Caroço de Manga

Raul Seixas

Sempre que eu lhe dou a mão
Você segura no meu pé
Eu faço tudo por você
Tudo o que você quiser

Eu quero uma colher de chá
No grande jogo do xadrez
Não quero ver você chorar
Não quero ver você chorar

Tou aqui pro que vier
Eu danço o que você tocar
É só dar corda no boneco
Tango, Rock ou cha-cha-cha

Não tenho nada a perder
Aquilo que pintar eu tô
Porque eu gosto de você
Porque eu gosto de você

Essa vida inteira é uma brincadeira
É só ficar quieto e não dar bandeira
Você chupou a manga até o fim
E só deixou o caroço para mim
E melhor que isso só carnaval

Pegue essa motocicleta
E vá mostrar quem é você
Bota o seu blusão de couro
Agora é que eu quero ver

Na arrancada do futuro
Sem nunca pedir arrego
Nos olhos cegos do morcego
Nos olhos cegos do morcego

Essa vida inteira é uma brincadeira
Eu fico feliz com qualquer besteira
Você chupou a manga até o fim
E só deixou o caroço para mim
E melhor que isso só carnaval

Pegue essa motocicleta
E vá mostrar quem é você
Bota o seu blusão de couro
Agora é que eu quero ver

Na arrancada do futuro
Sem nunca pedir arrego
Nos olhos cegos do morcego
Nos olhos cegos do morcego

0 comentário sobre “Caroço de Manga

  • Ola Gostaria de saber se na musica caroço de mango Raul se refere ao Diabo e se os olhos segos do morcego ,parte da letra da musica ele se refere a Biblia

  • Marcelo disse:

    “Tou aqui pro que vier
    Eu danço o que você tocar
    É só dar corda no boneco
    Tango, Rock ou cha-cha-cha

    Não tenho nada a perder
    Aquilo que pintar eu tô
    Porque eu gosto de você

    Este Trecho me remete a seguinte idéia:

    Será que o Raul estava se referindo a nós brasileiros como marionetes de um sistema que come a fruta e nos dá o caroço…

    inventam feriados nada a ver, para que não haja aula e o povo continue burro e feliz com o dia de lazer (Pão e Circo) e pior, rolam nas musicas só letras tontas (Essas sim são demoníacas)… realmente é só dar corda no boneco.. lembram das musicas dele (Dia da Saudade) (Se o rádio Não Toca) ???
    /
    “Pegue essa motocicleta
    E vá mostrar quem é você”

    … Isto pode ser positivo… (Vc mostrar que não concorda com isso tudo e tal)…

    ou negativo (Que é vc acreditar que pondo seu ‘blusão de couro’ vc será outra pessoa – Falo sobre as seduções do capitalismo, em que vc vira um Out-door com as marcas das camisas)
    /
    “Nos olhos cegos do morcego”
    … é como se vivessemos sem luz, na idade média, burros, iludidos com religiões que não nos mostram a verdade, e só nos vendem seus santinhos, fazendo com que fiquemos individualistas e não pensemos no próximo)
    /
    Realmente…
    “Eu fico feliz com qualquer besteira”

  • Bazz Shelters disse:

    Creio que ele fale realmente da manipulação:
    Sempre que eu lhe dou a mão
    Você segura no meu pé
    Eu faço tudo por você
    Tudo o que você quiser

    Tou aqui pro que vier
    Eu danço o que você tocar
    É só dar corda no boneco
    Tango, Rock ou cha-cha-cha

    Então fala da motocicleta e blusão de coro, como uma atitude a ser tomada, como se fosse a rebeldia para quebrar os vínculos.
    Os olhos cegos do morcego são os olhos da população que não conseguem ver nada e o caroço é a parte ruim que sobra para o povo que é feito de trouxa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>