Nao Enche

19 comentários

Caetano Veloso

Me larga, não enche
Você não entende nada
E eu não vou te fazer entender…

Me encara, de frente
É que você nunca quis ver
Não vai querer, nem vai ver
Meu lado, meu jeito
O que eu herdei de minha gente
Eu nunca posso perder
Me larga, não enche
Me deixa viver, me deixa viver
Me deixa viver, me deixa viver…

Cuidado, oxente!
Está no meu querer
Poder fazer você desabar
Do salto, nem tente
Manter as coisas como estão
Porque não dá, não vai dá…

Quadrada! Demente!
A melodia do meu samba
Põe você no lugar
Me larga, não enche
Me deixa cantar, me deixa cantar
Me deixa cantar, me deixa cantar…

Eu vou
Clarificar
A minha voz
Gritando
Nada, mais de nós!
Mando meu bando anunciar
Vou me livrar de você…

Harpia! Aranha!
Sabedoria de rapina
E de enredar, de enredar
Perua! Piranha!
Minha energia é que
Mantém você suspensa no ar
Prá rua! se manda!
Sai do meu sangue
Sanguessuga
Que só sabe sugar
Pirata! Malandra!
Me deixa gozar, me deixa gozar
Me deixa gozar, me deixa gozar…

Vagaba! Vampira!
O velho esquema desmorona
Desta vez prá valer
Tarada! Mesquinha!
Pensa que é a dona
E eu lhe pergunto
Quem lhe deu tanto axé?
À-toa! Vadia!
Começa uma outra história
Aqui na luz deste dia "D"
Na boa, na minha
Eu vou viver dez
Eu vou viver cem
Eu vou vou viver mil
Eu vou viver sem você…(2x)

Eu vou viver sem você
Na luz desse dia "D"
Eu vou viver sem você…


19 comments on “Nao Enche

  1. Juliana disse:

    Acredito que ele tenha feito essa música para a Luana Piovani, depois da briga que tiveram e ela o ofendeu publicamente chamando o de banana (de pijamas).

  2. Guto disse:

    Essa música está presente no Prenda Minha que foi produzido bem antes do Cê. Dificilmente ele escreveu essa musica pra ela.

  3. Carmen Farias disse:

    O que sei é que essa música ele fez pra imprensa.

  4. Carmen Farias disse:

    Irônico isso, mas hoje, estava lendo um pouco sobre a Banda Kid Abelha, e a surpresa: A música “Não Enche”, de Caetano Veloso foi, segundo o cantor, composta como resposta para a personagem maniqueísta de “Como Eu Quero”.

    *Preferia q tivesse sido para a imprensa.. 😛

  5. Isabela disse:

    Pois é, a quantidade de informações gera realmente muitas especulações quanto a real intenção do compositor. Acredito ainda que por tratar-mos de uma composição artística não podemos atribuir um significado deliberado a uma frase, verso, metáfora, enfim. Pode-se extrair infinitas interpretações,normalmente aquelas projetadas por nossas vontades e experiências e é nisso que se consuma o caráter artístico de grandes compositores como Caetano Veloso. Contudo, inegavelmente, no momento da criação existe uma motivação. Muito menos interessante que se fosse para a imprensa, li recentemente em uma entrevista à Folha, que Caetano, através dessa letra permite sim, um acesso à sua intimidade através da letra de “Não Enche”. Primeiramente ele afirma que escreveu a letra às mulheres que prendeem demais aos homens e portanto era direcionada a Paula Lavigne, sua mulher na época.

  6. Luiz Henrique disse:

    Caros amigos… Acreditar que esta birlhante música seria uma simples crítica a uma mulher real, ou pior ainda, uma resposta a musica do Kid Abelha, é querer desfazer do talento, capacidade criativa e mentalidade combativa de um grande artista como caetano Veloso, principalmente no contexto político vivido na época.
    Àquela época criava-se uma tendencia a valorização das músicas sem conteúdo crítico/político, por exemplo, movimento da jovem guarda, que ia na contra-mão de cíticos como caetano veloso. As graadoras e a crítica passam a cobrar uma mudança de estilo musical, para que esta fique agradável aos olhos dos dominantes. O que digo fica claro em trechos como “o que eu herdei d eminha gente eu nunca posso perder”, Cuidado, oxente!Está no meu querer Poder fazer você desabar Do salto, nem tente Manter as coisas como estão Porque não dá”. O que sera a “sabedoria de rapina de enredar”? Se refere a arte de fingir=enredar=inventar, e rapina devido a maldade. Veja como ele se refere a quem quer se aproveitar dele: Rapina, piranha, quadrada, demente, VAMPIRA (sugadora de energia), mesquinha, Vadia, piranha (quer lhe roer a carne).
    Desta forma é que vejo esta brilahnte música.
    Abraços a todos

  7. Leandro disse:

    Não considero um desmerito que a música tenha sido composta para mulheres reais ou imprensa. O talento está na forma de se expressar sobre os diversos assuntos. Não podemos considerar que todas as canções de Caetano ou de Chico refiram-se a ditadura militar, até pq nenhum dos dois tem uma criatividade limitada. A canção é de 1998, será que ainda estaria referindo-se a este período da história do Brasil? Embora a letra tenha sintonia com esta época, acredito que não.

  8. ton disse:

    Acredito que toda musica tem o seu sentido fundamental no intimo de quem a aprecia. Qualquer inspiração que o autor possa utilizar não tem significado fechado nem para ele próprio. Portanto, a musica vem como um instrumento/fonte pelo qual podemos dar sentido as nossas vivencias. Assim cada um interpreta da forma que pode/quer.
    Me deixa cantar, me deixa cantar
    Me deixa cantar, me deixa cantar…

  9. Léo disse:

    Concordo Com a Isabela, foi pra Paula Lavigne sim, sua mesposa e empresária à época.
    “…Vagaba! Vampira!
    O velho esquema desmorona
    Desta vez prá valer
    Tarada! Mesquinha!
    Pensa que é a dona
    E eu lhe pergunto
    Quem lhe deu tanto axé?”

    “Minha energia é que
    Mantém você suspensa no ar”

  10. Carolina disse:

    O próprio Caetano disse que a música fora feita para a imprensa, sobre a relação que Caetano tem com ela.

  11. valquiria carvalho disse:

    Claro que a letra de Caetano tem um cunho politico social, acreditar que a letra se refere as mulheres significa ter um olhar muito superficial desta arte.

  12. André Augusto disse:

    “não enche” é uma resposta para “como eu quero” do Kid Abelha, sim!!!
    o próprio caetano falou isso.
    a personagem de “como eu quero” é uma mulher manipuladora, ditadora que acabou “enchendo” o saco do Caetano, que acabou por mandá-la pra pqp.

  13. Mau Mau disse:

    Por conta de um TCC, consegui uma entrevista com Cae via colegas do Bar do Jeca (Ipiranga x São João/SP), o qual me disse que essa música tem a ver com a declaração que Sonia Braga fez no Programa do Jô dizendo que ele, Cae, era fruta, Tigresas à parte!

  14. Roseli Martins disse:

    Na minha opinião, esta música retrata as pessoas de péssimo caráter e vulgares, ou seja, pessoas vadias mesmo, que apenas desejam atrapalhar a vida alheia. Maravilhoso retrato da aversão a esse tipo de gente.

  15. Marcos disse:

    Boa tarde!

    Como é bom ouvir Caetano caetanear!!!Grande arquiteto das frases, usa e abusa das palavras sem deixar disfarce do seu real pensamento e faz com que mesmo óbvias as letras causem dezenas de interpretações diferentes, e todas com objetividade e com algum significado, simplesmente SENSACIONAL!!

    Sempre tolos comparam seu trabalho com o de Chico Buarque, diferentes estilos, diferentes carreiras e diferentes ideias…separados somente gênios, juntos indescritíveis!

    Vida longa a Caetano!

  16. Gael disse:

    Pra mim, fã de caetano, “não enche”, se foi escrita, para uma mulher, atriz, imprensa, ou pra quem quer que seja, não importa. É realmente uma letra emblemática, adoro ouvir tal música, tanto na voz de Caetano Veloso ou na voz da diva mor Maria Bethania. LETRA E MÚSICA NOTA 10 DEZ!

  17. Giovanni disse:

    Não sei a intenção do Caetano, mas a música se encaixa perfeitamente se o alvo for a ditadura. Além de ser muito interessante.

  18. Márcio disse:

    Eu acho que é pra globo… Plim plim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *