Marcelo Nova, Raul Seixas

Pastor João e a Igreja Invisível

Eu não sei se é o céu ou o inferno
Qual dos dois você vai ter que encarar
E foi pra não lhe deixar no horror
Que eu vim para lhe acalmar

Se o pecado anda sempre ao seu lado
E o demônio vive a lhe tentar
Chegou a luz no fim do seu túnel, minha filha
O meu cajado vai lhe purificar

Pois eu transformo água em vinho,
Chão em céu, pau em pedra, cuspe em mel
Pra mim não existe impossível
Pastor João e a igreja invisível (4x)

Para os pobres e deseperados
E todas as almas sem lar
Vendo barato a minha nova água benta
Três prestações, qualquer um pode pagar

O sucesso da minha existência
Está ligado ao exercício da fé
Pois se ela remove montanhas
Também tráz grana e um monte de mulher.

Pois eu transformo água em vinho,
Chão em céu, pau em pedra, cuspe em mel
Pra mim não existe impossível
Pastor João e a igreja invisível (2x)

Haa! Pastor João e a igreja invisível (3x)

0 comentário sobre “Pastor João e a Igreja Invisível

  • Essa musica é uma profecia do que viria a acontecer com algumas igrejas Protestantes Petencostais, a venda de lilagres, o “comercialização” da fé. Vide (Igreja Mundial do Poder De Deus, R.R Soares, Universal, Renascer, etc…..

  • thiago black metal disse:

    na verdade essa musica foi feita pq os crentes nao queria deixar raul e marcelo toka ai eles fisero no mesmo dia e demonstras qe os pastores pregam mentiras rotulando deus

    Para os pobres e deseperados
    E todas as almas sem lar
    Vendo barato a minha nova água benta
    Três prestações, qualquer um pode pagar

    diz td neh (:

  • Apesar de ter como principal alvo a igreja Católica (vide o título da musica, Joao refere-se ao Papa Joao Paulo) esta musica serve perfeitamente para as igrejas Pentecostais, uma prova de que Raulzito aind é Conteporâneo mesmo morto à decadas.

  • Essa vai pra todos os postores A,B,C,D,E,F e etc… Q o mais importante diga se de passagem é o dízimo, é cinco minutos de pregação e quinze pedindo dízimo…e a famosa prosperidade( Raul o Profeta do Apocalipise)

  • Uma cronologia (historica) desde Moises, passando pela igreja da idade média com a venda de indulgencias e os miistérios dos dias atuais. tanto para a Catolica quanto para a Evangelica. A consciencia humana evoluiu, mudou durante todo este tempo, mas as formas de enganar os outros permanecem as mesmas e pior que ainda funcionam. Mas funcionam para aqueles que precisam de um porto seguro que que vem na religião as bases para dirimirem suas dores. E obviamente a máfia das religiões aproveitam disso.

  • Nivaldo Venâncio - 23 de novembro de 2011 disse:

    Todos nós somos profeta, sarcedote e rei assim como Jesus, porém não se dá o direito a nenhuma doutrina religiosa em operar falsos milagres e enganando pessoas carentes na fé. Jesus sempre dizia aos pobres e necessitados que o procuravam, vá a tua fé te salvou. Não pediu e nem exigiu qualquer valor e nem mesmo criou carnês da prosperidade, nem templo e nem usou o nome Deus para punir outrem ameaçando com a ira Dele, todos nós somos filhos de Deus e ele, é perdão,misericordia e gratuidade.Qual de vocês vão honrar o nome de Jesus pregando e vivendo com gratuidade a palavra de Deus? respondo nehum, porque a oportunidade de ficar rico com facilidade e o poder sobre as pessoas imperam em suas mentes crueis e gananciosas. Portanto parem de enganar os pobres desesperados.

  • FANTASTICA MUSICA . UMA CRÍTICA A ESTES HOMENS QUE PROMETEM CURA E UTLIZAM A IGREJA A FIM DE HENRIQUECIMENTO ILÍCITO . ESTTA MÚSICA É UM HINO PARA EDÍ MACEDO E OUTRAS DENOMINAÇÕES RELIGIOSAS.

  • Pamella disse:

    Tem razão , o que se fala nessa musica, retrata situações comtemporâneas. Quero dizer, na épocaa de Raul , isso não era tão abordado. E mesmo assim …

  • A musica não é fantastica. Raul Seixas não foi profeta.
    A Bíblia é fantastica, e profetizou que haveriam falsos mestres e falsos profetas.

  • Cada um tem o pastor que deseja e merece…Raul teve o “pastor’ e ” profeta” , Paulo Coelho, que lhe prometeu “asas, pra voar e perder o céu”, como bem reconheceu John Lenon , as DROGAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>