Tanto (I Want You)

Skank

45 comentários

Coveiros gemem tristes ais
E realejos ancestrais juram que
Eu não devia mais querer você
Os sinos e os clarins rachados
Zombando tão desafinados
Querem,eu sei,mas é pecado
Eu te perder

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

Políticos embriagados
Dançando em guetos arruinados
E os profetas desacordados
A te ouvir
Eu sei que eles vem tomar meu
Drinque em meu copo a trincar
E me pedir pra te deixar partir

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

Todos meus pais querem me dar
Amor que há tempos não está lá
E suas filhas vão me deixar
Por isso não me preocupar
Eu voltei pra minha sina
Contei pra uma menina
Meu medo só termina estando ali
Ela é suave assim
E sabe quase tudo de mim
Ela sabe onde eu
Queria estar enfim

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto

Mas seu dândi vai
De paletó chinês
Falou comigo mais de uma vez
Não, eu sei, não fui muito cortês
Com ele,não
Isso, porque ele mentiu, porque
Te ganhou e partiu
Porque o tempo consentiu
Ou se não porque

É tanto, é tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto
É tanto
Se ao menos você soubesse
Te quero tanto




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

45 comentários para a letra “Tanto (I Want You)

  1. Monique disse:

    Olá, eu adoro essa musica do Bob Dylan e gostaria muuuito que alguem me ajudasse entende-la, um pouco. Obrigado. T+

    • Carlos disse:

      A música trata do triste duelo entre a morte e a vida, entre ganhar e perder.
      Passa-se em um local fúnebre, provavelmente em uma capela ou em um cemitério, onde a amada estava sendo velada. Era como se os coveiros estivessem ali com pesar e como se a música, os sinos e os clarins estivessem zombando da dor do protagonista. Como se tudo fosse tão real, mas ao mesmo tempo inacreditável, algo inaceitável diante do amor que ele sentia pela amada, por isso fala-se “Querem, eu sei, mas é pecado eu te perder”.
      Quando se diz “É tanto, é tanto”, acredito que o protagonista esteja se referindo a intensidade dos momentos que estava passado, na intensidade dos sentimentos vividos por ele naqueles instantes. Ao dizer “Se ao menos você soubesse[…] Te quero tanto”, ele se declara a amada como se não tivesse tido a oportunidade enquanto ela ainda estava em vida.
      “Políticos embriagados, dançando em guetos arruinados”, faz referência aos políticos, que mesmo com a população faminta, sem estruturas, estão felizes enquanto uma pessoa de boa índole estava morta e outras não tão boas viviam e brincavam com a vida. Quando na música diz “E os profetas desacordados a te ouvir”, pode ser que seja uma analogia às estátuas, anjos, ou santos, que geralmente são encontrados em cemitérios, igrejas e capelas, que possam de alguma forma estar ouvindo a amada.
      Em “Eu sei que eles vem tomar meu drinque em meu copo a trincar e me pedir pra te deixar partir” é como se aqueles profetas fossem ao encontro do protagonista e de forma lírica dessem algum tipo de conforto a ele.
      Na parte em que se diz “Todos meus pais querem me dar amor que há tempos não está lá e suas filhas vão me deixar, por isso não me preocupar” trata-se talvez de um desentendimento ou algum tipo de atrito que ele tenha tido com a família a respeito da amada e por isso ele não teria que se preocupar, a final para ele só a amada teria importância, nem mesmo a vida dele teria algum valor, já que ela não estava lá.
      “Eu voltei pra minha sina, contei para uma menina, meu medo só termina estando ali. Ela é suave assim e sabe quase tudo de mim, ela sabe onde eu queria estar em fim” trata-se de uma amiga, que o protagonista tinha como um porto seguro e que entendia o sofrimento dele.
      Na ultima estrofe da música, “Mas seu dândi vai de palito chinês, falou comigo mais de uma vez. Não, eu sei, não fui muito cortes com ele não. Isso porque ele mentiu, porque te enganou e partiu, porque o tempo consentiu ou senão porque”, dá a entender que o “dandi” seria o parceiro de sua amada em vida, formando assim um triangulo amoroso. Parceiro este que a roubou e a traiu, abandonando-a, deixando subentendido se esse seria o motivo real da morte de sua amada. O protagonista, claro, não satisfeito com a situação que o suposto traidor teria deixado sua amada, não foi cortês, e partiu para uma discussão.
      Bob Dylan compôs a música “I Want You”, Samuel Rosa e Chico Amaral, em pareceria, fizeram uma versão da música, conhecida como “Tanto”, que faz muito sucesso nos shows da banda Skank, liderada por Samuel Rosa (voz, guitarra e violão), Lelo Zanetti (baixo e vocais), Henrique Portugal (teclados, violão, guitarra rítmica em ‘A Cerca’, no DVD) e Haroldo Ferretti (bateria).

      Por Mariana Bomtempo

      “Tanto” – Skank

  2. Juliana disse:

    Olha, na verdade eu também entrei para ver se tinha já algum comentário justamente porque gosto também da música, mas a letra me intriga um pouco. Na ideia geral, acredito que seja aquele tipo de amor que, sabidamente não trará felicidade. Todos ao redor tentam alertar o eu lírico, que insiste em querer a amada. O que você acha?

    • Eliana disse:

      essa musica muito linda mesmo, acho que é uma pessoa que é muito apaixonada pela a outra mas estão distantes e essa distancia não deixa eles viver esse amor…

  3. Jéssica disse:

    olha,eu ADORO essa musica, e estou ouvindo ela nesse momento! rs.. entaao, eu acho que fala de um “casal” que se amam muito, mais vive um tipo de amor impossivel, sabe aqueles amores que sempre tem alguem pra atrapalhar, igual em novela e filme?! entaao.. é mais ou menos isso, é um amor verdadeiro, mais ta sendo impossivel de vive-lo! estou passando por uma situaçao parecidissima no momento, por isso to ouvindo a musica bastante! Beeijos 🙂

  4. Isadora disse:

    Sabe aquele amor não correspondido mas que insite em ser sem por quê? Ou simplismente porque ele a ama tanto e isso não tem motivo pra existir. Não existe uma forma de abandonar isso o que o eu-lírico sente, nenhuma forma de amor é capaz de substituir isso, “Todos meus pais querem me dar, amor que há tempos não está lá”. E mesmo ela não sentindo o mesmo. E mesmo sua amada estando envolvida com outro ou um dia foi envolvida com outro, o “Dândi”, que é o “cavalheiro” que a teve, a possuiu, mesmo assim ele não desiste desse sentimento, “Eu voltei pra minha sina”. Talvez o amor platônico que ali exista seja em decorrêcia do tempo “Porque o tempo consentiu”, não dá pra saber ao certo (Afinal existem um número infinito de casos assim), mas o que ele sente é por alguém próximo, que até pode saber o que o eu-lírico sente, “E sabe quase tudo de mim, ela sabe onde eu queria estar enfim”, mas tudo indica que não sinta o mesmo ou então não pode corresponder a esse amor. E é por isso que ele quase suplica, se ao menos ela soubesse o QUANTO que ele a quer.

    Eu não falei que existem muitos casos assim? Pensem nos casos que podem se encaixar aí.. O amor que sente por uma amiga, que não sente o mesmo, o amor de primos, o amor de irmãos apaixonados kkk, o amor entre amantes que um sente e o outro não PODE sentir por ser comprometido, o amor platônico entre uma pessoa mais nova e uma mais velha… bom gente acho que todos que possuem um amor não correspondido podem se encaixar de uma forma ou de outra aqui na letra de Bob Dylan.

    • Sara disse:

      Carambaa! Amei a sua explicação pois eu Passei por uma experiência bem parecida e amo esta música!

    • Juliana disse:

      Meu namorado antes de partir me fez ouvir essa música. Entendi que ele iria me perder, mesmo sabendo da sua partida ele queria que eu soubesse o quanto ele queria ficar comigo. Hoje faz um ano que ele compartilhou essa música no meu Facebook. Tô chorando horrores…

    • Dani disse:

      Existe sim ….no qual a menina é apaixonada pela garoto timido que mesmo assim à fez se apaixonar por ele ( amigo)..mais infelismente ela é comprometida. Mais tentou falar a verdade para o amigo, no qual foi rude, pois sabia que ela era comprometida mais amava ele, assim ela tentou esquecelo sabendo que o amava …ele sabe …pois ele tambem senti o mesmo por ela …porisso ele quer tanto mais nao pode tela.
      Um amor piro e verdadeiro

  5. Elaine disse:

    Penso que é mais uma música de cunho político de Dylan. Ela é tudo menos uma música romantica.

  6. renan disse:

    oh elaine vc é maluca é a musica é romantica sua acefala!!!!!!

  7. Vanessa disse:

    A musica relata um momento de negação dele ao ver alguem (pessoa amada) morrer…
    ele fala de coveiros e clarins e profetas…diz que ele nao deveria a amar mais, mas não consegue e nao se conforma por não estar mais com ela.
    “e me pedir pra te deixar partir”

  8. A música fala basicamente em uma pessoa que não tem a amada ao seu lado e está não desiste dela, mesmo com todos e tudo conspirando para que esse amor deles dê errado, mas ele não desiste

  9. Ane disse:

    Concordo com comentário de Danilo,
    mas a música também pode ser interpretada
    diante de um amor impossível (seja a morte, pelo fato do mútuo comprometimento das partes com outras pessoas, seja pela idade, sexo, distancia, rejeição de uma parte, etc..)

  10. dorothy disse:

    Possivelmente a relação dele com as drogas.

  11. Essa música fala sobre uma menina que ele amava, e

  12. Na minha visão,
    Essa música fala sobre o amor de um homem por uma menina que agora está morta.
    Provavelmente, ele amava essa menina, mas ela preferiu a outro, que era de certo cunho aquisitivo superior (Mas este não a amou, somente a conquistou, a roubou do rapaz que a amava, e depois a abandonou).
    O Apaixonado se enamorou de outra garota, uma vez que seu amor fora para outro alguém.
    A letra dessa música se passa sobre o o túmulo ou no velório dessa moça. Ele querendo dizer que a queria muito, enquanto as pessoas queriam levar a sua amada embora, e ele querendo ficar junto dela.
    E ainda por cima, vem o rapaz que conquistou a garota e a largou querer conversar com ele.
    Ao fim de tudo, ele amou uma garota mas não pode ficar ao seu lado!

    • Sara disse:

      Parabéns pelo comentário! É exatamente isto!

    • Juliana disse:

      Meu namorado antes de partir me fez ouvir essa música. Entendi que ele iria me perder, mesmo sabendo da sua partida ele queria que eu soubesse o quanto ele queria ficar comigo. Hoje faz um ano que ele compartilhou essa música no meu Facebook. Tô chorando horrores…

  13. Vanessa Gomes disse:

    Não adianta comparar essa letra com a do Dylan, é um versão romantica (que é o estilo do Skank) de uma musica polita (estilo do Dylan).

  14. Caroline F Santos disse:

    O comentário Carlos Brenno Flores Corrêa explica exatamente o que estava no coração Bob, nessa música.

  15. natalia gomes disse:

    quando eu ouço essa musica sempre me vem um amor imposssivel mesmo ,eu gostei da opimião do pessoal sobre a menina morta ,mais eu sempre tive um versão mais novela mexicana
    bom no começo eu sempre tive a sensação de desespero como se ele tivesse correndo pela rua totalmente bebado e perdido e eu reparei tbm que no começo a musica fala muito de ansestais ,sinos representando igreja como se o que impedizem eles fosse algun a ve com religião deus ,como insesto por exemplo talves eles estivessem namorando e ele descobriu que eles são irmãos por que a musica diz em certa forma que ele não poder mais te ela mais como se ele fosse obrigado a esquece ela muito rapidamente , e quando ele fala dos politicos ,os profetas as pessoas falando par ele deixa ela parti talves ele esteja falando da consiencia dele por que ele tem que deixa ela pois e pecado ,mais o coração dele não que ele ta sofrendo, mais ele deixa ela ,mais não conto o motivo a verdade ai vem o refrao (tanto, é tanto
    Se ao menos você soubesse
    Te quero tanto)que dizer que ela não sabe o motivo que ele termino com ela (e conserteza ela acha que ele não gosta mais dela)e ele queria dizer a verdade que ele termino por que não porde fica com ela mais que ele ama muito ela.
    e a parti da musica que fala dois pais (Todos meus pais querem me dar
    Amor que há tempos não está lá)que dizer que os pais dele que consola ele ou perdi perdão pra ele mais agora não adianta mais a besteira ja ta feita e os pais dele que dize que o tempo vai faze ele esquece a i vem a parti(E suas filhas vão me deixar
    Por isso não me preocupar)nessa parte pode esta falando da menina talves ela tenha tentado volta pra ele e o pai ou a mãe ´´um deles e e dela tbm mais não sei qual” tenha falado isso que uma hora ela ia esquece e sequi em frente e foi o que aconteceu o tempo passo ele arranja outra pessoa que saiba da historia e que ele ama outra ,mais aceita ele assim mesmo e a outra menina tbm se casa com outro o que causa quande sofrimento pra ele ,talves o tãl de danti tenha sido amigo dele antes e soubesse da historia toda e tenha se aproveitado pra fica com ela por isso tanta raiva que do começo e do tal de danti (Isso, porque ele mentiu, porque
    Te ganhou e partiu)mais depois ele ve que o cara não tem culpa(Porque o tempo consentiu
    Ou se não porque)e percebe que se não fosse o danti seria outro por que o tempo n ia deixa ele te mais ela .

    viajei legal mais gostei fico bonitinho ´´moral da musica qualquer amor impossivel que vc imaginar vai se encaixa nela ´´

  16. Vânia disse:

    Bom eu fiquei com medo e achie até um pouco pesado falarem que a menina está morta.Para essa letra é um pouco confusa!!!
    gosto da parte:eu voltei pra minha sina’me´da a imprensão de que ele voltou para a garota que ele provalvelmente brigou e por ela ter desconfiado do amor dele por ella diz esse refrão!
    não entendo o resto da letra principalmente o final,mas seria legal se fosse tema de algum casal apaixonado de novela mais com a história do casal tendo ligaçaõ com a letra
    Amei o site e já está nos meus favoritos

  17. MARINHA disse:

    Olá! 😀

    Eu penso, que no início ele se refere aos coveiros, realejos ancestrais, sinos, clarins, etc. querendo mostrar realmente esse lado da VIDA x MORTE, mas não nesse contexto tão superficial… ele mostra como se ele tivesse morrido dentro dela, e ela estivesse em plena vida dentro dele… pois ele ainda a deseja, ele a quer, de uma forma, ou outra!

    # ”Coveiros gemem tristes ais, e realejos ancestrais -> juram que eu não devia mais querer você. <-'' Mesmo tudo mostrando-o o inverso, ele INSISTE em querer a amada.

    # ''Os sinos e os clarins rachados, zombando tão desafinados, Querem: eu sei, mas é pecado eu te perder!'' Nessa parte, mostra que todos preferem os dois separados, e ele sabe, mas é impossível ele perder ela, de dentro dele.

    E então mostra a intensidade que ele a quer, e que, queria mais ainda que ela só soubesse disso, para não haver aquela dúvida, aquela indecisão…
    # ''É tanto,é tanto, se ao menos você soubesse: Te quero tanto!!''

    E então mostra como tá tudo fora do lugar, MESMO QUE o lugar que se vê é esse, mostra o erro:
    # ''Políticos embriagados, dançando em guetos arruinados. ''
    # E os profetas desacordados a te ouvir!
    Os profetas perdem o sono, ou seja, perdem a necessidade de dormir, para ouvir a amada, eles querem a decifrar.

    # Eu sei que eles vem tomar, meu drinque em meu copo a trincar, e me pedir pra te deixar partir.
    (Ele sabe que é loucura a querer tanto, que é quase que impossível tê-la, ele percebe que todos desejam tirar esse sentimento dele; O copo dele está a trincar, ou seja, sua vida tá desandando, a vida dele tá perdendo o sentido… E então, o apelo pra que ele volte a vida!

    # Todos meus pais querem me dar, amor que há tempos não está lá, e suas filhas vão me deixar, por isso não me preocupar…
    TODOS meus pais, ou sejam, todos aqueles que gostam muito dele, querem o ver bem, vem o dar amor, amor este que há muito tempo não sente, não consegue sentir…
    E o descrever sobre as filhas, penso que seja o CULTIVO DO AMOR dos amados(eu lírico e amada), um dia, por não cultivá-lo, vão se esvair, tudo acabará)

    # Eu voltei pra minha sina, contei pra uma menina, meu medo só termina estando ali… ela é suave assim, e sabe quase tudo de mim, ela sabe onde eu queria estar enfim…''
    Ele voltou pra sua SINA: Voltou onde NO FUNDO, todos nós estamos: em busca de alguém (qualquer alguém: amor, amizade, colo familiar). Pelo que parece, para essa menina ele contou, e ele gosta muito de estar e conversar com ela, porém, no fim mostra que ela sabe onde ele queria estar, no final… ou seja? COM A AMADA, inesquecível amada.)

    ## Agora, observe o GRANDE FIM: ANALISEM SEM SER SUPERFICIALMENTE…

    # ''Mas seu dândi vai de paletó chinês, falou comigo mais de uma vez. Não, eu sei, não fui muito cortês com ele,não. Isso, porque ele mentiu, porque te ganhou e partiu… Porque o tempo consentiu?! Ou se não porque?? ''

    Dândi é aquele homem vaidoso, estético. Ele é o cavalheiro perfeito, é um homem que escolhe viver a vida de maneira leviana e superficial. Como uma máscara, FINGE SER QUEM NÃO É, finge ser o que não sente!
    LOGO GALERINHA… Mostra que ele chegou a pensar em ser assim, MAIS DE UMA VEZ! Porém não foi muito cortês a isso, não foi coadjuvante. ''ISSO PORQUE ELE MENTIU'', ou seja, ele faria o eu lírico ser de mentira, como um ovo: ''forte por fora, mas que num leve choque: quebra e derrama seu interior.''

    Agora a parte do ''te ganhou e partiu'': mostra que ela tentou viver dessa forma, por um tempo, talvez na época do rompimento do casal. E o que consentiu isso? O TEMPO? ou PORQUE? Porque ela viveu assim???
    Por fim termina com essa dúvida, do porque realmente tudo se findou! Tudo se esvaiu em alguns acontecimentos??? É no fundo o que nós todos nos questionamos: onde acabou a admiração? :/ O carinho? O amor? Ou ele é tão forte que não se acabou? Só congelou? Oo

    ''É tanto, é tanto
    Se ao menos você soubesse
    Te quero tanto
    É tanto
    Se ao menos você soubesse
    Te quero tanto '' (8)

    Acho que é isso, 🙂
    Boa noite pensantes, e ao não pensantes: pensem!! ;D

  18. Ana disse:

    Olá! Achei o site muito legal!
    Quanto a letra da música…Achei muito interessante ver as várias interpretações. Então ai vai a minha…
    No começo da a impressão de que até os mortos diriam algo ”deixa ela”, porém ele faz ao contrário.
    O resto da música continua a dizer várias pessoas que diz para esquece-lá. Afinal e;la já foi embora com outro cara.
    Resumindo parece que a menina e ele eram mais amigos e ele gostava dela, mas ela ficou com outro.

  19. Francesca disse:

    Fiquei encantada com a leitura(interpretação) feita por MARINHA, em 26 de setembro de 2011. Belíssimo estudo da letra/poesia. Quando ouvi essa canção fiquei apaixonada, mas achei diferente(aliás, muitas coisas do Skank são mágicas). É mais um motivo para eu gostar ‘TANTO’ do Skank. 😉 Beijos e continue pensando…

  20. Izabelle disse:

    É uma música com uma letra encantadora e acredito que de dificil interpretação. O pouco que percebo dela é que ela conta a historia de um rapaz que gosta muito de uma moça, e que a historia é cantada de tras para frente, ou seja, ela começa com o sofrimento dele no momento em que ela é enterrada, “Coveiros gemem tristes ais” (coveiros choram, até que ponto esse coveiro não é ele que tem que enterra-la e que no momento chora), “E realejos ancestrais juram que Eu não devia mais querer você” (presenças de pessoas desencarnadas que veem busca-la e que ao mesmo tempo tentam mostrar que ela ja nao pertence mais a ele.”Os sinos e os clarins rachados Zombando tão desafinados” (o realejo dessas pessoas desencarnadas com seus sinos e clarins para ele não soa tão bonito, soa desafinado, claro, ele não quer perde-la,seria um pecado).

    No segundo paragrafo ele mostra o momento , eu acho em que ela esta quase partindo, e o autor inicia falando de “Políticos embriagados Dançando em guetos arruinados” (pessoas que estao nesta vida pagando por erros de outras vidas, para isso usa a metafora de politicos embriagado e dançando em um gueto arruinado) “e os profetas desarcordados a te ouvir” (sao pessoas desencarnadas que estao assistindo tudo). “Eu sei que ELES vem tomar meu Drinque em meu copo a trincar E me pedir pra te deixar partir” (o autor se refere ELES aos desencarnados que vem buscar a moça e que estes tentam mostrar que ele deve deixa-la partir, morrer).

    No terceiro paragrafo me parece que a sua familia nao aceita esse amor que ele sente por ela, mas ele nao se importa e vai atras dela.

    No quarto paragrafo eu nao entendo quase nada, mas me parece que ele e a moça estavam afastados por que a vida os levou por este caminho, talvez o momento nao fosse aquele “Porque o tempo consentiu Ou se não porque” . “Mas seu dândi vai
    De paletó chinês Falou comigo mais de uma vez
    Não, eu sei, não fui muito cortês” ( pode ter sido o destino que os tenha deixado longe ou ate mesmo por conta dele que no momento, como a nossa colega marinha disse, ele estava vivendo superficialmente, o dandi de paleto chines é ele mesmo como a Marinha falou. E eu vejo que faltou maturidade para ele perceber o quanto ela era importante para ele.

  21. R disse:

    A letra fala de vida e morte de fato, tirando isso é bem ambigua.
    A musica fala de quando ele perdeu a amada, tanto que busca sessões ou algo espiritual, tanto que fala de profetas e o copo a trincar alem de deixar ela partir.
    Ele fala que muitos tentaram arranjar compromisso empurrando mulheres mas ele não ama, mesmo assim está com uma.
    Não acredito que o Dandi seja ele mesmo, já que cita com um sentimento carregado, nesse trecho ele encontra o dandi no funeral.
    Esse trecho:
    “Porque o tempo consentiu
    Ou se não porque”
    ele não consegue falar ou se não porque você morreu, uma parte emocionante da musica

  22. Rodrigo disse:

    É preciso lembrar que esta letra é apenas um trabalho de tradução que visa manter a musicalidade melódica da letra original (Bob Dylan – I Want You). O correto seria interpretar a letra original. Vocês verão muitas semelhanças, mas o sentido é alterado em nome da musicalidade entre letra e melodia.

    http://letras.terra.com.br/bob-dylan/11930/traducao.html

  23. Katygobbo disse:

    A musica tanto fala da tão esperada democracia. E que através da democracia o ser humano se iguala. Só que conseguimos a democracia e a igualdade não foi alcançada. Os ideários democráticos são um dândi.

  24. Rafael disse:

    Adorei a compreensão da música pela Izabelle!!!
    Parece-me a mais correta!!!

  25. Emerson Lara disse:

    Eu acho que o Bob Dylan foi pra Ouro Preto e tomou um chá de santo daime e escreveu essa canção.

  26. Hamilton disse:

    A interpretação da Marinha e a mais correta! E parece que a Isabelle tomou algum líquido alucinógeno pra interpretar essa música kkkkkk

  27. Alessandra disse:

    Talvez ele está num sepultamento e enquanto alguém é enterrado, ele fica pensando na garota que ele gosta, mas que não é correspondido.
    “Eu voltei para minha sina…” Voltou para uma garota que gosta dele, mas que ele não a ama e ela sabe disso ( ” ela sabe onde eu queria estar enfim…”)Apenas a descrição de um amor platônico.

  28. Manoela disse:

    Acho que ele fala do amor, mas não de um amor específico por alguém e sim da problematica do amor, da dificuldade de amar.
    (Quem é suave a sina ou a menina?) Ele conta algo a menina e narra no texto da música a dificuldaDe de amar, a superficialidade.
    Bom, compreendo desta forma!!!!

  29. Alicia Kubitschek disse:

    Tentar interpretar uma música adaptada não faz muito sentido. Veja a música original do Bob Dylan e tentei entender por lá. http://www.vagalume.com.br/bob-dylan/i-want-you-traducao.html

  30. Rapha disse:

    Gente, essa é uma versão do Skank pra música do Bob Dylan. Ele (Dylan) compôs a mesma pra uma namorada que morreu. Tendo isso em mente fica mais fácil analisar. Muita gente chegou bem perto mas muita gente errou feio.

  31. Amanda Raposo disse:

    Fiquei impressionada com o comentário da Izabelle, porque ela interpretou a música exatamente como eu faria.

  32. Aldo M. disse:

    Engraçado, no título tá escrito “Tanto (I want you) Skank e muitos aqui estão falando do Bob Dylan. Como o título e a letra indicam o que tem que ser analisado é a versão do Skank, que é ótima por sinal, e não a original do Dylan. E a versão não é apenas um “trabalho de tradução”. Não dá pra traduzir letra de música com as mesmas palavras, rimas e metrica. O que o autor da letra fez foi uma uma transposição da letra em inglês para a música em português. E isso muitas vezes pode dar pra música um sentido diferente do original. música.

  33. Renata disse:

    Na primeira estrofe ele descreve um cenário funebre, tal qual um velório, porém não é um velório de fato e sim a sensação que ele experimenta (como ele se sente) ao perder a amada para outro. A dor da perda é como uma morte, um luto, um funeral. E toda a situação diz para ele que não tem mais jeito (Eu não devia mais querer você), mas ele ainda a ama.

    I) “Coveiros gemem tristes ais
    E realejos ancestrais juram que
    Eu não devia mais querer você
    Os sinos e os clarins rachados
    Zombando tão desafinados
    Querem,eu sei,mas é pecado
    Eu te perder”

    Na segunda estrofe ele se lamenta por não ter se declarado a amada, talvez se ela soubesse que ele a amava ela não estaria com outro e ele teria uma oportunidade. Talvez ele era próximo da amada, porém nutria um amor platônico e era tanto, tanto amor que pena que ela não soube.

    II) “É tanto, é tanto
    Se ao menos você soubesse
    Te quero tanto”

    Na terceira estrofe ele se encontra em uma boate ou bar, ou seja, um lugar onde há bebidas e pessoas. Ele recorre a bebida para afogar a dor da perda. Quando ele se refere a ‘políticos embreagados’ ele faz referêcia a outros homens no local que estão bebados e nesse caso a palavra ‘político’ é relativo a pessoa que fala de forma ‘política’, ou seja, procurando escolher as palavras, parecer diplomática, amenizar a situação. ‘Guetos arruinados’ demonstra a natureza precária do lugar ou situação deprimente dos que estão lá. Profetas desacordados são aqueles que devido a bebedeira já estão adormecidos enquanto os outros falam e dançam. E enquanto bebem no copo do cara dão conselhos a ele para deixar a amada partir com o outro, deixar pra lá, esquece-la.

    III) “Políticos embriagados
    Dançando em guetos arruinados
    E os profetas desacordados
    A te ouvir
    Eu sei que eles vem tomar meu
    Drinque em meu copo a trincar
    E me pedir pra te deixar partir”

    *(Quarta estrofe é a repetição da segunda)

    Na quinta estrofe ele se refere a ‘TODOS os meus pais’ como se quizesse dizer que as pessoas em geral se comportam como ‘pais’ tentando arranjar-lhes pretendentes. Subjetivamente dando a entender que possam apresentar-lhes até suas filhas para ele, mas como não há amor elas acabam por abandona-lo e como ele sabe que não tem amor (por parte delas ou por parte dele, que na verdade gosta de outra) então ele nem se preocupa com o fato desses relacionamentos não darem certo e elas o abandonarem. Então ele acaba por voltar a sina dele que é a solidão e a paixão que ele tem reprimida pela amada, ele chega a contar a uma menina, menina essa a qual parece nutrir uma amizade e afeição, na estrofe ele deixa claro as qualidades dela e diz que ele se sente bem com ela. Ele contou para ele que ama alguém e como ele se sente mas não contou tudo (E sabe quase tudo de mim), mas creio que ela desconfia que ele a queira, pois ‘ela sabe onde ele queria estar enfim’. Podemos entender que essa amiga seja a amada dele.

    V) “Todos meus pais querem me dar
    Amor que há tempos não está lá
    E suas filhas vão me deixar
    Por isso não me preocupar
    Eu voltei pra minha sina
    Contei pra uma menina
    Meu medo só termina estando ali
    Ela é suave assim
    E sabe quase tudo de mim
    Ela sabe onde eu
    Queria estar enfim”

    *(Sexta estrofe é a repetição da segunda)

    A sétima estrofe inteira ele faz referência ao rival dele, que está com a moça que ele ama. Quando ele diz ‘seu dândi’ a palavra ‘seu’ signica o teu (da moça) e ‘dândi’ é uma palavra utilizada para designar homem vaidoso, elegante, que dá muita importância a aparência, nesse trecho provavelmente ele fala de forma despeitada se referindo ao rival. O rival falou com ele, porém ele não foi recíproco tratando-o de forma descortês, talvez motivado por ciúmes. Sim, por ciúmes e ele justifica nas frases abaixo dizendo que o tratou assim porque o rival conquistou a moça, a levou e a raiva pode se dar também pelo fato de o cara ter mentido pra ele, talvez tenha se feito de amigo dizendo que não tinha interesse na moça e acabou roubando-a dele.

    VII) Mas seu dândi vai
    De paletó chinês
    Falou comigo mais de uma vez
    Não, eu sei, não fui muito cortês
    Com ele,não
    Isso, porque ele mentiu, porque
    Te ganhou e partiu
    Porque o tempo consentiu
    Ou se não porque”

    *(Oitava estrofe é a repetição da segunda)

  34. Mateus disse:

    Na minha opinião, essa música fala unica e exclusivamente de Minas Gerais.

    A letra da a entender que a referencia é uma menina, quanto na verdade a menina seria Minas.

  35. Norbz disse:

    Música muito linda, adorei as várias interpretações e acho que a beleza da arte está justamente ai, nos vários pontos de vista.. tenho ctz que no fundo todos temos um entendimento particular que escolhemos para acrescentar coisas boas ou ensinamentos para nossa própria vida, parabéns a todos.