja bem que ela não disse, meu nome tem a letra (A) ela disse ao contrario que quando tiver que pronuciar o meu nome tem que dizer primeiramente a letra A. SE acaso Raul perguntasse diretamente para A morte; qual é o seu nome? ela teria que dizer eu sou A MORTE e não dizer eu sou morte,intendeu? as vezes as pessoas querem enchergar as coisas invertidas ou do seu mau costume de ouvir as coisas, porque A morte quando está dizendo seu frutos para Raul ela não disse (meu nome tem a letra (A)agora tente você mesmo, perceber porque ela disse eu sou o dente do tubarão, os olhos do cego, e a cegueira da visão, e porque ela não gosta de falar de amor quase nada,e nem gosta de ficar sorrindo do seu lado, e ela disse que voce, come ela, cospe nela e depois deixa ela, seu corpo abondona ela, porque na verdade todos os seres vivente tem a morte em sí. no momento que nasse, que passa pelo o meio, e depois tem seu fim e ela continua, novamente em outros seres. Na verdade essa letra é um inígma, para que vendo não veja, ouvindo não intenda, e se converta e para de julgar e de interpretar com suas próprias mentes, e sim pedir dissernimento para aquele que tudo sabe que é o NOSSO SENHO JESUS CRISTO pois só ele pode dar o dissernimento de tudo e de todos,porque escrito está, A palavra de Deus é ábita para dissernir os pensamentos e inteções do coração e aquele que ha tem intende. E não fica pensando que eu sou um denominacional ou um crente, de alguma religião, porque até hoje eu ainda não vir um crente tão crente como o diabo, ele crer tando que estremeçe pena que ele não é cristão como eu, que prucuro seguir os passos do meu Pai, cujo nome É SENHO JESUS CRISTO.E Não falo que o SENHO JESUS É O MEU PAI ETERNO POR INTERPRETAÇÃO NÃO, E SIM POR REVELAÇÃO. ESSES nomes que dão a MEU PAI, como Jeová, Javé, Deus, Senhor, Filho, etc, são só títulos dado a ele, assim como eu sou pai, porque tenho filho, e sou filho porque temho um pai, e serei avô se Deus quizer,mais um titulo.no intanto sou só uma pessoa.E MEU Pai é Pai porque criou, é Senhor porque é dono, é Deus porque é adorado, É Filho porque naceu na carne, e é O ESPÍRITO SANTO PORQUE MEU PAI É ESPÍRITO E IMPORTA QUE SEU ADORADORES ADOREM EM ESPÍRITO E EM VERTDADE.Vou parar aqui porque isso vai longe e muito longe,e saiba mais o inígma da da letra eu nacir a 10 mil anos atráz é muito mais simples do que essa mais eu não vou falar, porque é simples demais, pede discernimento Nosso Pai e ele te dará, por favor não pessa Jeová e sim Senhor Jesus cristo ok? e me desculpe pelos erros de escritas pois, está escrito; graças de dou o PAI porque ocutaste aos sábios e intendidos e revelaste aos pequeninos, essa frase falou meu Pai quando estava na carne.le João 14;6 em diante, e Atos 20;28.

Paulo Coelho sobre Gita:

“Gita foi assim: eu estava lendo o ‘Bahgavad Gita’ e comecei a contar a história pro Raul. E pronto, acabei de contar a história, lembro que estava deitado numa rede, ele veio com o violão e disse: ‘Oi Paulete, olha aqui’. E cantou os três primeiros versos da música.”

CAROS COMENTARISTAS,

“HÁ MAIS COISAS ENTRE O CÉU E A TERRA DO QUE SUPÕE VOSSA VÃ FILOSOFIA” W.S.

PENSAR QUE PODEM EXPLICAR AS VERDADEIRAS INTENÇÕES DE DOIS HOMENS COMO PAULO COELHO E RAUL SEIXAS É NO MÍNIMO TOLICE. TENTEM, SE QUEREM SABER AS VERDADEIRAS RAZÕES POR TRAS DOS TEXTOS, FAÇAM UM ESTUDO PROFUNDO PARA AJUDAREM AS PESSOAS QUE QUEREM SINCERAMENTE RESPOSTAS HONESTAS LIVRES DE PAIXÕES E EXTREMISMO RELIGIOSO.

QUANTO A MIM, CONTINUO MINHA BUSCA E SE QUISEREM AJUDAR, AMDUREÇAM O NÍVEL DAS DISCUSSOES POR AQUI.

ABRAÇO,

TIÃO

Acho que tudo é uma questão de interpretação, gente…
Como Raul questionava a existência de Deus, ele poderia muito bem questionar a exististência do “Diabo”. Ele se baseou no livro? Sim, é fato, ele mesmo dizia. Mas ele não poderia pegar como base a conversa Arjuna com seu Deus, e criar a conversa de Raul Seixas com o Diabo? Só uma questão que eu jogo no ar.

Repito: é fato que foi baseado no livro, mas o Raul tinha muita imaginação e loucura própria para ficar copiando trechos de livros. O que vocês acham?

[não estou afirmando nada, só jogando ao ar]

Abraço, pessoal!

Nossa, super inteligentes essas CRIATURAS que afirmam coisas basiadas em imaginação, sem estudo algum, expliqueme Lucas, quantos livros vc leu pra querer publicar essa tese ?

Concordo com a interpretação do Renan Martins.
Não tem nada a ver com satanismo (inclusive se vcs estudarem o satanismo verão que usam “satã” apenas como um símbolo).
Acho apenas que Raul não acreditava em Deus, ao menos não em um Deus sobrenatural, único, etc… mas sim que Deus é tudo que existe. Essas interpretações de culto ao demônio é coisa da cabeça de vcs, abram os olhos gente.

Agora, por favor, desconsiderem a análise de Lucas Tavares e prestem atenção NESTA análise:

Antes de mais nada, é preciso que saibam que “Gita” tem esse nome porque foi baseada no livro sagrado hindu “Bahgavad-Gita”.

O Bahgavad-Gita conta, basicamente, a história do guerreiro Arjuna. Ele estava muito angustiado por ter que lutar contra sua própria família. Nesse momento de desespero, Arjuna questiona: “Quem é esse Deus (Krishna) que me faz lutar contra minha própria família?”
Krishna, a forma materializada de Deus segundo a cultura hindu, responde à Krishna. Evidentemente a resposta é imensa…

Agora vamos ver alguns trechos do Bahgavad-Gita:
(Cap. 10 – texto 16) Disse Arjuna: Por favor, fale-me detalhadamente de Seus poderes divinos pelos quais Você penetra todos estes mundos e mora neles. (…)
Responde Krishna:
(Texto 19) O Bem-Aventurado senhor disse: Sim, Eu lhe falarei de minhas manifestações esplendorosas, mas somente das que são proeminentes, ó Arjuna, pois minha opulência é ilimitada.
(Texto 20 em diante) Eu Sou o Eu, ó Gudãkesa, situado nos corações de todas as criaturas, eu sou o começo o meio e o fim de todos os seres. (…)
Ó Arjuna, dos sacerdotes saiba que Eu sou o principal, Brhaspati, o senhor da devoção. Dos generais, eu sou Skanda, o senhor das Guerras; e dos corpos d’água eu sou o Oceano. (…)
Dos purificadores, Eu sou o vento; dos manejadores de armar, Eu sou Ramã; dos peixes Eu sou o tubarão, e dos rios que fluem Eu sou o Ganges.
De todas as criações, eu sou o começo, o fim e também o meio, ó Arjuna
De todas as ciências, eu sou a ciência espiritual do Eu, e entre os lógicos, eu sou a verdade conclusiva.
Das letras Eu sou a letra A, e entre os compostos Eu sou a palavra dual. Eu sou também o tempo inesgotável, e dos criadores Eu sou Brahman, cujos muitos rostos viram-se para todos os lados.
Eu sou a morte que tudo devora, e Eu sou o gerador de todas as coisas ainda por existir. Eu sou as muheres, Eu sou a fama, a fortuna, a fala, a memória, a inteligência, a fidelidade e a paciência (…)

Agora compare com a letra de “Gita”.

Nada de encontro com o Diabo. “Gita” é o encontro das pessoas com DEUS. Simples.

Se quiserem saber mais sobre Raul Seixas, especialmente você Lucas, visitem esse site:

http://memorialraulseixas.blogspot.com

Lucas, cara… você está completamente enganado. Amplie sua visão. O Cristianismo não é única religião do mundo! Há pessoas que acreditam em outras coisas que não sejam Deus, Jesus ou o Diabo.
Raul Seixas era formado em Filosofia. Livros como a Bíblia e o Bahgavad-Gita, fontes inesgotáveis de cultura.

Senhor Lucas, apesar de algumas letras do Raul terem menções ao Diabo não quer dizer que ele seja um seguidor de satan. Raul brinca muito com as frases que ele fala, muita coisa vc tem que se abstrair do que está escrito. Quando ele diz que é a “mosca na sopa” na sopa. ele quer dizer que é a pessoa que vai incomodar diretamente alguém. Sacou?! =) rsrs… falando sério agora, pô brother, sei que as vezes quando estamos empenhados em algo, sempre damos uma forçada de barra para que as coisas sejam da forma que gostamos ou que zelamos. Tente entender melhor oq Deus pede das pessoas, Deus não quer sacrifício, quer apenas que acredite nele e que esclareça a todos quem ele é. amor, paz, misericórdia… e tudo que no mundo há.

olha! concordo com o matheus tbm(7 de Abril), raul apesar de ter bastante intimidade para falar do diado, ele não era satanista e tratava o diabo da mesma forma que travava Deus.
Só que raul por ter tido uma mãe que sempre falou de Deus para ele, reconhecia a soberania de Deus em TUDO, só que raul não queria servir a ninguém, nem a Deus e nem ao Diabo. Ele queria apenas, viver da forma que lhe erá devida.(O livre Arbítrio). Vou dar um relato para vocês, eu já fui uma pessoa que nao via Deus com bons olhos, na minha adolescencia de roqueiro sempre curtir Raul… Mas nunca havia ouvido de verdade, hj eu escuto Raul quase todos os dias, todos os dicos e, hj posso dizer que através de algumas verdades ditas por ele eu me aproximei mais de Deus. é oq a frase “faça oq tú queres diz.” quando ele diz que: é o homem quem escolhe o seu caminho… fico por aqui.
UM ABRAÇO a TODOS que Gostam de Raul… fiquem na paz…

Eu tava procurando um site que analisasse as letras das músicas, mas só o que vi até agora foi gente brigando. Será que dá pra se concentrar no objetivo? Por favorzinho…

fabio, seguindo a mesma linhagem do lucas tavares. O FILHO QUE AINDA NAO VEIO É O [ ANT-CRISTO ] SACOU ?
aew lucas tavares sempre q ouvia essa music eu interpretava assim como vc falou.. vlws tou ctg..
´=]

Não faz muito tempo que eu ouço Raul Seixas e tal. Mas quando eu ouço Gita eu penso que essa letra fala muito de apendizagem, das coisas que vc precisa de passar na vida pra poder aprender. Os erros que vc precisa cometer e tem essa coisa de “o início, o fim e o meio”, “as coisas da vida” e tudo. “O filho que ainda não veio” sei lá mas tem passagens na blíblia de pessoas que precisam passar por muita ciosa e demonstrar muita fé pra poder ter seu filho (que era um bem importante na época). Eu não sou um leitor muito assíduo da bíblia mas tem aquela história de Sara tbm… Sei lá! Por enquando é isso que eu penso, podeser que eu mude de opinião. Abraços!

RE2: ao Lucas Tavares – E só pra completar pequeno infantil literário… Por acaso sabe de onde são os versos destas música? Aposto que não…

No minimo aquele seu pastorzinho que suga toda sua grana na igreja disse que Raul fez um pacto com o dimonho neh… coitado.

Vou te dar uma dica… pesquise sobre a cultura da Índia… vai bebê, voce chega la…

RE: Lucas Tavares – esse krebis so pode ser um krebis mesmo. Que ideia!uma letra dessa, so pode falar de Deus e seus misterios, da vida e suas maravilhas.Po cara nessa vc forçou muito.Nõ viaja tanto cara!!!!!!!!!!

Oi pequena criança. Antes de falar algo, pesquise bebê, pois saiba que o PROPIO RAUL disse o que eu disse.

Talvez um dia vc saia do nivel 1~2 e largue das muletas da religião para viver sua vida plenamente.

Cara, essas paradas de Deus e Demônio, é meio complexa na obra de Raul, ele seguia ensinamentos do aleister crowley,um mago que acreditava no amor (magick) e no equilíbrio do universo. Em outras letras do Raul ele comenta que Deus e o diabo São a mesma entidade.
Alem do mais quem procurar pela bíblia do induismo, vai encontrar treixos muito semelhantes da letra de Gita que fala sobre seu Deus.
Pra terminar,
A própria letra de Gita, fala sobre a questão do Aleister Crowley, do equilíbrio do universo, “o blefe do jogador” “juras de maldição”confirma que o bem e mal são um só elemento.
Então pode até ser que Raul fala com o Demônio, mas a letra é muito mais profunda que uma seita satanista, ou ritual estúpido de satanismo.

Cara, essas paradas de Deus e Demônio, e meio complexa na obra de Raul, ele seguia ensinamentos do aleister crowley,um mago que acreditava no amor (magick) e no equilibrio do universo. em outras letras do Raul ele comenta que Deus e o diabo São a mesma entidade.
Alem do mais quem procurar pela bíblia do induismo, vai encontrar treixos muito semelhantes a letra de Gita que fala sobre seu Deus.

interessante a interpretação de lucas tavares ^^

Grato Jéssica Alves…
“Viva, viva, viva a Sociedade Alternativa!” \o/

Apesar da música permitir várias interpretações, acho que a interpretação do Lucas Tavares parece a mais coerente entre as existentes aqui.

“Viva, viva, viva a Sociedade Alternativa!”
[R.S]‘

Apesar da música permitir várias interpretações, acho que a interpretação do Lucas Tavares parece a mais coerente entre as existentes aqui.

[]‘

EU SEMPRE TIVE CURIOSIDADE EM ENTENDER A MÚSICA “GUITA”. E CONFESSO QUE FIQUEI ARREPIADA COM A INTERPRETAÇÃO DE MATEUS (7 DE ABRIL), EU CONCORDO COM ELE E ACHO Q É ISSO MESMO!!!

E isso ai Lucas Tavares, sempre tive a mesma interpretação, adoro Raul Seixas, escuto sempre, sempre.

esse krebis so pode ser um krebis mesmo. Que ideia!uma letra dessa, so pode falar de Deus e seus misterios, da vida e suas maravilhas.Po cara nessa vc forçou muito.Nõ viaja tanto cara!!!!!!!!!!

Eh Fernando axo q vc ainda vive num mundo das fadas amigo… boiou geral… 1° ñ sou crente… ñ sigo igreja alguma… e ñ sei pq ainda perco meu tempo… hahahahahahah eh mentinha nam….

Esse Lucas Tavares deve estar no 1º nível de entendimento, ou melhor no ZERO… hahahaha… não sabe nada de porra nenhuma… vai se tratar crente bitolado…
se o pastor te falou isso, vai estudar filosofia, vai aprender um pouco da vida… saia dessa igreja, vai viver a vida e pare de dar dinheiro pra esses lavadores de CEREBRO.

Realment Raul Seixas se eternizou… nesta letra ele descreve seu suposto “encontro como o Demônio” mesmo por sonho… vejamos a letra:

“Foi justamente num sonho que ele me falou” (ele = demonio)
na verdade ele canta oq o diabo disse pra ele.

“Às vezes você me pergunta
Por que é que eu sou tão calado
Não falo de amor quase nada
Nem fico sorrindo ao teu lado”
(falar de amor o diabo ñ sabe o q é amar, muito menos sorrir…)

“Você pensa em mim toda hora
Me come, me cospe, me deixa
Talvez você não entenda
Mas hoje eu vou lhe mostrar”
(sobre a obseção de raul)

“Eu sou a cor do luar” (nebuloso, sombras)
“Eu sou as coisas da vida” (luxuria, pecado)
“Eu sou o medo de amar” (medo)

“Eu sou o medo do fraco” (medo,temor)
“A força da imaginação”
“O blefe do jogador” (blefe = mentira só de uma forma + agradeval de se ouvir)
“Eu sou eu fui eu vou”

“Eu sou o seu sacrifício” (ritual)
“A placa de contra-mão” (contra-mão = oposto, oposto de bem eo mal oxe!)
“O sangue no olhar do vampiro” (maldade)
“E as juras de maldição” (pragas)

“Eu sou a luz que se apaga” (trevas)
“Eu sou a beira do abismo” (precipicio)
“Eu sou o tudo e o nada”

“Você me tem todo dia
Mas não sabe se é bom ou ruim…” (indecisão de raul, curiosidade)
“Mas saiba que eu estou em você
Mas você não está em mim” (o demonio esta em toda a parte, em nossas mentes, + nos ñ estamos nele)

“A letra A tem meu nome” ( di-A-bo… meio)

“Eu sou o início, o fim e o meio”

ñ tou afirmando q Raul era satanista, + q ele tinha curiosidade , como eu tenho, realmente as coisas do diabo são muito tentadoras e disperta a curiosidade… ficando por aqui… Abraçõs!!!!!!!!!!

Palavras de Raul: Existem 7 níveis de entendimento. Você só irá compreender essa música, baseado no seu nível.

Gita, segundo o próprio Raul, inclusive, trata-se do contato do homem com Deus, sendo Deus não necessariamente Jeová, mas qualquer outra divindade.
“Às vezes você me pergunta por que é que eu sou tão calado”
Refere-se ao homem ao questionar a existência de Deus por ele nunca se manifestar.
E, essa música conta que, apesar de Deus nçao se manifestar ele é e está em tudo e todos.

caros amigos, Raul Seixas foi e continua sendo através de suas musicas o maior filósofo e profeta que o mundo ja teve até os dias de hoje… agora à respeito da musica gita, ele quiz dizer a todas as pessoas que Deus não é um ser q fica sentado entre as nuvens do céu, com uma prancheta não mão julgando atitudes de humanos que acreditam em um ser unipresente , unipotente e misericordioso…. quiz dizer q DEUS é tudo que esta no universo, DEUS é toda a natureza , arvores, animais , mar , cachoeira, EU , vc e tudo , disse tudo mesmo que existe energia. preste atenção raul brinca com essa coisa de diabo , satanás, isso é coisa q a igreja católica inventou pra deixarem seus fiéis presos a igreja, por medo de não se salvarem do juizo final ….. analisem a musica depois desse meu comentario e comecem a ver raul como um verdadeiro sábio. até mais pessoal ….

Caro Gabriel;
Pode ter certeza amigo,toda musica do Raul tem um ponto de vista filosófico, além de místico.Raul era sim formado em filosofia.Tenho vários livros e documentários onde o que digo se torna explícito brother, se precisar lhe oriento sobre tais ok!? Abraços e é um prazer trocar idéia com gente mente aberta igual a vc!

vou pegar essa musica pra aula de filosofia… pelo que sei, Raul se formou em filosofia, essa musica deve ter caracteristicas filosoficas como algumas outras que ele e o paulo fizeram(ou serao todas?)

Tenho é pena de tanta ignorância cultural, tanta falta de conhecimento como como do sergio labegalini…VIAJA+NO ESQUEMA BROTHER,leia mais,pare de assistir as porcarias de domingo a tarde,ouça músicas boas,sem falar de bunda,de traição,pare de aasistir Lagoa Azul,A Volta da Lagoa Azul e o Retorno para a Lagoa Azul…destrava cara,vai estudar!Abraços de alguem que PENSA!!!!!

Sergio labegalini não deve conhecer Raul, sua religião e a história que a música conta.
Raul era místico, Paulo um bruxo. Isso não quer dizer que eles sejam satanistas ou adorem o demônio. Não tem NADA a ver.
Isso é história criada por quem não tem o que fazer.

VEJAMOS logo no inicio vemos uma declaração; eu que ja andei pelos quatro cantos do mundo procurando foi justamente num [ SONHO QUE ELE ME FALOU] ele quem? sem dúvida o proprio SATANÁS que tem o poder sobre á MENTE HUMANA. SATANAS ERA regente de um coral de ANJOS NO CÉU .

Inclusive tem um vídeo no YouTube do Próprio Raul Seixas Explicando Gita, o Nosso colega Megaphone Tabloid está correto em sua análise, só um adendo, de acordo com as minhas pesquisas, Arjuna questiona Krishna sobre o que ele é ou quem é ele, e a resposta de krishna é algo semelhante a letra da musica Gita.

Abraços a todos

Gita é uma canção composta por Raul Seixas e Paulo Coelho que faz alusão a um dos textos sagrados da cultura Védica (originaria da Ásia menor) o “Bhagavad-Gitā”. Essa canção, faixa-título do quarto disco de Raul,que ainda por cima ganhou disco de ouro, é considerada uma obra de arte na opinião dos admiradores de Raul Seixas, e ocupou o décimo segundo lugar nas paradas de sucesso de 1974, ano de seu lançamento. A canção fora gravada posteriormente por Maria Bethânia (em show antológico com Chico Buarque de Holanda),RPM e Rita Lee.

Segundo a história, viveu na Índia entre os séculos XV e XVI, Arjuna (um amigo e devoto de Kŗşņa). Numa guerra Arjuna se viu obrigado a lutar contra membros de sua própria família. Diante de tal impasse, Arjuna rogou pela ajuda de Kŗşņa* (ou Krishna), e esse em consideração à fidelidade de Arjuna mostrou a ele sua verdadeira forma* e aconselhou-o, no campo de batalha, recitando o”Bhagavad-Gitā”. (*)Na cultura Védica acredita-se que a divindade possua três formas; Kŗşņa seria a forma materializada de Deus.

Apenas sei que Gita é uma espécie de deus cultuado por certos povos. Corresponde à imagem desse deus. Pode perceber que ao analisar a letra a primeira impressão que se tem é que ele fala de Deus. Mas na realidade na realidade é um deus mítico, “Gita”, não sei bem a origem e história desse deus. Raul Seixas e seu inseparável amigo de composição Paulo Coelho, são pessoas muito místicas, se atraem muito por coisas sobrenaturais, religiosas, históricas, etc. Raul se formou em filosofia. Daí suas músicas possuírem conteúdo tão diferente das demais, ou seja, letras tão mais ricas e inteligentes. Acho que todo cantor tinha que se formar em filosofia. Raul gostava muito de usar metáforas em suas letras. A música “O trem das sete” fala sobre a morte. O “trem” que vem surgindo de trás das montanhas representa a morte. Se Raul estivesse vivo, creio que estaria super revoltado com essa geração de músicas atuais, que fazem música com a bunda, e não com a cabeça. Acho que de onde ele está ele se sente muito incomodado.

Qual é a sua interpretação?

-->