Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!

Quando nascemos fomos programados
Pra receber de vocês
Nos empurraram com os enlatados
Dos U.S.A., de nove as seis

Desde pequenos nos comemos lixo
Comercial e industrial
Mas agora chegou nossa vez
Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês

Somos os filhos da revolução
Somos burgueses sem religião
Somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola

Depois de 20 anos na escola
Não é difícil aprender
Todas as manhas do seu jogo sujo
Não é assim que tem que ser

Vamos fazer nosso dever de casa
E aí então vocês vão ver
Suas crianças derrubando reis
Fazer comédia no cinema com as suas leis

Somos os filhos da revolução
Somos burgueses sem religião
Somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola
Geração Coca-Cola
Geração Coca-Cola
Geração Coca-Cola



Qual é a sua interpretação?





*



68 Comentários

achei legal

boa gostei

estudo

“Dever de casa” significa preparar armas caseiras para uma batalha de manifestantes contra a polícia ou exército. Ex.: coquetel Molotov

Simplesmente não tem dúvida nessa música
O Primeiro verso diz, que, desde nascemos somos “Mimados” com produtos enlatados e importados do USA
Já o segundo diz que, sem ter como evitar, nós estamos sendo recheados por propagandas e industrias, e agora, é a vez dos políticos e deputados
Somos os filhos da ditaduras, burgueses (Classe que competia com os nobres, que na música diz os políticos) sem ter oque fazer, sendo bom assim, discutir. A Nação não teria futúro se não existissemos, e somos a Geração Coca Cola, após comer enlatados do USA
Depois de 20 anos de ditadura, não é difícil entender como acontece as coisas, sendo erradas, e não é assim que deve acontecer.
Vamos fazer o dever de casa, ou seja, sofrer com a ditadura, e depois, os culpados por ela vão ver ser destruida e motivo de piada.

gostei muito das palavras de quase todos os que comentaram, mas acho que deveriam por em prática o que citaram acima.
obs: isso é para quem só sabe falar. agir que é bom (nda)
VIVA Legião Urbanaaaa!!!!!

acho que naquela epoca a coisa do momento era a coca cola por isso geração coca cola

Hoje vivemos uma verdadeira carência intelectual na música, músicas como está e muitas outras feitas por grandes pensadores ultrapassam a compreensão de pessoas ignorantes e acomodadas que acham que tudo é muito simplório, as vezes as interpretam como música sem nexo e sem sentido, por não entender as metáforas nelas contidas. Precisamos acordar para deixarmos de sermos influenciados pela mídia corrosiva, pelas grandes empresas apenas preocupadas em aumentar seus lucros e políticos mediocres que dizem que querem resolver os problemas mas na verdade nos impurram cada vez mais para a ingorância, afinal nos se nos tornamos formadores de opiniões entenderemos que não precisamos dos mesmos para ter uma vida melhor para nós e as próximas gerações, a música fala disso, GERAÇÃO COCA-COLA, geração de pessoas controladas pela mídia e por grandes empresas.
Valeu.

Einstein disse uma algo verdadeiro, só que provou sabe o que a profundidade deste pensamento, ele diz que “a mente que se abre á uma nova idéia nunca voltará ao seu tamanho original”, muitas pessoas colocam sua opiniões a respeito de músicas que gostam e isso é muito válido, pois dá a outras pessoas um olhar diferente e mais preciso das coisas isto é saudável e necessário, e quanto concordar com as idéias, ora, Voltaire não podia falar melhor, “posso não concordar com o que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo.”. De repente não conhecemos de todo uma democracia, mas a república das letras ainda existe, então agradeço as pessoas que ao menos tentam, pois é graça e essas que o munca a cada dia é melhor, e para quem tira sarros, vai dormir porque esta morto, “Não basta apenas existir, é preciso viver” Plutarco. Bom dia a todos…

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk só tem expert aquí kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk só letrista de primeira kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk morro de rir com os comentarios

Olha, eu dúvido que 20 anos na escola tenha alguma relação com a ditadura, ou mesmo a suposta revolução. Tem mais sentido afirmar que com 20 anos de experiência de visa, cotidiano, costumes, é possível compreender como o mundo funciona, realmente não estamos mais na geração coca-cola, gerações não são eternas, ora, a própria palavra diz isso, vivemos na geração redes socias, e tudo o que Renato diz na música se remete mais a uma ironia do que um pedido de revolução, vivemos num periodo onde o que pode acontecer é nos tornarmos mais individualistas. Me admira quem é fã do Renato vê-lo de uma forma tão simplista, ele é o pensador do nosso tempo, o restante já não entendem nem o que dizem…pensem nisso..o problema não são os EUA é o sistema político do Brasil, e no Brasil o Capitalismo é bem vindo, só não é bem utilizado.Me desculpem a grosseria, mas muita gente ai viaja nos seus comentários…

Tem que levar em conta o contexto, galera!!!
A música foi lançada em 1985!!!

- Depois de 20 anos na escola: 20 anos de regime militar

Os “filhos da revolução” são os filhos do Regime. Para quem não sabe, “revolução” não é termo exclusivo de comunistas e o golpe é conhecido como “Revolução de 1964″

Mas a música é confusa, superficial e o renato não se decide para que lado quer ir.

Me parece que ele faz crítica à juventude despolitizada e consumista, que – ao contrário do que ele previa (iria cuspir o lixo devolta nos americanos) – piorou na década de 90. Não apenas foi a “década perdida” em relação à economia, mas também foi a geração do pessoal de 20-30 anos hoje – tb conhecida como “geração perdida”, que não tem uma ideologia – o que foi reforçado nas canções de Cazuza (Meus heróis morreram de overdose… ideologia… eu quero uma para viver…). Falta de ideologia e motivação essa, que resulta nos escandalos de corrupção hoje em dia.

Enfim… ele errou =P

A letra ja diz “depois de 20 anos na escola,não é dificil aprender” ta ai ele ja fala que os brasileiros entendem o que esta acontecendo com a “democracia” depois “Vamos fazer nosso dever de casa
E aí então vocês vão ver,Suas crianças derrubando reis” ai ele fala o que todos deveriam estudar,gente não é mentira quando falam que o pior inimigo do governo éo povo culto,só com perspectiva pode-se ter resultado.
VIVA LA REVOLUCION!

essa musica é o que é . nao tem muita explicaçao . nao é genialidade ….

mas é boa

É bem simples, mesmo a Legião Urbana sendo uma banda de pop-rock brasileiro e tendo suas vertentes no punk, conseguiu fazer algumas letras boas, uma pena é saber que a revolta dos mesmos é simplesmente forjada por eles para vender discos capitalistas e se auto-negarem capitalista para a massa que os comprava… a interpretação é básica tudo que vc sabe fazer nos anos 80 é assistir a seriados americanos, filmes americanos, tudo que valoriza os americanos, seus produtos, suas franquias de fast-food, tudo de uma forma em geral não só aqui no Brasil, então ficamos alienados e dominados pela cultura estrangeira, e tudo que vem de fora é melhor, quer dizer não vem de fora é o nosso dinheiro que vai pra fora, pois os produtos são feitos aqui e comercializados aqui o problema é os royalties que vai pra fora pra poder pagar a marca dos americanos, aqueles produtos que vc acha que são super produtos, que a tv te convenceu disto.

A MUSICA É LEGAL, MAIS ELA SE TORNOU CHATA QUANDO MINHA PROFESSORA CHATA DE GEOGRAFIA NOS PASSOU ELA COMO LIÇÃO DE CASA, A LETRA É INTERESSANTE, MAS DIFÍCIL DE COMPREENDER.CASO VOCÊ SEJA MINHA PROFESSORA DE GEOGRAFIA, EU TE ADORO.
COM AMOR ALUNO(A).

Ok.Tudo oque vocês disseram está correto! Mas não basta apenas falar,vocês já tentaram mudar algo? ou estão esperando alguém mudar por vocês já que alguns tem medo até de pensar,aceitam o que lhes é imposto.
Revolução Já!

acho tudo isso uma grande boubagem em pedir que o Brasil pare de seguir o sistema captalista e comssumista dos americano,teria sim que seguir essas tendencias americanas, mas não esquecer que os estados unidos creceu tanto com essas tentencias e tambem com a educação coisa que o Brasil nao tem. Resimido o Brasil não é Brasil mas sim a mistura pÔdre europeia,na verdade os unicos brasileiros de verdade são os indios, e como todo mundo sabe e que eles são tratados como bichos.

Acho essa musica muito legal;assim como varias musicas do Legião Urbana;principalmente a QUE PAÌS È ESSE?.adorei,só queria entender um pouco mais a letra, o que ela diz.

A musica falar que quando nos nascemos ja estamos progamados a receber um comportamento capitalista dos estados unidos eo que renato russo chamar de geraçõa coca uma geração que viver uma cultura que não e deles mas tambem ele falar que depois de 20 anos na escola nõa e dificil aprender todas as manhas e o jogo sujo
por que as veze as historias e muito diferente da realidade que vivemos fora da escola e com isso vamos ver nossa crianças derubando reis o seja indo encontrar com esse sistemar capitalista e curupto que vivemos
e fazer comedias no cinema com nossa leis assm a geração coca cola deu lugar a uma geração revulucionarias

Imersos a tanta teoria é importante lembrar que, nós escolhemos viver assim, acredito que na musica ele quis dizer que a geração coca-cola jamais será revolucionaria, pois ela não se conhece, me parece que ela agora sente resquício de uma futuro abortado, pela sua falta de identidade . A revolução em si é preciso, a de todos os dias, a perene, não a minha, ou a de alguém em particular, ou será que em todos os países do mundo temos os mesmos problemas ? A negação também é fuga da realidade, agredir a opinião é uma forma de censurar e repensar os nossos conceitos é uma forma de não ficar-mos obsoletos. Todos temos a nossa própria razão, mas nem sempre temos razão. Quanto a ter celular, Ipad, Ipod isso é fruto de um capitalismo, em que necessariamente alguém paga a conta, os produtos chineses são mais baratos por não haver uma legislação trabalhistas,crianças tem seu destino traçado a mão de obra em pró de alguns empresários, a nossa educação e planejada para formar engrenagem de uma maquina que há tempos só enriquecem poucos, não devemos ser ingênuos, mas também não sejamos sem causas e radicais, e agora é a geração facebook, sempre terá outra não podemos concertar o mundo mas podemos fazê-lo bem melhor para muitos.

Deu vontade de rir quando disseram > cade nossa originalidade ?
filhos lembrem q o brasil era uma colonia .. na verdade o que existe aqui é uma misturada entre portugueses , indios , negros, alemaes , italianos, libaneses e por ai vai.. nao existe brasileiro mesmo.. os unicos q poderiam se dizer brasileiros sao os indios .. e esses mesmo preferem continuar sendo tratados como bichinhos de estimaçao…
E sobre o que os outros disseram sobre a influencia dos EUA .,, cara tem um bando de brasileiros morando la .. e acham q eles preferem la do q aqui .. e coca cola é muito bom lkkk
´pop corn tambem …
Mais agora falando uma coisa seria o Brasil ja está evoluindo… ate cachorro agora anda de celular .. ipode .. netbook..tem acesso a internet…a galerinha aqui sabe o lugar q o brasil ocupava na economia mundial nessa epoca e o q ocupa agora? so pra constar o brasil esta quase ocupando o posto da italia como 7ª economia do mundo ,,, acho q o brasilzinho tem conseguido isso seguindo o exemplo dos EUA;;; aprenderam bem depois de 20 anos na escola kkkk

Bom, é fato que já se passou muuuito tempo desde que essa musica foi escrita, e tambem já se passou muito tempo desde a morte do Renato Russo, mas nao é porq nada revolucionario tenha acontecido que nós podemos afirmas que nada foi feito, muitas pessoas lutaram para que o Brasil sai dessa situaçao em que ele se encontra nesse momento, e eu ainda tenho esperança que consigamos, eu acredito que mesmo indiretamente o Renato Russo, quis dizer que se todas as pessoas se unissem para lutar por esse ideal, seria mais facil, sabemos que é muito dificil, e que essa mudança nao acontece de um dia para o outro, da mesma forma que nao foi durante a ditadura, sabemos que muitas pessoas sofreram e até morrem por causa disso, mas talvez esse tenha sido a unica soluçao para terem vencido aquela “guerra”, nao estou querendo dizer que temos que fazer a mesma coisa, muito menos que temos que morrer por isso, estou apenas querendo dizer que temos que dar tudo de nós ou então nao vamos conseguir.
Sim, eu ainda tenho esperanças de a nossa GERAÇAO COCA-COLA se revele e a gente possa realizer o sonho do Renato Russo, nao só dele mas de muitas outras pessoas que fizeram muitas coisas par atentar mudar a nossa situaçao…
SÓ QUERIA QUE VOCES ENTENDESSEM QUE SE CADA U FIZER A SUA PARTE PODEMOS CONSEGUIR

ps: eu realmente espero que depois de ler isso a sua opinião mude, bom eu já fiz minha parte agora ta na hora de voce fazer a sua

como não poderia deixar de ser, cada um interpreta de acordo com seu ponto de vista, como estamos na américa latrina do mundo, dá-lhe revolução comunista. nada mais óbvio, idiota, mais boçal, mais brasil. este comentário não serve pra nada, obviamente não tenho pretensão de viver num país melhor, é só pra criticar os parvos. já vai ser um milagre se não apagarem isto.rs vlw

desculpe-me pelo portugues errado, nao prestei atencao!

nao adianta, enquanto tivermos um governo que nao pune, que nao evolui, que so pensa em si mesmo, vamos continuar na mesma. nao presiça ficar triste, porque nao somos um país de primneiro mundo, porque vamos continuar nao sendo, por muito tempo; e falando nisso a educacao no brasil esta em 54º de 65 píses avaliados.

vcs falam tudo isso mas tenho certeza que tomam coca-cola

renato foi muito feliz ao fazer essa musica, porem nao concordo quando ele diz que apos 20 anos, nós brasileiros acordamos e percebemos que estamos sendo muito influenciados dos pelos EUA, por que ate hoje ninguem percebeu isso continua fazendo as mesmas coisas, renato russo ja morreu e nada melhorou ja se passaram 40 anos apos ele ter feito essa musica e nada de melhora, então nao exeiste nenhum ruvolucionario aqui, nenhuma criança que vai derrubar reis, nenhum revolucionarios sem religiões, menhuma GERAÇÃO COCA-COLA !!

O Brasil é um país que não tem uma ideologia própria, com isso vive engolindo tudo que os países desenvolvidos empurram em sua garganta a baixo, Renato deixa bem claro que “depois de vinte anos na escola…” o Brasil deve aprender suas lições e começar a caminhar com os próprios pés, parar de imitar e acabar com essa obsessão de querer ser igual aos EUA, outro recado é que a população tem que derrubar os “REIS” brasileiros que acham que podem fazer o que quiser com nosso país, a corrupção é um câncer que tem que ser combatido, temos que nos unir, temos que ir pras ruas e protestar contra essa robalheira, não podemos ficar de braços cruzados esperando que tudo se resolva por si só, pq não vai acontecer. Renato era um revolucionário, um visionário e deixou uma mensagem muito forte para todos nós, na qual NÃO podemos ficar parados diante de tudo que está acontecendo em nosso País, eu falei NOSSO PAÍS!!! VAMOS A LUTA!!!

Não é o capitalismo,é o consumismo,e a invasão cultural norte-americana,ele critica todas as idéias enlatadas,entrando aí ate o socialismo.
Nas músicas dele nem sempre era dito o q ele pensava,mas ele se colocava na posição de alguém (veja a música Química),e interpretava um sentimento dessa pessoa,nesse caso,na última estrofe,fica evidente q ele se coloca como um revolucionário,mas não necessariamente um marxista.
(sim,há crítica contra o imperialismo)

Renato Russo era um dos maiores poetas que já existiram no Brasil.

“idioma, cultura e religiao brasileira é importada do lixo EUA, os libertadores da america”

Quanta viagem… Se você reparar não tem nada a ver o que disse. Religião brasileira importada dos USA? Que eu saiba a religião no Brasil se deve única e exclusivamente o Portugal, enquando a dos US foi formada a partir de um racha dessa mesma região que havia na Europa antigamente. Cultura também não tem nada a ver. Pergunte para 90% dos estudantes norte americanos da High School se eles já ouviram falar em Marx. A resposta é a mesma: NÃO. Olhe o Brasil agora. TODOS os livros e matérias ensinadas na escola são EXTREMAMENTE tendenciosas a esquerda. Não faz sentido você comparar essas coisas.

Para mim, esses anti-americanos tem é dor de cotovelo em ver algo de sucesso, ficar com inveja, e por isso criticar. Ou vai me dizer que o sistema capitalista não funciona perfeitamente no Canadá?
Usei este exemplo para não virem com desculpas de imperialismo ou coisas do tipo, já que o Canadá jamais teve uma colônia, e mesmo assim hoje é um dos melhores países para se viver.

É claro que eu amo meu Brasil, mas tento absorver o melhor que puder das outras nações. Aprender com elas é o ideal, não estou dizendo copiá-las.

Quanto a Legião Urbana, o jeito é levar em conta somente as letras que dizem de sentimentos, porque as que falam do social são muitas vezes patéticas.

Renato era fantástico. Quantas coisas implícitas ele nos deixou em suas composições, que passam despercebidas pela maioria. “Enlatados do U.S.A.” metaforiza muito mais do que a simples ideia de comida, de que muitos já falaram aí…

onde esta a nossa originalidade consumimos o lixo deles todos os dias e nao prestamoso minimo atençao. quem a pessoa preocupada com o futuro da naçao que pensa sobre todos os nossos passos que possamos dar no futuro nao viver na sombra desses que vos falamos nao paramos para pensar, só pensamos em chegar em casa e beber nossa coca-cola e comer nossas batatas fritas do mc´donalds por qual razao deixamos de comer nosso arroz e feijao ????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????sou eu uma garota brasileira , paulista de 11 anos venho a este meio dividir minha opiniAO ESTOU AJUDANDO MINHA PRIMA DO 3 ANO (MEDIO) E SEI MUITO BEM DO QUE FALO SOU EU MANDANDO UM ALô PARA ESSES AMERICANOS QUE CADA VEZ MAIS DESTROEM NOSSA CULTURA FAZER O QUE NE? JA VIROUPARTE DO NOSSO COTIDIANO BYE BYE

idioma, cultura e religiao brasileira é importada do lixo EUA, os libertadores da america. tinhma Deus em seu nome e em nome deles um canhão. e quanto aos indios… ahhh ninguem pode contar…
se ninguem gosta deles nao gosta de si mesmo somos alunos daquele lixo. agora vamos fazer nosso dever, e fazer pior e assim seremos melhor e vamos superar quem nos ensinou…

parabens a todos somos a geração industrial e comercial…
alias comercial e bomba no colegio de criança tem alguma relação pra voces? amados… perdemos e o sinal esta fechado pra nos que somos jovens..

Acredito que os jovens de hoje vem dia continuam sendo essa geração coca cola… cuspindo em cima da sua própria cultura e aderindo aos padrões norte americanos de vida. Somos os filhos da revolução de nossa nova hera mais fazemos o que para mudar?
Temos cuspir de volta todo esse lixo que andam jogando em cima de nois desde os tempos de infancia… é possivel sim lutar contra esse capitalismo selvagem que corroi e enferruja nossos sonhos e nossos corações somos brasileiros não americanos precisamos nos unir abrir os olhos para realidade do nosso país!!! temos capacidade o suficiênte para provarmos para todo o mundo que não precisamos provar nada pra ninguém***

Sabe qual é o melhor de tudo é que renato pode até não gostar do sistema em que fazemos parte e comntribuimos, mas vocês acham mesmo que o capitalismo em que vivemos é o melhor dos sistemas em que poderiamos viver?
exportando matéria prima com preço baixo e comprando com preços altissimos o quê eles fizeram com ela. o quê ele fala parece mais com a idia de karl marx que buscava a igualdade social, acho que isso é algo que jamais irá acontecer,mas será que não poderia pelo menos igualdade civil em que todos tem acesso a tudo ?
Vamos fazer nosso dever de casa
E aí então vocês vão ver
Suas crianças derrubando reis
Fazer comédia no cinema com as suas leis

Não é uma ironia, porque ele não tenta “esconder” os fatos, ele fala o que quer dizer sem pudor.

A intenção creio eu seria interpretar a música, não discutir posição ideológica de ninguém, que por sinal os senhores democratas deveriam pelo menos uma vez agir com democracia e parar de repetir seus infinitos argumentos pré-fabricados.

Essa música é pra aquele jovem piscótico, depressivo, revoltado com o mundo, com todos e com o capitalismo, assim como era Renato Russo.

Ninguém é filho de revolução coisa nenhuma. Quem está revoltado e fala em mudança nunca fez e nunca vai fazer nada. Pra mim quem luta e se revolta contra o sistema é burro. Tentar ir contra globalização, contra a hegemonia americana e contra a mundialização da economia tbm é burrice. Ou então muitos de vocês devem achar que os EUA é rico e a maioria da população vive bem por causa de um fator climático.
Mesmo que o capitalismo exclua, ele é que dá mais
condições de ser mudado e fazer alguem crescer na vida. Ou as vezes, todos revoltadinhos, querem o socilaismo, onde que é pobre fica muito pobre e quem é rico fica pobre tbm.

Não sei porque Renato fez esse Lixo, sendo que ele mesmo fez parte da geração coca cola.

Sei que muitos trouxas, seguidores de Renato, que não querem enxergar a verdade vão me chingar. Eu apenas fui sincero.

No começo desse vídeo, Renato Russo explica o que quis dizer com Geração Coca-Cola. http://www.youtube.com/watch?v=4QaCc14P618

Concordo com o que a maioria escreveu! Mas há pontos factuais, históricos, bem precisos nesta letra!
No início da ditadura militar de 64, Renato tinha 4 anos! Então ele é filho da geração que, por ação ou omissão, aceitou a intervenção militar, organizada pelos Estados Unidos da América! , que propagou o “american way of life” por todos os meios conhecidos, desde os filmes de Hollywood,

A revolução militar foi antes demais nada uma revolução ideológica que propagou o “american way of life” por todos os meios conhecidos, desde os filmes de Hollywood até a Coca Cola, e a lavagem cerebral prossegue até hoje, desde os telejornais (a Globo foi criada em 65), á educação!

A crítica é para “revolucionários de sofá” – burguesinhos que acham bonito vestir a camisa do Che Guevara que papai, empresário, deu de presente no natal; e sair por aí dizendo ser socialista.

Aqueles com discurso ensaiado, que adoram falar, mas pecam no fazer – não fazem nada.

E para isso ele usa ironia. Conta uma piada.

Só consigo enxergar uma coisa em toda a música: ironia.

Não entendo a música como critica do capitalismo, afinal nossa democracia não se tornará mais integra por um socialismo desgarrado (utópico). Assumir o capitalismo me parece uma boa interpretação, pois almejamos tantos principios sociais e democráticos, mas fazendo esquecer que somos mesmo capitalistas. Nossa mais recente democratização 1988 é da geração Coca-Cola, e quanto ao consumo de produtos importados,o que fariam sem consumir produtos de fora???Ora produziriamos nós proprios e exportariamos também… O ciclo recomeça, volta-se ao capitalismo.Mas tem medo de entender a sociedade hodierna sem aceitar o capitalismo.

Quando nascemos fomos programados
A receber o que vocês
Nos empurraram com os enlatados
Dos U.S.A., de nove as seis. (Pensamentos americanizados)
Desde pequenos nós comemos lixo
Comercial e industrial (Mc. Donald’s)
Mas agora chegou nossa vez
Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês
Somos os filhos da revolução (nascidos na revolução, lutas para diretas já, democracia)
Somos burgueses sem religião (Burguês tem dinheiro, mas sem religião, fé, ou algo em acreditar, ele não tem princípios e nao é feliz.E nós, agora, temos a liberdade, mas não temos o conhecimento sobre a verdade, essa é a analogia)
Somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola (Geração capitalista)
Depois de 20 anos na escola (aprendendo o verbo to be rsrs)
Não é difícil aprender
Todas as manhas do seu jogo sujo (corta verba da educação)
Não é assim que tem que ser (Não deveria ser assim)
Vamos fazer nosso dever de casa (Pesquisar, Obter conhecimento)
E aí então vocês vão ver (vocês viram)
Suas crianças derrubando reis (Lula vencendo Fernando Henrique Cardoso, Dilma vencendo Serra. Não sou petista, mas os “filhos da revolução” derrubaram Reis)
Fazer comédia no cinema com as suas leis (Tropa de Elite 2)
Somos os filhos da revolução
Somos burgueses sem religião
Somos o futuro da nação
Geração Coca-Cola (Geração Capitalista)
Geração Coca-Cola (Geração Capitalista)
Geração Coca-Cola (Geração Capitalista)
Geração Coca-Cola (Geração Capitalista)

A primeira estrofe faz pensar o quanto de coisa que nós são empurradas a força, que dais quais não nos damos conta de todas.
A situação criticada na musica não é diferente nos tempos atuais. Pois, uma criança hoje o que ela come? que informação ela tem na televisão de 9 a 6?
Só come lixo estufado de substâncias químicas, que evidente não fazer mal a curto prazo, mas o devagarzinho que sabe…
Outra coisa que quando nascemos nos empurram a força, é aquele monte de vacina, será que precisamos mesmos de todas elas?
Nós comemos a comida que eles querem que nós coma, eles nos dão as informações que eles querem, o conhecimento que eles querem que nós temos, desde criança já estamos no jogo deles.
Com certeza noutro restante da musica após ter alertado da condição de que estamos sendo “programados”, ele nos dá motivação para reverter o jogo e contra-atacar, para fazeremos comédias com as suas leis…

Ohh..:) Essa musica representa mto o mundo em qe vivemos…Mto booooooa! (y)

Eu adoro Fanta!

A música realmente manda. Na época em que acabou a ditadura, onde exatamente começaram a surgir uma séria de bandas de rock com uma liberdade de expressão, e o Brasil recebendo grande influências estrangeiras, rocks intenacionais, e até reggae. A partir disso a música retrata essa miscigenação de valores agregados, que marcam nossa cultura até hoje, e da hegemonia norte americana na nossa cultura, desde seus enlatados ao lixo. A GERAÇÃO coca cola( cópia) que apenas recebe valores. ” Depois de vinte na escola” .. depois de estudos e uma mente liberta, você percebe o robo que a mídia e países superpotentes querem te tornar, a partir de consumismo e consumismo.

Achei legal a música, fala da influencia dos EUA em relassão ao Brasil

A princípio analisei: geração coca ( nunca se usou tanta droga como atualmente) cola(falta de opinião, cópia), acredito ser mais profundo que consumir produtos estrangeiros, e mesmo se fosse conduz à falta de personalidade, a cola, cópias.É a geração que foi a transição pós revolução,em que houve um inversão de valores,jovens sem crença e fé, voltados para o consummismo e individualismo.

“Será só imaginação…”, a intenção de Renato Russo?!!

Reflexo da visão de mundo que o autor tem, “Geração Coca-Cola” é sem dúvida uma música instigante.

Partindo da premissa de que o autor não mais se encontra entre nós, torna-se, religiosamente discutível, qualquer interpretação de sua obra. Partimos, então, para nossa “discutível intenção”, expressão cunhada por Eco (1990, p.91).

Decodificar o subjetivo?!! OK! Vamos lá…

Renato Russo mobilizou o imaginário de uma geração com suas letras altamente politizadas. Apesar de ser escrita há algum tempo, é bastante atual, ou seja, nada mudou!

Ao dizer que “quando nascemos somos programados”, Renato Russo pode estar fazendo uma alusão a John Locke que dizia que somos como “tabula rasa”, enfim… Filosofando um pouco menos, podemos entender de outra forma: nada se questionava no que dizia respeito ao que muito nos atingia. A sociedade, por conta também de uma fase ditatorial, era apática, inerte de tudo o que ocorria ao seu redor. Havia muita repressão. Os movimentos de todos os setores que ousaram transpor esse regime foram brutalmente combatidos. Não diferente, no espaço escolar.

A abertura do mercado, subordinando o país ao capitalismo internacional do qual recebemos recursos financeiros (endividamento externo) e suporte tecnológico (por meio de empresas multinacionais), revela a “cordialidade brasileira” – “a receber o que vocês nos empurraram”.

O “lixo” que ao nosso país restava e que “desde pequenos nós comemos” pode ser entendido como em referência a produtos e serviços obsoletos para as grandes nações. É sabido também, que o liberalismo “vendido/imposto” para o Brasil foi em sua forma mais cruel e radical do que o implantado nos demais países europeus, daí a expressão “lixo”. Outra hipótese, não menos intrigante, seria a das grandes empresas de fast food`s, como por exemplo, Mc Donald`s, Coca Cola e afins, levando a população ao consumismo quase que compulsivo.

Já dizia o ditado: “você é o que você come”, aplicado no momento é bem constrangedor, quando não, deprimente.

Esse “lixo” é também o produzido pela mídia, reforçadora de ideologias das elites, acredito ser esta a hipótese mais coerente.

“Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês”. Adotando medidas ditadas pelo acordo MEC-USAID, a quem iria atingir uma má formulação das políticas educacionais, que se não a nós mesmos. Como daria bons frutos, se a semente não foi bem tratada? Escolas públicas descentralizadas, poucos investimentos na educação, analfabetismo em números alarmantes, falta de vagas no ensino superior etc.

“Somos burgueses sem religião”, aqui podemos lembrar que a religião havia perdido sua representatividade no espaço escolar, a escola passou a ser laica.

“Somos filhos da revolução”, sim somos, e sustentados na ideia de que nossos pais irão nos proteger, nada fazemos a não ser ter orgulho. Somos, mediocremente, os filhos DA revolução.

Quando, enfim, iremos nos tornar adultos? Responsáveis? Críticos? E então sermos “O FUTURO DA NAÇÃO”, com toda a conotação positiva que a frase possa carregar?

“Depois de vinte anos na escola”. Seria conspiração excessiva? Quero acreditar que Renato Russo está nos lembrando aqui o período de, também, vinte anos de ditadura militar no Brasil. Tempo suficiente para lembrar de outro jargão: “Já que não dá pra vencê-los, junte-se a eles”, “não é assim que tem que ser”. Difícil descobrir se é uma pergunta ou uma afirmação positivista. Renato… Sempre devolvendo, como nossos professores, a pergunta para nós mesmos.

Renato atemporal! Russo profeta! “Suas crianças derrubando reis”. Geração Coca-Cola, cara-pintada, internet, desempregada, não importa. Fato é que (fora do regime militar) temos voz e corremos atrás, bem menos do que deveríamos, mas “vamos fazer nosso dever de casa”. A primeira lição foi a campanha pelas Diretas-Já, um memorável movimento cívico popular. Não conseguimos, inicialmente, mas houve mudanças significativas. Também não dá para deixar de comentar o impeachment do então Presidente Collor de Mello (nesse eu estava lá, cara-pintada, cheia de esperança… ilusões), a verdade é que falta mais esclarecimento, uma visão mais crítica, mais apurada da política atual…

Para não ficar só no faz-me rir… E quanto à “fazer comédia no cinema com as suas leis”, “seria cômico se não fosse trágico” o sucesso do filme “Tropa de Elite” de José Padilha, que revela toda a sujeira por trás dos sistemas no país. Que vergonha a realidade quando revelada, assim, abertamente.

Geração Coca-Cola, mas bem que podia ser Geração Enem do Magistério!
“Quem roubou nossa coragem?”

Este foi um trabalho para a faculdade, adorei fazê-lo,e busquei inspiração nas postagens de “look at” e “Natasha”.

Qualquer dúvida, sugestão ou crítica: roseane.frexiella@hotmail.com

O título é uma alusão ao trabalho de marketing da Pepsi anos atrás da criação da música com objetivo de fisgar os novos consumidores, jovens na sua maioria, fidelizando-os para que fossem seus consumidores pelo resto de suas vidas. Naquela época (até hoje) o mercado era totalmente dominado pela Coca-Cola, e a Pepsi criou o slogan “Geração Pepsi” na busca de novos consumidores e consumidores novos. Não é preciso comentar que a campanha publicitária da Pepsi não deu certo, né mas pelo menos serviu de inspiração ao Renato para o título dessa interssante canção.

por favor desconsiderar a postagem acima :)

por favor alguem posta algo novo por favor:):(*-*-*-*-*-*-*-*-*-*):

Na minha opinião, a música é uma crítica não só aos EUA mas à própria geração coca-cola. Uma geração alienada que cresceu tomando coca-cola (e outros enlatados americanos) e aprendendo as regras do sistema na escola. Que vivem como burgueses. Mas que apesar disso é o futuro da nação. Apesar disso é a geração filha de uma “revolução” e que ao término de 20 anos na escola, não será difícil para eles perceberem que tudo isso está errado. E entao eles farão o dever de casa. Ou seja negar todo esse sistema cruel e fazer uma nova revolução. Infelismente essa geração não fez isso, mas e a nossa geração, o que fará? Cabe a nós responder essa pergunta! Acho q a música foi feita não é pra ficar no papel… ela traz a possibilidade de uma mudança real…

A música trata de forma direta a indignação da geração daquela época pela influência estrangeira pela televisão, cinema e cultura em geral. Na época desta música era comum a programação conter somente séries (chamadas de “enlatados”) durante praticamente toda programação, tendo como espaço de programação nacional somente o horário das novelas e telejornais.
O termo “geração coca-cola” refere-se justamente à essa influência estrangeira.
Como o Legião Urbana era um conjunto de rock, ritmo estrangeiro, ele se refere a ter pego “todas as manhas do seu jogo sujo”.

O_O Como eu escrevi!! #medo

Acredito que essa música seja bastante interessante… porque mesmo tendo sido escrita a alguns anos ela continua extremamente nova.

No primeiro paragrafo ele fala do que o pessoal já falou aqui em cima: Que nós eramos “mandados” pelo EUA, jogavam os produtos importados em cima da gente.

No segundo, ele começa falando que “desde pequenos nós comemos lixo, comercial industrial”, obviamente falando de coisas como McDonald’s e afins. Que são comidas totalmente não saudaveis… (acredito que não preciso me delongar muito sobre isso.. ate porque continua sendo uma assunto extremamente atual.). Quanto a segunda parte dessa estrofe… não concordo muito com o que disseram. Como a lu(?) falou precisamos contextualizar a música no periodo em que ela foi escrita. Nos anos 80 houve uma intensa valorização do que é brasileiro, valorização do nacional, tanto que foi nessa época que surgiram algumas das melhores bandas que existiram nesse país. (Nem falo nada sobre a “musica” de agora TT Não sei qual o conceito depravado de musica que as pessoas tem ao colocar “Rebolation” e “Bicicletinha” nessa categoria FATO)Voltando, acredito que o “Mas agora chegou nossa vez / Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês” está se referindo a isso, a valorização da musica, da cultura nacional e a “expulsão” do americano. Pra voces terem uma ideia, festa de 15 anos nessa epoca, dos anos 80 eram apenas musicas brasileiras, tudo tudo.

Ok, terceira estrofe agora ^^
“Somos os filhos da revoluçao” — A geraçao dos anos 60/70 é que foram REALMENTE os revolucionarios, os jovens revolucionarios, os jovens da decada de 80 ficariam como os que vieram apos a revoluçao, que nasceram DA revoluçao.
“Somos burgueses sem religião” — Foi uma epoca de liberalismo e certo ceticismo com relação a religião. Então muitos jovens realmente estavam “sem religião”, só se importavam com dinheiro, festas e bebidas (“burgeses”)
“Somos o futuro da nação” — UAHSAHS Adooro essa parte. Ele usa uma ironia, muito bem medida nesse momento. Algo tipo “nós somos o que voces criaram! filhos da revoluçao, burgueses sem religiao, voces apenas esqueceram que nos somos o futuro da naçao. Percebem o “monstro” que voces criaram?” Acho beeem interessante essa parte, porque ele critica abertamente, mas de uma maneira camuflada (como só o Renato faz)
“Geração Coca-Cola” — Foi a maneira que ele usou pra descrever essa geração (obvio z/ UHAUHSUAS). Uma geraçao que “viveu” a base de coca-cola, foi o boom dessa marca.

Quarta estrofe, bem essa eh a que eu mais gosto. Talvez porque eu seja adolescente (15 anos) e esteja na escola. Mas enfim:
“Depois de 20 anos na escola / Não é difícil aprender / Todas as manhas do seu jogo sujo” — Como estudante eu posso dizer que isso é “verdade”. Hoje provavelmente menos do que naquela época. Contextualizando a musica, ela foi escrita no ano em que foi derrubada a ditadura, nessa epoca as escolas era controladas pelos militares, e como qualquer regime ditatorial eles não iam abri espaço pra revoltas e afins, foi ai que acabou o ensino brasileiro TT Nós passamos a ser ensinados pra passar no vestibular e apenas isso. O pensamento, a reflexão critica… tudo isso foi “abolido” do ensino. Depois de 20 anos de escola, as pessoas já sabiam todo o jogo sujo de controle e manipulaçao usado pela ditadura e nao apenas essa, mas tambem todo o lance com os Estados Unidos e tal.
“não é assim que tem que ser” — Acho legal isso… porque ele afirma que aprendeu “todas as manhas do jogo sujo”, mas tb diz que nao é dessa maneira que deve ser. As pessoas nao devia aprender [b]isso[/b] na escola, deveria ser algo beeem alem! Ele diz que o “sistema” os transformou naquilo, mas que não é assim que deveria ser, ele dá uma esperança tipo, “ainda podemos mudar!”

Quinta estrofe [Terminaandoo \o/\o/\o/]
Ele diz que vão “fazer o dever de casa” e diz que eles vao ver “suas crianças derrubando reis, faze[endo] comedia no cinema com a suas leis”, ou seja as “crianças” que eles manipulavam, achando que eram inocentes e que nao iam ligar pra nada, agora estao crescidinhos e fizeram o dever de casa, aprenderam as manhas do jogo sujo e agora estao ali pra “acabar” com eles. Vão derrubar os reis (nesse caso pode ser interpretado como os militares que estavam no poder, como os pais, os EUA…. E adiantando alguns anos, se aplicaria muito bem ao Collor, por exemplo.) e fazer comedia no cinema com as leis (ou seja, vao ridicularizar as leis estupidas e regras inuteis ditadas pela sociedade e os governantes.)

Espero que tenho sido uma analise critica interessante… É a primeira vez que venho ao site, e parece q tem o Sergio Soeiro, que comenta vaarias musicas (#vozdarazao)… Se voce estiver afim de comentar o que achou do que eu escrevi, agradeço xS E nao so ele, mas todos. Se alguem quiser falar comigo: natashacmedeiros@hotmail.com

Beijoos ;**

PS- perdao se tiverem partes meio confusas ou repetitivas, eu escrevi e nao revisei nada z/ Reflitam q ja são duas da manha.. entao, acho que e compreensivel xD

Bom… essa musica fala do quanto nos gostamos de beber coca-cola…
Ele diz que é um robô desde os seis ou nove anos de idade que foi programado para beber coca-cola dos E.U.A(huuuummm… que gostoso ^^)
Ele diz que gostava de comer lixo quando era pequeno e por isso tranformaram ele em robô… mas agora ele esta se revoltando contra isso e esta planejando um ataque terrorista contra os que fizeram isso com ele…
No refrão ele ameaça todo mundo e depois fala que passo 20 anos na escola porque repetiu 3 anos pra aprende a roubar nos jogos (provavelmente deve c jogo de tazo, ou futbol, ou baralho… essas coisas que se joga na escola)
Ele também faz um apelo quando diz “vamos fazer nosso dever de casa” porque quando ele era pequeno, todo mundo precionava ele para fazer o dever de casa dos outros…
Ah… e também diz que ele era palhaço comediante…

FIMMM!!!

MORAL DA HISTORIA: Se algum dia lhe pararem na rua para perguntar alguma pergunta perguntada, pergunte se a pergunta que será perguntada perguntadamente será sobre uma pergunta perguntada discreta ou não… pois a resposta de tal pergunta perguntada por outra pessoal que a pergunta pode não ser o que se respondem a essa pergunta perguntada…

Continuamos sendo a geração coca cola, celular, ipod, skol, skin…Continuam empurrando lixo em nóis. Será q vamos cuspir esse lixo?Vamos fazer o dever de casa? derrubar o imperio(reis)? vinte anos na escola, pra q ?aprendemos o q? estamos sem religião!!!!!!!abraços!!!!!!!!

acho q essa musica p/ se explicada tem q se entender primeiro o seu contexto historico e o seu publico alvo. pra quem essa musica foi composta? qual foi essa epoca? qual é a satirização?

A musica fala sobre o grande poder da gringa sobre nois brasileiros isso vem até da nossa cultura,hje em dia saimos na rua e 90% se não for logo 100%usam roupas importadas em qalqer outro país,e depois o renato se refere a mudança em cuspir o lixo em cima deles de volta +depois cai no pessimismo em dizer “GERAÇÃO COCA-COLA”pois em certa parte do livro”COVERSAÇÕES COM RENATO RUSSO”ele fala sobre sua geração com um certo despresso e sem contar q as vezes temos mania de dizer “A VC É IGUAL A COCA-COLA SÓ TEM PRESSÃO”eu acho q é isso by:.

Na época da musica os enlatados eram mais uma novidade america, que estavamos consumindo, já que nós sempre tentamos imitar os americanos e ele diz que os brasileiros irão estudar no sentido de se formar e descobrir como se joga esse jogo também, e iremos brincar com eles como eles brincam conosco. “crianças derrubando reis”,”comedias com as sua leis”

Para interpretar essa música, é necessário saber sobre o seu contexto histórico. A música foi escrita em 1985, e faz alusão a uma época pós ditadura de um Brasil aberto para a globalização. E consequentemente um jovem com imensa necessidade de se expressar. Com a chama da revolução queimando intensamente dentro de si.

acho q a misica diz q sempre consumimos produtos importados e por isso o nome geraçao coca cola

A Legião e suas músicas políticas de bom gosto e com sentido.
Em “Geração Coca-Cola”, Renato Russo e Dado Vila-lobos passam a mensagem que se mantem até hoje, que somos um povo vendido pelos produtos importados.
No 1º parágrafo eles já falam sobre isso, mostrando que nós é que somos os enlatados e não os produtos que consumimos.
Logo depois eles falam o que os jovens nunca fizeram até hoje: “cuspir de volta o lixo”.
Citando em seguida que os jovens eram a revolução, e que iriam fazer isso.
Cantando no final o nome da música “Geração Coca-Cola” satirizando o mesmo, por ser um produto comercial e industrial, americano e um lixo.

Qual é a sua interpretação?

-->