Garoto De Aluguel

38 comentários

Zé Ramalho

Baby !
Dê-me seu dinheiro que eu quero viver
Dê-me seu relógio que eu quero saber
Quanto tempo falta para lhe esquecer
Quanto vale um homem para amar você
Minha profissão é suja e vulgar
Quero pagamento para me deitar
Junto com você estrangular meu riso
Dê-me seu amor que dele não preciso
Baby !
Nossa relação acaba-se assim
Como um caramelo que chegasse ao fim
Na boca vermelha de uma dama louca
Pague meu dinheiro e vista sua roupa
Deixe a porta aberta quando for saindo
Você vai chorando e eu fico sorrindo
Conte pras amigas que tudo foi mal
Nada me preocupa de um marginal


38 comments on “Garoto De Aluguel

  1. armando disse:

    A origem dessa é conhecidíssima: é completamente autobiográfica, já que o Zé
    Ramalho trabalhou na vida de garoto de programa durante um tempo. Não sei dizer
    quanto. Muito boa, consegue transmitir muita angústia, que é o propósito da
    letra, acredito.

  2. Álvaro Almeida disse:

    Dê-me seu amor que dele eu não preciso ?? queria uma ajudinha pra interpretar isso =D ajuda ae

  3. Sandra disse:

    Por ser um garoto de programa ele não necessitava de amor (sentimento) da mulher que relata na música – é como se ele tivesse recebendo algo que pra ele é fútil, e quem sabe, até banalizada.

    • ana disse:

      em resumo ele esta sendo pago para dar um amor fisico(sexual) e o amor que ela precisa doar e receber é emocional, isso ele nao precisa ele precisa do dinheiro e pra isso precisa entregar o serviço sexual.

  4. natalia disse:

    Junto com você estrangular meu riso? to meio confusa a respeito dessa frase….vc pode me ajudar?

    • ana disse:

      Eu entendo por abafar o riso, a verdadeira alegria, e focar no simples ato de prazer fisico para saciar apenas o prazer fisico e nada de envolvimento sentimental ou emocional…No final diz: “Vc vai chorando e eu fico sorrindo!” – pq o principal não foi saciado, o amor sentimental e genuino.

  5. Fabio Cataldo disse:

    @Nathalia, Junto com você estrangular meu riso?

    Aqui claramente se refere a rir e dar prazer a pessoa mesmo que sendo uma coisa falsa e sem sentimento algum, apenas para satisfazer a pessoa que esta pagando pelo servico. Do mesmo jeito que uma prostituta finge ter prazer para agradar o cliente. Mais ele deixa claro, que ele mostra para ela que ele ta ali forcado, estrangular o riso, eh parar de fingir junto com ela que ta tendo algum prazer diante daquilo.

  6. Breno disse:

    Existem duas versões desta música? Por que tem uma mais lenta e outra um pouco mais acelerada…

  7. Lúcia Santana disse:

    O dinheiro que vc me vai me pagar agora, vou pagar minhas contas, meu aluguel e meu conforto.
    O programa tem tempo determinado vc paga por hora.
    R$??? este é o preço que cobro por meus serviços prestados. Este é o meu valor.
    Sim , sou um garto de promgrama como tantos outros e como eles sou marginalizado.
    Se vc me quer, então tem que pagar eu cobro o preço justo eu valho pelo que sou e sexualmente sou muito bom no que faço.
    VC vai descobrir que meu semblante de prazer é falso, pois o amor que vc julga estar me dando para mim é desnecessário, só estragria a minha performance e meu profissionalismo.
    É tudo muito rápido, como quase tudo que é gostoso, acaba rápido. Mesmo para uma mulher como vc.
    Chegou a hora de vc ir, cumpra sua parte no acerto R$$. Eu já cumpri aminha.
    Por favor, ao sair deixe aporta aberta. Estou esperando alguém que como vc precisa do meu sérviço.
    Eu sei que quando vc se for vai se arrepender, vai se sentir uma traidora e suja como eu.
    Eu continuarei aqui atendendo pessoas como vc e com um belo sorriso no rosto afinal este é o meu trablho.
    Se ficar frustrada, arrempendida. Se vc sentir aqula sensação de vazio, converse com suas amigas. Certamente alguma delas tb já passaram por esta experiência.
    Sinto muito, mas seus desencantos não fazem parte de minha vida. E não posso me dar ao luxo de ser um amigo ou um amor. Apenas sei ser amante profissional.

  8. Júlio César disse:

    No meu entendimento, as músicas do Zé Ramalho precisam de um entendimento muito profundo… Para mim, ele é o profeta do terceiro milênio… As letras deles são praticamente profecias.
    Veja bem… a questão de ser autobiográfica é extremamente limitada… Desde aquela época ele já enxergava o rumo que as relações afetivas iriam tomar… Veja como é hoje em dia… as pessoas introjetaram o pensamento econômico dominante até nas suas relações… ou seja… “só ficarei com vc pelo tempo que vc me der lucro”… Mulheres que buscam homens com patrimônio, status social, carro de marca… homens que buscam mulheres “da moda”, siliconizadas, turbinadas, inversão de papéis, homens com excesso de sentimento, mulheres com excesso de masculinidade, tomando posturas que chegam até a destoar do aspecto fisiológico e mitológico dos papéis masculinos e femininos… Se o cara tem excesso de sentimento… é visto como gay e facilmente entra em chacotas… se a mulher toma a frente em muitos assuntos que antes eram de propriedade exclusiva de homens… bem, elas acabam naturalmente assustando seus pretendentes…
    Então, o que eu sinto nesta música é uma profecia das relações amorosas… Não se trata tão-somente do trabalho q ele desempenhou… mas atualmente, tudo é em função de lucro e ganhos… queremos tirar vantagem do outro, submetê-lo, processá-lo, puni-lo por ter cruzado o nosso caminho…
    Zé Ramalho é um verdadeiro profeta!

  9. Ilvy disse:

    Acho que Garoto de programa simplesmente descreve essa realidade: p/ quem faz programa, a companhia é só mais um(a) cliente, por quem ele não sente nada, mas tem que estar ali e quer terminar logo. E a pessoa, ao contrário, está vivendo algo louco e quem sabe corre o risco de se envolver. Acho que não tem segredo.

  10. Suelem Abreu disse:

    Nessa música, Zé Ramalho relata uma relação de um garoto de programa com uma mulher, pelo visto casada, que busca seus serviços em vão, já que ele não obteve êxito em sua tentativa. Zé usa de melancolia para relatar o propósito da música, porém, deixando clara a indiferença do fato para o profissional e a importância para a “senhora”.

  11. Rodolfo Tornesi disse:

    Zé Ramalho retrata nesta música uma situação demasiadamente simples, uma relação entre um garoto de programa e uma cliente. Entretanto, estamos falando de Zé Ramalho e percebam que mesmo sendo um tema simples, ele consegue apresentar uma poesia que envolve, quando por exemplo usa figuras do tipo ”como um caramelo que chegasse ao fim,
    na boca vermelha de uma dama louca”. Percebam a profundidade da poesia e a forma romântica de passar algo tão polêmico e comum que é a protituição. Sem dúvidas, uma obra prima do Zé.

  12. Thiago Borges disse:

    A música trata tão somente de uma versão de valores esculpida na deficiencia financeira do autor e a sua baixa valorização das suas clientes. Pois o trabalho que realizava não era o que ele queria para sua vida!

  13. janete disse:

    Quem é fã do Zé sabe que ele já foi garoto de programa…

  14. Elisa disse:

    O comentário da Lúcia Santana disse tudo, perfeita interpretação.

  15. gildemar brito dos santos disse:

    Gostaria que alguém, cuja inteligência seja superior aa minha faça uma interpretação da música A NAVE INTERIOR.
    Desde já agraço, pois a música é linda.

  16. Bruna disse:

    Acredito que a primeira vista a música parece retratar apenas uma relação entre um garoto de programa e uma de suas clientes, uma cliente qualquer. Porém, se formos fazer uma relação entre o que é apresentado na música e atual fugacidade dos relacionamentos, podemos perceber que a música os retrata fielmente. Onde as relações afetivas são permeadas por questões de interesses, por trocas de favores, e além disso, possuem um curto prazo de duração. É a cultura do descartável aplicada também ao plano afetivo, onde os relacionamentos também duram apenas o tempo que são úteis, após isso, são deixados de lado. Essa é a minha interpretação, quando escuto esta música.

  17. Nina disse:

    PELO OQ PUDE ENTENDER…
    A LETRA DESSA MÚSICA CONTA A HISTORIA D UM EX- CASAL.QUE TINHAM UM RELAÇÃO AGRADAVEL.E AI RELAÇÃO DELES NÃO TENHA TERMINADO D UMA FORMA Q DIGAMOS ‘CONSILIADORA’.
    TALVEZ A PARCEIRA DELE TENHA O TRAÍDO COM UM CARA NAS BOAS CONDIÇÕES FINANCEIRAS…
    ENTÃO DIGAMOS QUE ELA ESTEJA QUERENDO REATAR O NAMORO SÓ QUE ELE VAI TRATA-LA COMO UMA QUALQUER…DA FORMA NA QUAL ELA SE SUGEITOU (DEITAR COM OUTRO POR DINHEIRO).
    ENTÃO,FOI ISSO QUE DEIXOU-ME A ENTENDER…ALGO HAVER??

  18. Lucas Barreto disse:

    A interpretação é bem simples!!!Zé Ramalho foi Garoto de Aluguel por um tempo(alguns dizem que foi por causa de Alceu Valença) e compôs a música.

  19. PAULINHA disse:

    NAO TEM ERRO.
    A INTERPRETAÇAO É DE UM GAROTO DE UM “PROSTITUTO” SÓ ISSO.
    COMO TANTOS NESSE MUNDÃO… ELES SO QUEREM O $$$ E DEIXAM CLARO QUE NAO EXISTE SENTIMENTO ALGUM.
    SE O CANTOR PASSOU POR ISSO AI JA É UM PROBLEMA DELE. ELE DESCREVEU O QUE REALMENTE É O MUNDO DA PROSTITUIÇAO

  20. vick disse:

    Zé ramalho foi garoto de programa e ele fez essa musica para retratar como foi essa faze da vida dele
    , e ele se tornou garoto de programa pq o pai dele expulsou ele de casa. e ele foi expulsor de casa pq ele deixou a faculdade de medicina

  21. vick disse:

    julio algo vc é muito é ignorante que não sabe das coisas do mundo e estar é com inveja do que Zé Ramalho

  22. Valdi disse:

    Imagina o Zé Ramalho fazendo programa, HAHAHAHAHAHAHA

  23. Tainá disse:

    desde quando o pai dele mandou ele pra fora de casa, se o pai dele morreu qdo ele tinha 2 anos de idade?

  24. Nicolas disse:

    Será q o Zé Ramalho dava o anel de couro por uns trocados ???

  25. André Pereira disse:

    Indepentente de quem seja o garoto de programa essa música passa uma sentimentalidade incrivel, não sei como pude ver em alguns comentários que o garoto não sentia nada…. Ele pode até não sentir amor, mas é clara a agustia que ele sente… Só o fato de ter consiência de quanto suja é a profissão e que a cada programa ele está estrangulando o seu próprio riso… Istó é fantástico.

  26. Vade disse:

    Segundo Zé Ramalho em entrevista:

    Você disse numa entrevista recente que não chegou a ser garoto de programa, mas que havia garotas que dormiam com você. Você dormia com elas em troca de teto e comida, ou de grana mesmo?

    (Zé Ramalho) As duas coisas. Não era uma cobrança, mas era percebido pelas minhas “amigas”, que penalizadas com a minha situação, me davam alguns valores em dinheiro para eu me virar. Esses fatos inspiraram a canção Garoto de Aluguel.

  27. Jean disse:

    gfdg fdg f s sda das dsa dgrfgd g grfge

  28. elisa disse:

    consciencia é com c

  29. kurt esse comentario de garoto de aluguel

  30. Teresa disse:

    O Garoto recebia outros em seu ambiente como profissional competente . A dama louca desta letra é um homem . As amigas são as pessoas conhecidas pelo freguês.
    Como os fregueses eram recebidos um após outro a porta deveria ser deixada aberta.
    No meu entender , o encantador Zé Ramalho, fecha o texto com a frase : Nada me importa de um Marginal como você.

  31. Teresa disse:

    Sou encantada com o profissionalismo desse Garoto de Aluguel !
    Recebe seus fregueses com habilidade , pega o que quer com ironia e superioridade …
    No final do relacionamento cada dama louca que o procura pode sair, deixar a porta aberta para o próximo freguês.
    Fico maravilhada com a frase que fecha o texto : Conte para seus iguais que nada me importa de marginais como vocês.

  32. Beatriz Queiroz disse:

    Tendo conhecimento do significado da letra de “Chão de Giz”, do mesmo compositor, dá para interpretar “Garoto de Aluguel” sem muitas dificuldades. Diferente do romântico, apaixonado de “Chão de Giz”, o “Garoto de Aluguel” mostra-se frio, revoltado com sua condição atual de ter sido submisso a uma mulher rica e casada que só lhe tinha interesses sexuais.

  33. jôe disse:

    Quem melhor pra saber da música do que a pessoa que vive ela? Quem quiser saber minha interpretação e so chamar no what 96 981170821

  34. BIANCA disse:

    Como sempre, Zé Ramalho da um show de poesia! a letra dele especifica a revolta de um homem ou uma mulher que se entrega ao sexo, pago e vulgar, por saber que sua posição na sociedade já foi punida, declara a decadencia das pessoas, do sexo facil e porque não dizer fragil…. um momento em que estava submisso e mesmo assim nao poe receios a ser superior… quem paga é vc, quem se dana é vc, vc não acha nada do que procura em mim… nem satisfação sexual nem social, afinal, conte pras amigas que tudo foi mal. è uma critica À prostituição e aos relacionamentos superfulos que vivemos na sociedade atual… afinal “de-me seu amor que dele nao preciso!” expoe a ignorancia das pessoas que querem mais não dão conta do recado… se é que me intendem… rsrs

  35. Pedro Lucas disse:

    Por ser um admirador do trabalho de uma personalidade tão importante no nosso cenário musical, e por entender um pouco de sua obra e já ter compreendido o vasto sentido amoroso da musica “Chão de giz” posso afirmar opinadamente que e uma resposta a ela ou o futuro depois dela!

    Abrçs!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *