Dora

Dora, rainha do frevo e do maracatu 
Dora, rainha cafuza de um maracatu 
Te conheci no Recife
Dos rios cortados de pontes 
Dos bairros, das fontes coloniais
Dora, chamei
Ò Dora! . . .Ò Dora! 
Eu vim à cidade 
Pra ver você passar 
Ò Dora … 
Agora no meu pensamento eu te vejo requebrando 
Pra cá,ora prá lá 
Meu bem! ….
Os clarins da banda militar, tocam para anunciar 
Sua Dora, agora vai passar. 
Venham ver o que é bom 
Ò Dora, rainha do frevo e do maracatu 
Ninguém requebra, nem dança, melhor que tu!