Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!

Vocês que fazem parte dessa massa que passa nos projetos do futuro
É duro tanto ter que caminhar e dar muito mais do que receber
E ter que demonstrar sua coragem à margem do que possa parecer
E ver que toda essa engrenagem já sente a ferrugem lhe comer

Ê, ô ô, vida de gado, povo marcado, ê, povo feliz

Lá fora faz um tempo confortável, a vigilância cuida do normal
Os automóveis ouvem a notícia, os homens a publicam no jornal
E correm através da madrugada a única velhice que chegou
Demoram-se na beira da estrada e passam a contar o que sobrou

Ê, ô ô, vida de gado, povo marcado, ê, povo feliz

O povo foge da ignorância apesar de viver tão perto dela
E sonham com melhores tempos idos, contemplam essa vida numa cela
Esperam nova possibilidade de verem esse mundo se acabar
A arca de noé, o dirigível, não voam nem se pode flutuar

Ê, ô ô, vida de gado, povo marcado, ê, povo feliz



Qual é a sua interpretação?





*



28 Comentários

Gente vocês ainda não entenderão.A maioria de nós fazemos parte desta massa, Para o sistema político somos gado,e as lei criada para nos manter presas,ou seja as leis são os currais para prender o gado preso.um exemplo quando à protesto os policiais entra no meio do povo montado de cavalo,pisoteando o povo,juntado o gado,que esta tentando sair do curral,a procura de liberdade,sendo obrigado a ficar presas as leis que foram impostas pelo sistema político,e duro tanto ter que caminhar e dar muito mais do que receber.isto ai é o que anda acontecendo,temos que trabalhar 5 meses para pagar imposto.e o que recebemos do sistema?os piores planos de saúde,pior educação,piores rodovias,enfim tudo de ruim que eles tem para nos ofereceram.Somos obrigado a dar o nosso próprio sangue para funcionar esta engrenagem do sistema,lá fora eles fazem um templo confortável.O povo foge da ignorância apesar de viver tão perto dela.Contempla essa vida numa cela.

Eu entendo vida de gado, como sendo o politico ( o gado) que engorda com o enriquecimento ilícito e também como povo marcado pelo partido político e pelo voto dos eleitores , e o povo é o curral eleitoral local do gado engordar para o partido político ter sua bancada e ficar dominando feliz. É esse o meu entendimento.

O livro, a música e a trilogia Matrix denunciam a egrégora manipuladora que mantém a humanidade sob o véu do maia…

A musica de de Zé Ramalho é uma METAFORA ao livro Admirável Mundo Novo, escrito por Aldous Huxley em 1931,MUITO LIDO E USADO PELAS FACULDADES NOS ANOS 70, é uma “fábula” futurista relatando uma sociedade completamente organizada, sob um sistema científico de castas.Essa Sociedade “perfeita” é mostrada por Huxley através da história de uma jovem típica, pertencente a uma das castas altas, que, em uma crise existencial, conhece uma reserva de selvagens e particularmente um selvagem (a reserva é uma alegoria para o mundo real,Os dois personagens representam o antagonismo entre a nova e a velha sociedades, os novos e os velhos padrões. Ela vive em uma sociedade formada por pessoas pré-programadas genética e psicologicamente para desempenhar um papel social e gostar deste, sem questionar ou desejar, nem mais nem menos, simplesmente ser o que lhe foi designado pelo Estado.Ramalho,MUITO INTELIGENTEMENTE, identifica as verdades do livro comparando-as à realidade do Brasil de então.

“A arca de noé, o dirigível, não voam nem se pode flutuar”. Penso que nesta frase a “arca de noé” refere-se ao povo, alienado e dominado pela fé, cujos valores por vezes ajudam a mantê-lo sob o jugo da classe dominante no sistema capitalista. “A arca de Noé não pode voar”, isto é, a fé não tirará os humildes das condições de pobreza exploração (como fez Noé, salvando os bichos do dilúvio) pela classe dominante. O “dirigível” representa os ricos, e “não se pode flutuar” significa que, estando no alto, não “descerão ao nível do povo”, ou seja, manterão a desigualdade social.

Pra mim ele disse tudo nessa musica, a maioria não entendeu isso é escravidão mental e braçal , feito por aquelas 13 familhas illustres de babel, vai continuar assim até o dia que descobrirem a verdade e o herói para derrubar esses donos, e acho que vai ser tarde porque planos eles já tem, continue lendo bíblia e não de conta não acorde logo, porque fanatismo é oque eles querem e eles são os autores da verdade e da biblia que vc’s estão lendo e traaa lala…. corram pra Torah e Brithadasha antes que seje tarde de mais otários
e que o arquiteto Yaohu os illumine.

Musica fantastica como Ze Ramalho ele mesmo se dizendo visionario e amante do olcultismo ja em niveis elevados consegui expressar em suas musicas a vinda do anti-cristo,ou seja o cristo maconico,como ele mesmo canta povo marcado e povo feliz!!!!!!!!!
Para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Apocalipse 13:17

Eleições no Brasil.

Novamente teremos eleições no Brasil, tenho até medo das piadas do povo brasileiro na hora de votar. Muitos por ignorância confundem a urna eletrônica com o nosso velho e já quase sem uso o bem conhecido pinico. Para muitos brasileiros votar e usar o pinico são as mesmas coisas, eles não sabem separar um do outro, vão para a seção de votação como se fossem ao banheiro. Este procedimento é que impede o nosso país de prosperar e chegar ao primeiro mundo. Qual a razão desta discrepância em relação as eleições, é fácil de analisar. Brasileiro é um povo que na sua maioria não gosta de ler, se não lê não adquire conhecimento, outra coisa, brasileiro na sua maioria são acomodados e preguiçosos não dão muito valor aos noticiários da televisão, não gostam de ler jornais nem revistas informativas. Onde os brasileiros na sua maioria concentram todas suas atenções e energias são nas novelas e no futebol, pode perguntar aos seguidores de novelas o andamento das mesmas, todos sem exceção sabem e acompanham com todo carinho para não perder nenhum capitulo, o mesmo acontece com os seguidores do futebol, sempre estão por dentro de todas as novidades no mundo futebolístico. No dia da eleição não tendo nenhuma opinião formada para saber em quem votar, brincam com coisa séria, votando em candidatos exóticos ou engraçados é neste momento que eles confundem a urna com o pinico.

Paulo Luiz Mendonça.

Quem vive em capitais, não conseguem imaginar como ocorre uma campanha política no interior desse grande país. Em uma capital o povo é marcado pelo CPF, e no interior é “cara, crachá”. Somos ferrados, como gado com os números dos partidos políticos. E o povo, continua feliz, sendo manipulados como bonecos pela força da troca de favores como a duzentos anos atrás.

É uma letra bem clara quando comparamos com a mística e nebulosa Avohai. Para mim, e desde o título referente ao Admirável Mundo Novo, é claramente uma crítica a não só o sistema – mais que isso – ao conformismo das pessoas que só querem uma vida normal, sem criticar ou pensar se isso é ou não bom. Pessoas como eu e você que têm um RG, um CPF, que almejam bens materiais, que tudo que querem é uma vida com o que acreditamos ser felicidade. Povo marcado, povo feliz. Temos empregos, temos nome e sobrenome, e é tudo que almejamos.

Para quem gostou da letra, recomendo “Menina Jesus” do Tom Zé. Ela fala, em um tom irônico, da mesma coisa, do que cremos ser felicidade e do nosso conformismo em estar dentro do sistema.

Essa música é fantástica por criticar o sistema capitalista e ……………….votando em políticos que não governam para o bem do povo……

Essa música é fantástica! Por criticar o sistema capitalista e claro a política brasileira! Ela foi composta em 1979 e seu conteúdo é atualíssimo. Realmente é de admirar como o povo é forte, porém não temconsciência de seus fazeres, de suas atitudes. Incrivelmente diz não gostar da rotina do trabalho capitalista,mas não luta contra. Acaba obedecendo as ordens do sistema com a ação do comprar desenfreado e desnecessário; e claro votando em políticos que governam para o bem do povo. O gado segue no pasto marcado para o matadouro e o povo segue na sociedade marcado pelo CPF para os “caixas”… encontrando logo depois o fim de suas vidas vazias e extressantes… passado, presente e futuro… mudou o quê? A ideologia definitivamente não é para o bem do povo e sim para beneficiar a burguesia!

esta letra refere as formas de vida de uma sociedade escravizada pelo capitalismo selvagem,onde a classe menos favorecida vende sua força de trabalho que são a maioria para os patrões que ficam com a maior parte dos lucros, estas desigualdades sociais e econômica o gado muitas vezes nem percebe que está indo ao matadouro e nem percebe sua força e continua feliz……………………..

A música apesar de ser lançada em 1979, representava um desabafo ao sistema repressor militarista ainda continua atualissima,apesr do povo conquistar a liberdade democratica tão sonhada, continuam escravo do sistema burgues dominante, onde a minoria privilegiada manipula as massas

A LETRA DA MUSICA RETRATA QUE A GRANDES DIFERENÇAS NO BRASIL, POIS TEM UMA GRANDE CONCENTRAÇÃO DE TERASS NAS MÃOS DE POUCOS E A MAIORIA QUE NÃO Á POSSUI VIVE NAS INDIFERENÇAS, DANDO DURO PARA SOBREVIVER.MUITOS ESPERAM POR DIVISÕES DE TERRAS MAS DENTRO DE UM CONTEXTO ESSAS TERRAS SÃO DIVIDIDAS NA FORMA QUE AS PESOAS QUE AS POSSUEM NÃO NECESSARIAMENTE PRECISAVAM OU NÃO SABEM ADMINISTRA-LA.

para entender a letra da música, é preciso voltar aos anos passados, quando o Brasil passava por uma crise. o gado marcado é o povo, que paga impostos(dá muito mais que recebe ) mas diverte-se no carnaval e no futebol.o povo espera sempre o melhor,não tem consciencia de que a mudança depende dele mesmo.é uma música que retrata um momento político do país e continua muito atual.

O homem do sertão é tão oprimido que são como ”cabeças de gado”

A interpretação dessa música é de uma vida no sertão onde o ser humano e oprimido onde trabalham muito mas em troca de pouco..
um povo marcado feliz apesar disso na simplicidade humildade coisa que hoje e mais difícil

A música mais significativa da carreira do Zé Ramalho, que foi lançada oficialmente em 79 e até hoje é atual, é tocada em rádios e regravada por diversos artistas. Poucas canções resistiram tanto ao tempo e a modernidade quanto esta, e quem já teve o prazer de ir num show do Zé Ramalho, sabe a reação eufórica do público quando esta música é executada.
Assim como todas as canções do Zé, esta é cheia de figuras de linguagem, misturando bíblia com política, povo com governo, etc.
Fala de um Brasil que carece de mudanças, fala de um Brasil de 79, fala de um brasil de 2011. Fala de um Brasil do passado, do presente e se continuarmos elegendo ”Tiriricas” da vida, do futuro.

faz sentido Venâncio.

Following my own monitoring, millions of persons all over the world get the credit loans from well known banks. Thus, there’s a good chance to get a credit loan in every country.

Minha interpretação para a frase”A arca de noé,o dirigível,não voam nem se pode flutuar”,seria a seguinte:diante da opressão do sistema político-econômico o povo busca um caminho de fuga.Sabemos que Deus instrumentalizou um meio de fuga do mundo que iria destruir para que os justos escapassem do seu Juízo;a arca de Noé serviu como veículo de salvação para ele e sua família.A referência ao dirigível talvez seja a de um meio capaz de destruir o sistema pela força das armas(o dirigível foi um veículo utilizado na segunda guerra como transporte de luxo mas também como nave de bombardeio).

A letra da música foi escrita na terceira pessoa, ou seja, é um narrador onisciente e objetivo quanto aos fatos relatados – não é influenciado pelas próprias emoções, até porque ele mesmo não faz parte da narração.
O título da música é notadamente uma referência ao livro “admirável mundo novo” do escritor Audous Huxley. Neste best-seller o escritor defende a ideia de que a sociedade do futuro suprimirá valores como o família, religião, privacidade, dúvida, amor, insatisfação, e todos os momentos da vida de seus cidadãos serão expressamente controlados pelo Estado (cultura, entretenimento, trabalho, relações sociais). Quando alguns desses valores passam a não fazer mais sentido para alguém, então é a hora desse alguém tomar a “soma” – um comprimido que anestesia e elimina qualquer sintoma de insatisfação (basicamente um droga).
Fazendo um paralelo entre o livro e a música vemos alguns elementos em comum. Ambos possuem sociedades estruturadas em uma ordem rígida e de certa maneira opressora – enquanto uma suprime valores como privacidade a outra trata seus cidadãos com “vida de gado”.
Podemos notar também a intenção e compromisso de ambos os Estados em manter a ordem instaurada. O do livro se utiliza de uma droga (a soma), enquanto o outro de promessas que nunca são cumpridas – “Vocês que fazem parte dessa massa que passa nos projetos do futuro”.
Entenda “projetos do futuro” como uma promessa de que “dias melhoress virão”. Se hoje você esta insatisfeito e infeliz com a vida e com o sistema deve manter a calma, pois o sistema esta trabalhando para no futuro inverter este quandro e tornar a sua vida melhor. Tenha paciência. Nessa história a opressão do sistema se mantem irretocável.
Agora, não se pode deixar de anotar também os traços do marxismo.

1. “É duro tanto ter que caminhar e dar muito mais do que receber” – fazendo referência à mais valia – teoria marxista – aonde o operário produz 1000 peças para o burguês, mas o salário disso é suficiente para comprar apenas 100, por exemplo. Marca da opressão.

2.”E ter que demonstrar sua coragem à margem do que possa parecer” – aqui é tratado a alienação do operário, inserido em um mundo onde os ideais de valores são os seus maiores bens (dignidade, honra, mérito, amor, paz, obediencia, compromisso) e no entanto, não sabe o prque de tais valores, sua função, interesses e resultados.

3. “E ver que toda essa engrenagem já sente a ferrugem lhe comer” – autoexplicativo né. prenuncia aqui o desmoronamento do sistema. Isso porque o oprimido vive cada vez mais desiludido quanto ao seu futuro. Pode ser feita uma relação com a profecia fracassada de Marx de que o capitalismo seria substituido pelo comunismo, e que até o momento não passa de um dos fracassos de Marx.

4.”Lá fora faz um tempo confortável, a vigilância cuida do normal
Os automóveis ouvem a notícia, os homens a publicam no jornal” – Há aqui uma crítica pesada ao sistema. O que necessariamente normal? por que é normal expropriar um trabalhador mas é crime roubar um banco para não morrer de fome? Aliás, utilizando uma frase muito conhecida: “eu não sei o que é pior: roubar um banco ou ter um”. Ou seja, nesse pequeno trecho há uma crítica aos valores burgueses

5 – “E correm através da madrugada a única velhice que chegou
Demoram-se na beira da estrada e passam a contar o que sobrou” – essa eu ainda não sei e nem faço a mínima ideia do que pode querer dizer.

6. “O povo foge da ignorância apesar de viver tão perto dela
E sonham com melhores tempos idos, contemplam essa vida numa cela” – agora passa ser uma reafirmação dos argumentos. O povo quer ser respeitado dentro do sistema fugindo de todas as malediscências que possam cair sobre ele, mas isso já é o suficiente para o destruir, enquanto ser consciente, pois fazer parte dessa sociedade já terminantemente degradável. Ainda assim ele espera uma vida melhor, mesmo que em uma cela, porque tudo que esta ao seu alcance é observar o sistema, a engrenagem – por isso a cela.

7.”Esperam nova possibilidade de verem esse mundo se acabar” – autoexplicativo.

8.”A arca de noé, o dirigível, não voam nem se pode flutuar” – essa eu também quero saber.

O contexto crítico e ideológico da música “Admirável Gado Novo”, de Zé Ramalho, apresenta diversos aspectos do pensamento de Marxista sobre a sociedade; tais como a exploração do homem pelo homem, a alienação e a as lutas de classes. Além disso, existem diversos elementos de crítica ao regime ditatorial do período composto pelo autor. Entretanto, essa crítica transcende o contexto histórico e chega ao Universalismo por atacar também o sistema capitalista. O pensamento de Zé Ramalho é explícito e contemporâneo, uma obra rica e de densidade social muito forte.

Acessi o link deixado pelo colega e achei a interpretação muito bacana, o autor a realiza so a ótica marxista. Vale a visita.
Particulamente, a música provoca umm sentimento de persistência, como se fosse um hino a tentar novamente até conseguir o que se deseja.

Sua música está recheada de citações às suas próprias experiências pessoais: movimento hippie, a batalha pelo pão, a necessidade de arranjar dinheiro, a procura de uma experiência mística, a tristeza de um amor impossível, etc.

interperetação da musica Admiravel Gado Novo

Aqui tem uma interpletação muito satisfatória, que seria desvaloriazada eu colar apenas algumas partes. Então segue o link:
http://www.kplus.com.br/materia.asp?co=382&rv=Literatura

Qual é a sua interpretação?

-->