Luiz Melodia

Mistério da raça (co-autor Ricardo Augusto)

Vim de lá, vim da praça mistério da raça
Cachaça pra se beber … se beber
Qualquer um, no enredo da graça
Nos somos cachaça pra se beber … se beber

Lá do sul, eu frequento Ipanema
Sistema, cachaça pra se beber … se beber

No sonho dos meus sonhos
Quando eu sonho o mundo está pra se acabar
No fato, no relato, quando eu faço
O mundo está pra se acabar

Mas quem não pisa na terra não sente o chão
Luz é vida, pulsação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>