Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!

Eu quero a sorte de um amor tranqüilo
Com sabor de fruta mordida
Nós na batida, no embalo da rede
Matando a sede na saliva

Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia

E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia que a gente não vive
Transformar o tédio em melodia

Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum veneno antimonotonia

E se eu achar a tua fonte escondida
Te alcanço em cheio, o mel e a ferida
E o corpo inteiro como um furacão
Boca, nuca, mão e a tua mente não

Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum remédio que me dê alegria



Qual é a sua interpretação?





*



17 Comentários

Confiança, constância. Vc já sabe o gosto que tem.

A música fala sobre a ilusão que é o amor romântico. Os versos principais são os versos finais das 2ª, 4ª e 6ª estrofes: “E algum trocado pra dar garantia”, “E algum veneno antimonotonia”, “E algum remédio que me dê alegria”. O amor romantico é irreal e tedioso, daí a necessidade de dinheiro, veneno antimonotonia e remédio que dê alegria. A música é ótima, mas não tem nada de romântica.

Eu quero a sorte de um amor tranquilo (um amor sem joguinhos)

Com sabor de fruta mordida (tranquilo, mas com um ar de sexo e sensualidade)

Nós na batida, no embalo da rede, matando a sede na saliva (uma balançada na rede com um beijo de amor, sensual)

Ser teu pão, ser tua comida, todo amor que houver nessa vida (ele quer ser o foco principal dela, suprir todas as suas necessidades)

E algum trocado, pra dar garantia (como também ele quer suprir ela com a própria garantia financeira)

E ser artista no nosso convívio, pelo inferno e céu de todo dia (ser artista também tem atribulações cotidianas)

Pra poesia que a gente não vive (nem tudo na vida do artista é poesia)

Transformar o tédio em melodia (mas ele tenta transformar os problemas, em poesia, pois ele é poeta).

Ser teu pão, ser tua comida, Todo amor que houver nessa vida, E algum veneno antimonotonia (ele quer proporcionar a ela tudo o necessário e algo que a tire do tédio, algo sempre diferente, momentos bons).

TO BE CONTINUED

Já cheguei a pensar na hipótese de o artista falar da sua relação com sua própria arte.

penso que por se tratar de letra do cazuza , o pessoal leva tudo pro lado sexual
a parte final da musica – “se eu achar a tua fonte escondida , te alcanço em cheio o mel e aferida” – não tem nada a ver com sexo , mas sim descreve oo fato de que em um relacionamento que dure um pouco , você passa a conhecer bem a pessoa , o lado oculto dela , descobrindo não só o lado bom (o mel) , como o lado ruim ( ferida)

Eu quero a sorte de um amor tranqüilo
Com sabor de fruta mordida
Nós na batida, no embalo da rede
Matando a sede na saliva.
(ele quer um amor que traga paz a ele,onde eles partilhem tudo, vivendo apenas um do outro)
Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia
(ser tudo que você precisa pra viver todo amor que existir e algum trocado só pra reserva)
E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia que a gente não vive
Transformar o tédio em melodia
(e estar sempre inovando no relacionamento
e estar ao seu lado pra tudo
pro romantismo que quase nem temos fazer de um dia comum um dia especial)
E algum veneno anti-monotonia
(alguma coisa que destrua a mesmice da vida a dois)
E se eu achar a tua fonte escondida
Te alcanço em cheio, o mel e a ferida
E o corpo inteiro como um furacão
Boca, nuca, mão e a tua mente não
(e se eu conseguir decifrar seus sentimentos
te amo e te desprezo ao mesmo tempo,
toco o seu corpo todo mas ñ alcanço tua mente)
E algum remédio que me dê alegria
(e alguma ação da pessoa amada que o faça feliz).

VAMOS ENTENDER..

E se eu achar a tua fonte escondida
Te alcanço em cheio, o mel e a ferida
- DESCREVE UM CENA DE SEXO ONDE A BUSCA É O ORGASMO, O MEL SE REFERE AO PRAZER E A FERIDA A DOR “A DOR PRAZEROZA” NO MOMENTO DO SEXO..

E o corpo inteiro como um furacão
Boca, nuca, mão e a tua mente não
- PERCEBO Q ELE ALCANÇA O CORPO INTEIRO, MAS A MENTE DA 2ª PESSOA ELE NÃO CONSEGUE ALCANÇAR, COMO SE A PESSOA NÃO ASSUMISSE ESSE AMOR, VIVEM EM SEGREDO.

Para mim. ”Com sabor de fruta mordida” Faz alusão a maçã proibida. Como um pecado. (Se tratando de Ney matogrosso) Como praticam o homossexualismo. É um pecado religioso. Ou seja. Morderam a maçã.

Bem minha analise e um pouco diferente, acredito que seja um pouco mais romântica.

“Eu quero a sorte de um amor tranqüilo
Com sabor de fruta mordida
Nós na batida, no embalo da rede
Matando a sede na saliva”
1° O poeta deseja um amor tranqüilo e gostoso , pois sempre algo dos outros ou então nas primeiras mordidas tende a ser melhor. O resto e só uma alusão a algo calmo ( rede ) e gostoso com amor/sexo (beijo).

“Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum trocado pra dar garantia”
2° Ser tudo que o outro precisa e algum dinheiro so para garantir mesmo.

“E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia que a gente não vive
Transformar o tédio em melodia”
3° Para mim ele quer dizer com “ser artista” e enfrentar os problemas do convivo conseguindo muitas vezes fingir sentimentos , seja no inferno (ruim) ou no ceu ( bom ) de todo dia , ou seja quando algo te irritar por exemplo conseguir fingir que esta tudo bem. E ao dizer “para a poesia que a gente nao vive” ele quer falar que nem tudo e lindo e belo com em uma poesia mais pode-se transformar o feio em melodia.

( Vou pular o próximo refrão pois acredito que a interpretação e obvia!)

E se eu achar a tua fonte escondida
Te alcanço em cheio, o mel e a ferida
E o corpo inteiro como um furacão
Boca, nuca, mão e a tua mente não
4° Esse verso significa alem de um orgasmo uma manifestação física , tambem uma sentimental ( ferida!) ele achara nela tudo e descobrira , e assim o corpo a nuca a mão serão objetos d seu alcance e uso , já a mente nao sera do controle dele pois nao se deve tentar controlar a mente daquele que esta com voce.

Bem essa e minha interpretação , espero que gostem pois sou grande fã dessa musica e sempre que a ouço a interpreto assim.
beijos

Eu quero a sorte de um amor tranquilo, com sabor de fruta mordida.
[i]Ele deseja ter a sorte de um amor sem complicações, um amor já acontecido, um amor antigo que talvez houvera caído na rotina e acabado. Ele deseja reatar.[/i]
Nós na batida, no embalo da rede, trocando a sede na saliva.
[i]Com a volta, o amor renasce e eles mantem-se tranquilos demonstrando esse amor.[/i]
Ser teu pão, ser tua comida. Todo amor que houver nesta vida.
[i]Ambos seriam tudo para o outro e amariam-se com todo amor que conseguirem[/i]
E algum trocado pra dar garantia.
[i]Isso sugere que eles se comprometem e provavelmente vivem juntos. E o dinheiro pra garantir que nada falte ao outro[/i]
E ser artista no nosso convívio, pelo inferno e céu de todo dia
[i]Ele faria tudo pra agradar o companheiro/a durante a rotina(inferno) e céu (noite em que eles fazem amor)[/i]
Pra poesia que a gente não vive,
[i]Provavelmente não tem uma vida perfeita, assim como uma poesia que vive em constante busca pela perfeição formal. [/i]
transformar o tédio em melodia.
[i]Transformar os momentos tediosos com ele em momentos maravilhosos e bom de serem lembrados.[/i]
… e algum veneno anti-monotonia
[i]Veneno anti-monotonia para que não caiam no hábito.[/i]
E se eu achar tua fonte escondida te alcanço em cheio o mel e a ferida, e o corpo inteiro como um furacão: boca, nuca, mão e a tua mente não.
[i]Refere-se ao momento do sexo com amor[/i]
… e algum remédio que me dê alegria.
[i]

Minha ex-namorada me escreveu as primeiras frases dessa música quando nos conhecemos: “Eu quero a sorte de um amor tranquilo com sabor de fruta mordida”. Interpretei como todos vcs. Depois de algumas semanas, recebi dela uma proposta indecente, ela queria um relacionamento aberto. Pensei sobre o trecho da música e só então compreendi o que ela quis dizer. “Fruta mordida”: alguém que tem outros compromissos com outras pessoa; “amor traquilo”: sem a chateação do ciúme ou possessividade; “veneno antimonotonia”: sair da mesmice, sair com outras pessoas. É isso aí, eu interpretei errado e me dei mal. Aliás, minha ex não era nada poligâmica, assim como Cazuza tb não. Abraços!

Penso que aqui ele descreve (de forma poética , é claro!) um orgasmo..

.. E se eu achar a tua fonte escondida
Te alcanço em cheio, o mel e a ferida
E o corpo inteiro como um furacão
Boca, nuca, mão e a tua mente não
..

Pelo menos é o que parece…

Frejat ? era o melhor amigo dele.
Tenho uma ‘certeza incerta’ de que essa música é pro Ney Matogrosso.

Penso da mesma forma, porém o artista seria o Ney Matogrosso.

thaís.. eu penso exatamente como você.. mas nunca pensei no Frejat como a pessoa de quem o Cazuza fala.. enfim.. cada um com seu pensamento ^^
ótima análise.

A música todo amor que houver nessa vida descerve cenas e anseios do romance secreto vivido por Cazuza e Frejat…na letra fica implícito o sexo da pessoa.
Por partes:
”Eu quero a sorte de um amor tranqüilo
Com sabor de fruta mordida
Nós na batida, no embalo da rede
Matando a sede na saliva”
…O desejo de amor duradouro,companheiro um amor fesco como se tivesse acabado de começar com o sentimento d demonstrações do afeto a dois, em seguida cenas d os dois juntos na rede beijando-se,praticando amor.

”E ser artista no nosso convívio
Pelo inferno e céu de todo dia
Pra poesia que a gente não vive
Transformar o tédio em melodia”

…Fala do fato d os 2 serem artistas da mesma banda e conviverem juntos pela arte e amor de todo dia(metáfora), e revela que em momentos ”não juntos” surge o tédio e neste possível tédio lembranças de momentos de céu q são as causas maiores de inspiração do compositor.

”Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum veneno antimonotonia”

…Em outras palavras, ser teu tudo tu ser meu tudo tbm!…e juntos não vivermos um cotidiano (monotonia)e sim cada dia um dia novo, diferente.

”Ser teu pão, ser tua comida
Todo amor que houver nessa vida
E algum remédio que me dê alegria”

…Finalizando, tbm d forma implícita ele fala do uso d drogas para uma vida sem monotonia, sem cotidiano…

\o/
Música massa! yeah!

Essa é a música da minha vida.Desde a primeira vez q a ouvi me apaixonei por ela,pois ela fala tudo q sinto e qro.O nosso grande rei Cazuza sabia ir fundo nos sentimentos.Amo e adoro todas suas músicas,sua voz é divina perfeita e essa música em especial é demais…Todo amor q houver nessa vida…Adoruuuuuuuuuuu

Qual é a sua interpretação?

-->