Moraes Moreira, Trio Elétrico Dodô e Osmar

Chão da praça


Olhos negros cruéis, tentadores das multidões sem cantor … 

Olhos ne gros cruéis, tentadores das multidões sem cantor

-Eu era menino, menino um beduíno com ouvido de mercador

Ô ô ô ôô ô ô 
 
Lá no oriente tem gente com olhar de lança na dança do meu amor (2x) 
 
Tem que dançar a dança que a nossa dor balança o chão da praça

ôuôuô (2x) 

Meu amor quem ficou nessa dança meu amor tem pé na dança 
 
Nossa dor meu amor é que balança nossa dor o chão da praça 
 
Vê que já detonou som na praça porque já todo pranto rolou 
 
Olhos negros cruéis, tentadores das multidões sem cantor … 
 
Olhos negros cruéis, tentadores das multidões sem cantor 
 
-Eu era menino, menino um beduíno com ouvido de mercador

Ô ô ô ôô ô ô
 
Lá no oriente tem gente com olhar de lança na dança do meu amor (2x) 
 
-Tem que dançar a dança que a nossa dor balança o chão da praçaôuôuô (2x) 
 
Balança o chão da praça

Ô u ô u ô balança o chão da praça 
 
Ô u ô u ô balança o chão da praça

Ô u ô u ô b a l a n ç a o c h ã