Acreditar

Acreditar… eu não
Recomeçar… jamais
A vida foi … em frente
Você simplesmente não viu que ficou … pra trás

Não sei, se você me enganou
Pois quando você tropecou
Não viu o tempo que passou
Não viu que ele me carregava
E a saudade lhe entregava
O aval da imensa dor
E eu que agora moro nos braços da paz
Ignoro o passado que hoje você me traz

E eu que agora moro nos braços da paz
Ignoro o passado que hoje você me traz.