Depois

9 comentários

Pato Fu

Não foi dessa vez
Mas pode ter certeza
Mal posso esperar
Pra fugir da tristeza
Amanhã talvez
Vai ser um carnaval
Vão falar de mim
Pro bem ou pro mal
Tomo um café e um guaraná pra me animar
Mas ficou tão tarde
Que é melhor deixar pra lá…
Quando penso em nós dois
Deixo tudo pra depois
Quando penso em nós três
Fica pra outra vez
Juntei passos, palavras
Não era bem o momento
Fingi não querer nada
Tem horas que não me aguento…
Prometo, juro, garanto
Vou resolver tudo isso
Assim que tiver coragem
E mais nenhum compromisso


9 comments on “Depois

  1. evys disse:

    Sempre que ouçoa música,penso que alguém quer sair com a pessoa e ela diz que vai se animar e resolver a situação quando tiver coragem,pois ela já tem compromisso com alguém mas o relacionamento está mótono,então ela quer mas não tem coragem para trair a pessoa que ela está,creio que seja essa interpretação mas gostaria de ver outras….beijão pra todos!!!!

  2. kr3bys disse:

    Eu sempre penso que esta musica fala de um casal, que quer lembrar da epoca em que nao tinham compromissos, e por isto estao sempre planejando fazer coisas juntos.
    Mas depois que eles tem uma criança, a mesma passa a ser priorida nas decisoes, fazendo-os deixar pra “depois” tudo…

  3. Lux disse:

    Acho que alguém morre de vontade de dar uma “escapadinha”, mas quando pensa no 3 (marido, esposa, etc…) deixa pra lá. (sei la porque…)

  4. Kinati disse:

    Boa idéia essa do “kr3bys”, mas acho que se fosse realmente o filho de um casa, não haveria o “fugir da tristeza”. Um filho não deveria ser motivo de tristeza.

    Acredito mais no triângulo amoroso que está vigente, e a pessoa não quer nem escolher um, nem outro. Fica nessa situação cômoda, e “deixa pra depois” e “fica prá outra vez”.

  5. Vanessa disse:

    Pessoal já vi em algum lugar que eles falam sim de um casal com um filho que infelizmente não ‘vingou’…por isso o ‘mal posso esperar pra fugir da tristeza’…

  6. Anjo disse:

    Acho que fala sim de uma pessoa comprometida que está apaixonada por uma terceira que provavelmente está correspondendo esse sentimento, mas ela não tem coragem de deixar isso claro para o seu companheiro. Para mim fica claro na passagem “juntei passos palavras,Não era bem o momento. Fingi não querer nada. Tem horas que não me aguento” que ela está sentindo algo muito forte por outro alguém e tem horas que é difícil suportar essa situação mas mesmo assim não arranja coragem para dizer ao companheiro o que está sentindo por esse outro alguém e que quer deixá-lo por esse outro alguém. Mas no fim há uma esperança, quando ela diz que vai resolver tudo isso assim que tiver coragem e mais nenhum compromisso.
    Já passei por uma situação parecida e essa música descreve tudo o que senti…

  7. Ramon disse:

    Pra mim está claro que fala de um casal que estava em um relacionamento monótono. Por conta disso, o homem propôs um ménage à trois, que foi aceito pela mulher, como indica o trecho “Não foi dessa vez, Mas pode ter certeza, Mal posso esperar, Pra fugir da tristeza, Amanhã talvez
    Vai ser um carnaval…” – lembrando que carnaval é a festa da carne. Logo depois ela diz que tomou um café e um guaraná (que é afrodisíaco), mas se arrepende e dá a desculpa de que ficou tarde, pra deixar pra lá. O trecho “Quando penso em nós dois, Deixo tudo pra depois, Quando penso em nós três, Fica pra outra vez” mostra que ela ama muito o homem, e por conta disso prometeu satisfazer a vontade dele, mas como ainda não está certa e acha que ainda não é bem o momento, fica pra outra vez. No final ela termina com a promessa de que vai resolver essa situação, mas pelo que indicam as últimas duas frases, eles precisarão romper o compromisso primeiro. Espero ter ajudado 🙂

  8. Robson disse:

    Ela quer, se sente até triste por não ter um filho, mas tem muitos compromissos e pouca coragem.

  9. Luca Di Fountainelle disse:

    … Acho que ia rolar uma “suruba”depois da bebedeira e, no ímpeto da noção,ela se tocou e saiu fora! rsrsr(foi mal)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *