Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!

Meu partido
É um coração partido
E as ilusões
Estão todas perdidas
Os meus sonhos
Foram todos vendidos
Tão barato
Que eu nem acredito
Ah! eu nem acredito…

Que aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Frequenta agora
As festas do "Grand Monde"…

Meus heróis
Morreram de overdose
Meus inimigos
Estão no poder
Ideologia!
Eu quero uma prá viver
Ideologia!
Eu quero uma prá viver…

O meu prazer
Agora é risco de vida
Meu sex and drugs
Não tem nenhum rock 'n' roll
Eu vou pagar
A conta do analista
Prá nunca mais
Ter que saber
Quem eu sou
Ah! saber quem eu sou..

Pois aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Agora assiste a tudo
Em cima do muro
Em cima do muro…

Meus heróis
Morreram de overdose
Meus inimigos
Estão no poder
Ideologia!
Eu quero uma prá viver
Ideologia!
Prá viver…

Pois aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Agora assiste a tudo
Em cima do muro
Em cima do muro…

Meus heróis
Morreram de overdose
Meus inimigos
Estão no poder
Ideologia!
Eu quero uma prá viver
Ideologia!
Eu quero uma prá viver..
Ideologia!
Prá viver
Ideologia!
Eu quero uma prá viver…



Qual é a sua interpretação?





*



71 Comentários

legal
gostei

Essa letra é a cara de um país corrúpito…na época esa musica retratava a situção a crise em que o país estava atravessando e a insegurança diante de uma ditadura ridicula e a grande decepção de um jovem que vê rasgarem sua esperança seus sonhos e que derrepente não saber mais em quem acreditar, pois seu heroi destruido e seus inimigos estavam no poder e naquele momento precisava de algo novo , uma nova esperança …um motivo, uma ideologia que justificasse a vida …

interpretação da muzica cazuza ideologia

eu adoro musica e queria saber a letra

Very intriguing… great post! :D

Acredito que o Casuza se refere não só à sua doença como também a situação política em que ele estava inserido.Ele era um cara muito inteligente.Ele achou uma maneira inteligente de protestar toda a sua insatisfação e indignação com os governantes do seu país.

Concordo com o listovaldo do 40, pois vejo apenas que ele falava na canção sobre sua realidade. É sabido que as drogas destroem as células do corpo, logo quando se usa elas morrem por overdose, nós porém continuamos vivos. E uma vez que ele havia contraído uma doença incurável em que se poderia dizer que “seus inimigos” os vírus estavam no poder (do seu corpo). Minha opinião.

SIMPLES E CLARO: A letra se refere ao próprio Cazuza, em um desabafo sobre sentimentos de decepção com ele mesmo. Analisem nesse contexto que irão comprovar isso.

Outros pontos interessantes:

1. O garoto que pensava em mudar o mundo era ele mesmo.
2. Ele compôs essa música ao saber que era soropositivo.
3. Vi um depoimento do Cazuza onde ele afirma que, ao compor a letra, sequer sabia o significado de ideologia. Ele apenas achou que ela (a tal palavra) se encaixaria bem na letra, e de certo.
4. Na ultrapassada mania de idolatrar alguns pensadores, muitas pessoas costumam querer enxergar/invetar algo que simplesmente não existe.
5. Nessa canção ele foi genial e simples.

This blogpost is definitely cool and useful.

A musica fala de alguem que está desiludido com a politica de um País. Um alguem que não tem mais partido nem de esquerda nem de direita ou qualquer coisa do tipo. Meus herois morreram de overdose…ja vi muitas pessoas criticarem esta musica por conta desta passagem , mas ao meu ver para o autor essas pessoas eram herois não por serem usuarios de drogas, mas sim porque de alguma forma contribuiram para revoluçoes dentro de uma sociedade.. com musicas ou manifestaçoes que abriram a mente de um povo. o garoto seria alguem que pretendia mudar o mundo com novas ideias , mas que no fim das contas acabou perdendo a tendo que aceitar ideias de um outro sistema.. ou seria tambem alguem como ele mesmo , tendo que assistir tudo sem poder sair de casa por estar doente. Mas emfim: A musica é um verdadeiro tapa na cara da sociedade. Musica excelente uma das melhores musicas que eu ja vi. PERFEITA CRITICA A IDEOLOGIA que de fato foram implantadas mas que não trouxeram soluçoes para o mundo.

Hoje finalmente descobri a interpretação dessa música. Nunca tinha entendido a frase “…meu heróis morreram de overdose…” achava que não tinha sentido, mesmo que pudesse fazer, se interpretado literalmente. Vamos lá:

MEU PARTIDO É UM CORAÇÃO PARTTIDO… Não tem nada haver com sentimento e sim com política. Ele está falando que partidos políticos são uma mentira. Todos eles são comandados por um poder muito maior e mundial. Não tem nada haver com o insignificante Brasil.

…AS ILUSÕES… é que não adianta se filiar, sair pras ruas, o congresso, a democracia, o STF, etc. tudo isso são ilusões feitas para a massa. Veja o filme O Gladiador quando a irmã do imperador vai falar …deixe o povo com suas… e o imperador interrompe e conclui …com as suas ilusões?…
O resto segue falando das consequências dessa desilusão até:

…MEUS HERÓIS MORRERAM DE OVERDOSE… Ele denuncia aqui que as personalidades ligadas as artes que tentaram denunciar o sistema internacional de poder (estudar Os Iluminates ou seja lá o que você queira chamar) são literalmente assassinados por overdose, pois além de matar denigre a pessoa e as sua mensagem e os políticos normalmente morrem por câncer.

…MEUS INIMIGOS ESTÃO NO PODER… ratifica o que eu acabei de dizer
…IDEOLOGIA EU QUERO UMA PRA VIVER… pois isso não adianta e não existe.

A única coisa que lhe resta é deixar tudo pra lá e curtir o que a vida pode lhe oferecer de melhor, porém:
…O MEU PRAZER AGORA É RISCO DE VIDA… A única coisa que fazia algum sentido estar vivo era trepar e nem isso podia e ele esta aqui desabafando.

…VOU PAGAR A CONTA DO ANALISTA… é o que resta a ele e a todas as pessoas: ficar alienado, fanático religioso ou por futebol, idiotado, bitolado pois os medíocres acham que a vida é grande coisa e dão estrema importância ao insignificante. Raul Seixas também se refere a isto em …SENTADO CHEIO DE DENTES ESPERANDO A MORTE CHAGAR… ou trecho parecido.

…AQUELE GAROTO… Todos nós quando garotos e politizados achamos por ingenuidade e ignorância que podemos mudar alguma coisa.

E ele segue repetindo…
Esse é meu primeiro post, espero fazer mais outros Abç!

E aos críticos imbecilizados de plantão; abissalmente ignorantes e energuminamente capadócios: Vão à merda!!!

ele quis dizer que quem lutou pela liberdade morreu e os opressores continuam no poder

ainda acredito que “Meus heróis morreram de overdose, meus inimigos estão no poder” tem duplo sentido, dos heróis do rock terem morrido de overdose, e também pode ser interpretado da forma politica, no caso os heróis são aqueles que falavam em derrubar a ditadura, que fariam diferente, que seriam bons, só que quando assumiram o poder, começaram a fazer porcarias, nada do que Cazuza esperava, por isso “meus herois morreram de overdose, meus inimigos estão no poder” ou então “meus herois, de tanto falarem, se perderam, conquistaram o poder e se tornaram meus inimigos”

Besta com umas coisas que lí aquí. Se a pessoa não gosta do Cazuza veio fazer o que numa análise de música dele? No mínimo não consegue parar de ouvir.
Cazuza compôs essa música quando estava internado em Boston com HIV. Porisso “Meu prazer agora é risco de vida”. Fala também sobre a política. Aquela geração sonhava em mudar o Brasil com o fim da ditadura e tudo, quando viram Sarney no poder, e a coisa desandando se deram conta que a situação não melhorara. Daí “Pois aquele garoto que ia mudar o mundo, assiste agora à tudo de cima do muro.
Bom é essa minha opinião. Obrigada!

O QUE EU ACHO ENTERESSANTE,E QUE ELE ERA MUITO JOVEN QUANDO ESCREVEU ESTA MUSICA.SAO PALAVRAS PROFUNDAS E ENTRIGANTE;TENHO ATE ALGUMAS DUVIDAS EM RELAÇÃO SE ELE REALMENTE TINHA A NOÇAO DO PESO DESTAS MUSICAS.

Uma das coisas que eu achei interessante, é a de que ninguém das que eu li, acertou na seguinte explicação deste trecho: Meus heróis Morreram de overdose
Meus inimigos Estão no poder
Ideologia!
O que ele quis disser com este trecho: Meus heróis Morreram de overdose? É que todos aqueles que lutaram pelo comunismo, socialismo, dentre outras ideologias, como um exemplo o Che Guevara, morreram em vão, e que ainda vivemos e que em uma sociedade corrompida, e que os corruptos continuam no poder.

Todos somos capazes de criar nossas propias ideologias,e hoje estamos libertos de uma forma particular,para dizer o que pensamos e agir da forma como queremos,qualquer pessoa pode ser heroi,o que difere um heroi do outro,é que uns conseguem expressar através da musica e da fama suas ideologias,e outros não,são heroi anônimo;Cazuza foi uns ”dos” herois,o resto dele pura mídia,nada demais.

Análise de Obra:
Em “Ideologia” Cazuza faz uma crítica aos moldes e gostos da sociedade e o que o movimento ditatorial fez ao Brasil e as consequências disso.
A letra da música diz que os sonhos foram vendidos e as ilusões de que se tinha que era possível mudar o mundo se perderam. Os herois que falavam o que pensavam morreram de overdose. Que aquele garoto que sonhava em mudar o mundo hoje é de forma indireta manipulado pelos donos do poder. (peguei essa parte da Letícia ai de baixo, obrigado:D)
A obra fala de como a sociedade se comporta hoje. Todos sonhavam em criar um mundo melhor, fazer uma sociedade mais justa. Esse era um pensamento da época da ditadura, quando todo mundo almejava o direito de expressão e queria liberdade. Liberdade, esta, que não foi adquirida com o fim da ditadura, pois os mesmos manipuladores continuavam no poder, mas de forma discreta, oculta.
A grande diferença, é que aqueles que desejavam a liberdade, aqueles que lutavam por isso, os únicos que podiam mudar o mundo, se calaram, foram influenciados, e ao invés de criticar o governo, a sociedade e ter seus próprios ideias, eles passaram a ficar quietos, a respeitar e concordar, e a ouvir as músicas que a própria mídia impunha.
Cazuza diz que seus sonhos foram perdidos, pois já que não tem mais quem reclamar, não adianta mais lutar. Ele está em busca de uma ideologia, os ideais haviam mudado tantas vezes que ele não conseguia achar um para chamar de “seu”. Com uma população tão desorganizada graças aos governos anteriores, ter uma ideologia nova, algo em que se espelhar, é o que salvaria a todos, e talvez pudesse trazer uma nova esperança a uma sociedade já influenciada pelos grandes poderosos.

NA LETRA DA MUSICA O QUE É ÉTICA E O QUE É MORAL ?

a letra da musica diz que os sonhos foram vendidos e as ilusões de que se tinha que era possivel mudar o mundo se perderam. que os herois que falavam o que pensavam morreram de overdose. Quem criou a overdose pra que? que aquele garoto que sonhava mudar o mundo agora é de forma indireta manipulado pelos donos do mundo os que tem dinheiro pois a aquele garoto queria apenas ser feliz e acaba sendo manipulado pelos outros. No fundo no fundo ele culpa o homem pelo que ta acontecendo

Ele foi um mauricinho besta metido a herói

“IDEOLOGIA EU NÃO QUERO UMA PRA VIVER”

CADA ABSURDO QUE AS PESSOAS FALAM AQUI, CAZUZA
SIMPLISMENTE IRONIZA E CRITICA A IDEOLOGIA, “IDEOLOGIA EU NÃO QUERO UMA PRA VIVER” É OQ REALMENTE ELE QUER DIZER………

tu morre,diabo.

essa musica retrata as influencias que um individuo sofre durante sua vida,diversos símbolos,roupas sapatos e filmes que fazem ele ser um cidadão manipulado pela sociedade.

Dá pra ver na letra q ele quer dizer sobre a doença (hiv) que ele teve. “O meu prazer agora é risco de vida” “Aquele garoto que ia mudar o mundo, agora assiste a tudo de cima de um muro” Ele precisava de uma idéia pra continuar vivendo já q naquela época, contrair hiv era uma sentença de morte.

Pessoa,comentário excelente mais vocês esqueceram que a letra também foi escrita pelo Roberto Frejat.

a melhor e a pior coisa do mundo
analise interpretativa desta parabola

simplismente fenomenal realidade de nosso paiz

nossa nossa assim essa musica me mata graças ao dudinha

ou me fala sobre o casusa

Meu partido é um coração partido:

Perda da confiança nos partidos de esquerda da época e percepção de que, soluções breves estavam muito longe de se tornarem realidade, já que, o jogo da política engessa os mecanismos de mudança para proteger os próprios políticos e que, quem entra na política, em muito pouco tempo, funciona como mais uma engrenagem corrompida, de uma máquina viciada. Cazuza mencionava que, se deparar com tal visão, lhe partia o coração.

Minhas ilusões estão todas perdidas:

A perda da confiança de que o país vai mudar no tempo célere que todo jovem acredita ser capaz de modificar um complexo conjunto de questões econômicas, culturais e sociais. O Brasil é um país jovem, que apenas agora, 25 anos depois da música lançada, dá seus primeiros passinhos para se tornar um país mais sério, mais maduro, ainda que muito longe do ideal vislumbrado por Cazuza, na época da composição.

Os meus sonhos foram todos vendidos tão barato que eu nem acredito:

Muito comum na década de 80, os jovens eram extremamente idealistas, ávidos e despreparados, rapidamente, ao se depararem com a realidade DA VIDA, da nação e do mundo, viam que esses “sonhos” eram na verdade devaneios inconsistentes e Cazuza viajava muito nessa época para os EUA, tendo chance de perceber que as coisas na vida eram menos simples do que ele entendia anteriormente.

Aquele garoto que iria mudar o mundo freqüenta agora as festas do Grand Monde.

Cazuza disparava contra a burguesia da época, mencionando nessa frase, de modo obscuro, o fato de ele nascera no berço da sociedade cultural endinheirada carioca, se rebelou contra ela por uns tempos e depois, voltou a circular pelas festas da nata da elite carioca, há também fortes indícios de que ele esteja mencionando uma boate de São Paulo, chamada Grand Monde, do mesmo dono do Val Improviso, de “Só as mães são felizes”, ambas, boates de Transexuais e Gays, frequentadas por milionários, políticos e artistas da década de 80 Cazuza frequentava o submundo da Boca do Luxo em Sampa.

Meus heróis morreram de overdose e meus inimigos estão no poder.

Frase de alto impacto, artisticamente muitíssimo feliz, que, claramente referencia e reverencia Jim Morrison, Janis Joplin, Jimi Hendrix, entre muitos outros que, na década de 70 perderam suas vidas por overdose de drogas e álcool, fazendo uso da licença poética, Cazuza associa os trechos em síntese, narrando o momento (na época), como quem se queixava de que: seus grandes artistas e referências se perderam para as drogas e seus inimigos, “os militares” e forças autárquicas, jaziam estabelecidas no poder e havia muito pouco que pudesse ser feito.

Ideologia, eu quero uma pra viver:

Conjunto de valores que funde ideais políticos, estilo escolhido de vida, valores morais e conceitos pessoais, que norteiam a escolha de qual lado se vai estar, especialmente em sociedades profundamente desiguais, como era e ainda é a sociedade brasileira. Mencionar “eu quero UMA pra viver” indica que Cazuza se via confuso e desiludido com o andamento do país e que tinha mudado tantas vezes de “ideia”, que, sentia-se compelido a buscar um lugar que pudesse identificar como seu naquele panorama, Coisa difícil de ser conseguida com uma sequencia desastrosa de governos de: Itamar, Sarney e Collor, planos econômicos absurdos, confiscos de poupança e especialmente por uma sociedade apática que não reagia diante de desigualdades inacreditáveis e resquícios de ditadura; para piorar, a energia artística do Rock na época se esvaia, tornando a visão geral da coisa toda, no mínimo tenebrosa, restando a ele se confortar com a verdade de que ser artista e genial, não muda em quase nada certos mecanismos.

O meu prazer agora é risco de vida:

Ao vivo Cazuza cantava essa frase com a seguinte letra: “o meu tesão agora é risco de vida”, óbvio que ele mencionava o fato de que sua roleta-russa sexual, o tinha levado a uma condição em que ele poderia ser reinfectado ou infectar parceiros sexuais (lembrando que as pessoas portadoras de HIV podem se infectar por outros genótipos do vírus, complicando muito o quadro e o tratamento), Cazuza é um exemplo de força e luta contra a AIDS (se não o maior exemplo em todos os tempo) e levava seu tratamento de maneira muito séria, Cazuza é também uma das maiores referencias de amor à vida e fé de que tudo pode terminar bem, com ou sem a AIDS.

Meu Sex and Drugs no tem nenhum Rock’n’Roll:

Uma frase magistral de Cazuza que define seu estilo de vida pela máxima que vivera até então, a do Sexo, Drogas e Rock, muito usada na década de 70, aqui, Cazuza desabafa confessando que seu estilo de sexo e drogas não tem mais nenhuma “Bossa”, que é démodé e especialmente que, naquele momento, com a saúde já debilitada, fazer sexo desprotegido e usar drogas descontroladamente, não tinha nada de poético ou de estiloso, mas sim, era uma estupidez. (estupidez que ele não conseguia evitar, Cazuza bebia muito, mesmo tomando os coqueteis contra a AIDS), mas , reconhecia a estupidez como um fato presente.

Eu vou pagar a conta do analista pra nunca mais ter que saber quem eu sou:

Aqui entra o ego de grande estrela do Rock e de Pop Star, onde Cazuza vocifera mudar completamente de abordagem do seu problema, abandonar análise, médico, remédios e (transfusões de sangue de cavalo) “SIM, CAZUZA FEZ INCLUSIVE ISSO NA TENTATIVA DE VIVER UM POUCO MAIS E MELHOR”… ele ameaça jogar tudo pro alto e esquecer sua força e gana pela vida, coisa que em momento algum ele fez, mas vale a licença poética de se permitir mandar tudo pro inferno e sumir, aqui Cazuza fala nisso, em metáfora.

Pois aquele garoto que iria mudar o mundo agora assiste a tudo em cima do muro:

Demonstração clara de impotência e frustração, sem tomar partido e sem se posicionar (coisa que Cazuza nunca fez), logo a seguir, ele fuzilou a burguesia, os políticos, a sociedade e chegou a escrever “eu sou burguês mas eu sou artista”, “o bom burguês é bom operário”, portanto, aqui Cazuza faz uma piada consigo mesmo, como quem diz: “estou em cima do muro, pois não tenho o que fazer nesse momento, mas me aguardem”.

******************

Não podemos nunca esquecer que Cazuza tinha um humor ácido e sarcástico, azedo mesmo, o que lhe rendeu o apelido de Caju, anos depois modificado para Cazuza e que ele usa de um arsenal poético denso e contundente. consideremos que Cazuza adorava causar impacto e até certo estardalhaço, que era a estrela maior do Rock Nacional, considerado “O poeta” daquela geração, que esse disco é também o renascimento de Cazuza desde sua saída do Barão Vermelho e que fazia muito o gênero do: o que eu disse não quer dizer exatamente aquilo apenas, quer dizer muito mais ou, é muito mais simples do que você consegue ler. Esse era Cazuza e sua “Ideologia”, pra bom entendedor, meia palavra bastava e pros demais, ele usava sua verborragia agressiva e escondia por detrás de suas letra, de sua voz rouca, forte e debochada um ser humano cheio de conflitos, de uma genialidade indiscutivel e uma maneira linda de ver a vida e transcrevê-la em forma de canções. VIVA CAZUZA!!!

por:
Renato Sucupira
Letrista e Músico

Seria correto afirmar que a Ideologia, em sentido amplo, é necessária e positiva?
Responda dando um exemplo retirado dos versos da música Ideologia
de Cazuza.

Eu te amo,e cada dia eu te quero mais e mais.Eu te chamo, vem cá amor vem trazer a minha paz. Porque o céu precisa das estrelas o peixe precisa do mar eo homem precisa da mulher para amar.

“ele teve muitas oportunidades de mudar aquele MUNDO que ele via tao errado, Como era o da sua epoca… MAIS não mudou… Ficou conhecido como o cara que falou… MEU HEROIS MORRERAM DE OVERDOSE!

Acho que ele ficou conhecido naum apenas pelo cara que seus Heroi morreram de Overdose, porq se fosse só isso não estariamos aki descutindo sobre suas musicas, polemico? sim, sempre foi, mas um otimo cantor e compositor.

Como ele poderia mudar o mundo daquela epoca???
Muitos tentaram fisicamente, com lutas e tal, quem disse que suas musicas naum eram uma forma de revolta à aquele “mundo”,letras musicais foi um dos grandes meios para uma “revolução”

Musica é poesia, poesia é arte… Arte não se explica. Qnd ele diz “Meus herois morreram de Over Dose’ pode significar muitas coisas, quem vai saber? So ele sabia oq sentia qnd escreveu essa canção. Poderia sim ser uma forma de protesto a Ditadura porq não?

Enquanto ao egocentrismo, acho que na musica todos expresam oq sentem naquele momento, acho que foi isso que ele quiz passar, a desilusão, a revolta que tinha de seu propio mundo!

Resumindo Letra excepcional, quem criticou é porq não consegue intender oq ele fez!

Antes de mudar o mundo, nós temos que enfrentar os nossos próprios fantasmas. QUem pensa, nesse mundo robótico, acaba criando dezenas de barreiras psicológicas EXTREMAMENTE DIFÍCEIS de serem rompidas! Daí vem o clichê de que todo gênio é atormentado. Eu iria além,diria que toda pessoa que pensa, critica, vê além do que se olha é atormentada.
“ele teve muitas oportunidades de mudar aquele MUNDO que ele via tao errado, Como era o da sua epoca… MAIS não mudou… Ficou conhecido como o cara que falou… MEU HEROIS MORRERAM DE OVERDOSE!……. Complicado não?!?!!!!”

Bom essas analises me
ajudaram e muito para eu
conseguir concluir meu
trabalho muito obrigado e
viva a IDEOLOGIA e q
cada um tenha um ! Bjus.
Cachoeira do Arari_
Marajó_Pará

Eu não sei exatamente em que ano essa musica foi escrita, se foi após que os medico desse cantor maravilhoso descobriram que le estava com aids, toda via minha interpretação dessa musica é a seguinte: em vários trechos da letra ele diz que seu amor o traz risco, e isso me leva a pensar que ele, claro tambem fala pouco sobre a ditadura, meio que queria criticar essa doença banal que afeta milhões de pessoas. Obrigado por ler esta opinião

Ideologia
Essa canção fala sobre um jovem que vendeu seus sonhos, que perdeu seus ideais diante do mundo em que passou a conhecer’ ele acrediatava que poderia mudar o mundo… mas viu que não seria tão facíl assim como ele acreditava que fosse quando criança, ele agora pede uma ideologia já que a dele o mundo e aquele agaroto que ia mudar o mundo vivem jogando na cara dele que está errada e que ele deve procurar outra” Meus herois morreram de overdose, meus inimigos estão no poder..é uma forma de protesto contra a ditadura… Se uma pessoa quer protestar, primeiro tenha argumentos e saiba falar, ele tinha toda uma capacidade para isso. Sinceramente, esta letra é fenomenal pelo fato de que mostra como o Cazuza se sentia naquela época. Se fomos pesquisar na área socilógica, no Pós-Modernismo percebemos que há perca de sentimento ideológico nas pessoas, que nos dias de hoje há uma grande massa que não levanta bandeira para partido político nenhum. “A queda do Muro de Berlim, em 9 de novembro, foi o momento decisivo para acelerar a crise de todas as ideologias. Até aquela data havia uma divisão do mundo entre os blocos comunistas e capitalistas conferia ao grande parâmetro de como as sociedades se organizavam. [...] Com a queda do Muro de Berlim e a dissolução da URSS, a era das ideologias chegaram ao fim. Sobrou a perplexidade geral, sensação de desamparo e cada vez mais instável”.Este é um trecho de um livro sociologia.
Veja como Cazuza foi visionário. Ele já percebeu esta sensação de desamparo. Que até nossos ideias são fracos neste novo mundo.

Olá!!! vocês já pararam pra pensar qual é a marca da nossa geração? essa geração é morta

Ideologia
Essa canção fala sobre um jovem que vendeu seus sonhos, que perdeu seus ideais diante do mundo em que passou a conhecer’ ele acrediatava que poderia mudar o mundo… mas viu que não seria tão facíl assim como ele acreditava que fosse quando criança’Seus idolos rockeiros morreram de overdose… ele agora pede uma ideologia já que a dele o mundo e aquele agaroto que ia mudarf o mundo vivem jogando na cara dele que está errada e que ele deve procurar outra” Mas enfim vamos acreditar nos nossos sonhos e nos nossos ideais… por que aqueles garotos lá do passado hoje ainda podem mudar o mundo!!! viva o rock n’ roll

Yes!!! by Maria Lia

Testemunho de um Ex-Roqueiro:

“Rock n’ Roll – a visão do inferno”

JESUS AMA VOCÊ!

__________________________________________________

Nasceu em 1979, no alto da Moóca, na grande São Paulo. Seus textos, e seu testemunho: “ROCK – A MÚSICA DO INFERNO” – encontram-se espalhados pela internet

http://www.a-visao-do-inferno.blogspot.com

Ahh… e não venha me dizer que quando ele diz

Meus herois morreram de overdose, meus inimigos estão no poder..

é uma forma de protesto contra a ditadura, que não é!!!… Se uma pessoa quer protestar, primeiro tenha argumentos e saiba falar, ele tinha toda uma capacidade para isso, um pai dono de gravadora.. poxa!! ele poderia ter falado coisas lindas na radio, protestando de forma sadia.. nao declarando meus herois morreram de overdose!… Ai ja se contasta que a pessoa cazuza era burra.. pq na verdade ele teve muitas oportunidades de mudar aquele MUNDO que ele via tao errado, Como era o da sua epoca… MAIS não mudou… Ficou conhecido como o cara que falou… MEU HEROIS MORRERAM DE OVERDOSE!……. Complicado não?!?!!!!

Eu ouvi CAZUZA muuuuuuuitos anos e era totalmente fã… fãzona MESMO!!!… mais de uns tempos ra cá comecei a analizar oque eu ouvia, e oque eu coloca na minha propria casa pra ouvir… GENTE!!!! Essa musica fala, MEUS HEROIS MORRERAM DE OVERDOSE.. meu deus como uma pessoa em sã consciencia fala isso?! caramba, de overdose?????? seus herois era totalmente errados, intão eles não eram herois!!! MEU HEROI é jesus cristo que morreu na cruz, e não em quem morreu de overdose!!! .. Esse cazuza era muito louco, e desafiava as coisas em baixo do nosso nariz… e ainda as pessoas declaram com sua BOCA: meu herois morreram de overdose!!.. a ainda axam bonito!!.. Cuidado com oque vc declara com a sua boca!!… E essa cara nao é exemplo pra ninguem, coitado que pena que ja morreu… e morreu sem deus no coração! final triste…..

Troque seu cachorro por uma criança pobre
Sem parentes, sem carinho, sem rango e sem cobre
Deixe na história da sua vida uma notícia nobre

Troque seu cachorro…
Troque seu cachorro por uma criança pobre

Tem muita gente por aí que tá querendo
Levar uma vida de cão
Eu conheço um garotinho que queria ter nascido
Pastor alemão
Esse é o rock-despedida prá minha cachorrinha
chamada suamãe

É pra suamãe…
Esse é o rock despedida pra cachorra sua mãe

Seja mais humano, seja menos canino
Dê guarida pro cachorro mais também dê pro menino
Senão um dia desses você vai amanhecer latindo

algumas pessoas confudem os conceitos de ideologia.
Ideologia: conceitos, conjuntos de ideias que tem o objetivo de encobrir as divisões existentes na sociedade e na política, entao pode ser analisar a música como uma ironia(no refrão), dizendo que como esta tudo caótico, a forma de escapar é criando, seguindo uma ideologia.

Acima de tudo, Cazuza era egocentrico.. a letra fala de si próprio. Se vendo com AIDS, doença intratável na época “E as ilusões
Estão todas perdidas
Os meus sonhos
Foram todos vendidos
” “O meu prazer
Agora é risco de vida
Meu sex and drugs
Não tem nenhum rock ‘n’ roll
Eu vou pagar
A conta do analista
Prá nunca mais
Ter que saber
Quem eu sou
Ah! saber quem eu sou..” “Pois aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Agora assiste a tudo
Em cima do muro
Em cima do muro…” pessimista e desiludido, fala do seu contemporaneo da forma que, no momento, sentia.

Cazuza é perfeito nesta canção, ele descreve o sentimento de frustração de forma singular! Também fica sub-entendido o que leva o indivíduo a transgredir e suas consequências…
Perfeito!

Set your own life time more easy get the personal loans and everything you need.

Vou não, quero não, posso não
Minha mulher não deixa, não
Não vou não, quero não

Vou não, quero não, posso não
Minha mulher não deixa, não
Não vou não, quero não

Ei! Tu quer beber? Não quero, não
Não quer por quê? Por nada, não
Tu quer fumar? Hã, Hã!
Não quer por quê?

Vou não, quero não, posso não
Minha mulher não deixa, não
Não vou não, quero não ( 4 x )

Ei! No meu carrão vamos sair?
Tem Aviões todo mundo vai curtir
E ai? Lá em Marli tem cabeça de galo. Venha!

Vou não, quero não, posso não
Minha mulher não deixa, não
Não vou não, quero não ( 4 x )

Ei! Tem duas nega?
E ai? Vamos arrastar?
No Shanadu a gente bota o bicho lá
Quem é tu? É boiolão?
Tu vai, ou não?

Vou não, quero não, posso não
Minha mulher não deixa, não
Não vou não, quero não ( 4 x )

ideologia

Sinceramente, esta letra é fenomenal pelo fato de que mostra como o Cazuza se sentia naquela época. Se fomos pesquisar na área socilógica, no Pós-Modernismo percebemos que há perca de sentimento ideológico nas pessoas, que nos dias de hoje há uma grande massa que não levanta bandeira para partido político nenhum. “A queda do Muro de Berlim, em 9 de novembro, foi o momento decisivo para acelerar a crise de todas as ideologias. Até aquela data havia uma divisão do mundo entre os blocos comunistas e capitalistas conferia ao grande parâmetro de como as sociedades se organizavam. [...] Com a queda do Muro de Berlim e a dissolução da URSS, a era das ideologias chegaram ao fim. Sobrou a perplexidade geral, sensação de desamparo e cada vez mais instável”.
Este é um trecho de um livro sociologia.
Veja como Cazuza foi visionário. Ele já percebeu esta sensação de desamparo. Que até nossos ideias são fracos neste novo mundo.

Meus heróis
Morreram de overdose

isso é legal, pq ele num disse q eles são heróis dele pq morreram de overdose… geralmente a galerinha nova no mundo do rock confunde isso e querem morrer tbm de overdose, já vi muito disso =)

Ai,foi um chute a interpetração q eu li ai encima.MEUS HERÓIS MORRERAM DE OVER DOSE estão certo ao falar das drogas,mas a parte:MEUS INIMIGOS ESTÃO NO PODER.Ele fala do periodo da DITADURA E os inimigos dele eram os ditadores.Nada haver com aquela mulher que escreveu um livro falando q ele era um garoto mimado,poderia até ser,mas para chamar os GENERAIS DE INIMIGOS tem de ter muita coragem…

“Pois aquele garoto
Que ia mudar o mundo
Mudar o mundo
Agora assiste a tudo
Em cima do muro
Em cima do muro…”
É exatamente assim que estamos perante a política nos dias de hoje, essa frase não muda nem com o passar do tempo. Assistimos tudo de camarote e não fazemos nada, simplismente é mais cômodo deixar as coisas como estão. Isso sim que é uma idéia completamente errada. Temos que reagir porque nós é que escolhemos nosso presente e futuro. Se ficarmos em cima do muro sempre, nada muda!! Ainda quero ter meus heróis sem precisar que morram de overdose. Eu tenho uma ideologia pra viver graças a Deus!
Significado de ideologia: É um conjunto de idéias ou pensamentos de uma pessoa ou de um grupo de indivíduos. Pode estar ligada a ações políticas, econômicas e sociais.

Muito boa essa analise, me ajudou mt no meu trabalho, sobre uma música com sentidos conotativos e pra explicar quais são os sentidos conotativos amei ♥

Muitos boa as analises,
Vão ajudar no meu trabalho = )

muito boa as analises ae, drx..

Analise:
A música Ideologia composta por Cazuza e Roberto Frejat fala sobre os jovens da época que foi composta (1988), e mais especificamente sobre o próprio Cazuza que em toda a sua vida ele quis ser o “garoto que queria mudar o mundo” deixá-lo diferente, com igualdade, mas agora seus sonhos do passado estavam partindo.
Na música vemos versos como “Meu partido é um coração partido” que diz respeito aos escândalos políticos que se davam e que cazuza não acreditava mais na política de sua época, e “os meu sonhos foram vendido e tão baratos que eu nem acredito” que fala sobre os sonhos e ilusões que ele tinha quando era jovem de ver um mundo mais igual e que agora ele viu de perto que não era mesmo assim podemos ver essa referencia na segunda estrofe da música que diz “que aquele garoto que ia mudar o mundo/freqüenta agora as festas do “Grand Monde”…” vemos ele dizendo que aquele mesmo jovem sonhador cheio de ilusões para a vida agora agora está freqüentando os lugares que ele mas repudiava, esta fazendo o contrario do que ele acreditava do que era sua filosofia de vida, sua Ideologia.
Já em outro verso vemos “meus heróis morreram de overdose” em ele fala das constantes mortes de cantores de rock que eram seus heróis pelo uso de drogas e que ele via que acabou entrando nesse mundo, que ele também era usuário e logo após esse verso ele diz complementando ”e os meu inimigos estão no poder” falando que sua dificuldade esta aumentando, que seu inimigos, suas doenças e tudo o que ele achava errado estava no poder logo depois ele fala “Ideologia/ eu quero uma pra viver” fazendo uma critica sobre tudo o que estava acontecendo a ele, que tudo em que ele acreditava antes passou ser apenas ilusão e agora ele esta perguntando ironicamente eu quero uma ideologia um modo de viver já que o mundo esta dizendo que o meu estava errado.
Logo após esses versos ele deixa acaba deixando em sua música o motivo de tudo isso estar acontecendo, no verso o “meu prazer virou risco de vida” falando sobre as festas, a bebida e as drogas que para ele eram seu prazer e agora ele não podia mas fazê-los por causa da doença que tinha contraído a AIDS e o que antes deixava-o feliz agora podia matá-lo.Na mesma estrofe ele faz referencia a uma gíria da época “sexo, drogas e rock ‘n’ roll” usada para simbolizar tudo o que era a curtição e ele faz uma ironia dela dizendo que de tanto usar do famoso sex and drugs acabou pegando a doença que posteriormente o mataria falando que o aquilo não era tanta curtição como ele acreditava não tinham mas o rock ‘n’ roll, a parte boa e que mais importava.Cazuza ainda acaba essa estrofe cantando os versos “eu vou pagar/ a conta de um analista/ pra nunca mais ter que saber quem eu sou” dizendo que agora que era famoso só le restava o dinheiro para pagar as pessoas, mas o que mais importava para ele que era quem ele costumava ser, fazer e acreditar não existia mais então ele resolve pagar um analista para dizer quem ele é e não ter que ter uma Ideologia própria diferente do mundo e da maioria.
Dos Santos, Igor Gaio Nascimento, 15 de agosto de 2010

Por isso que o Brasil ta desse jeito, o Cazuza faz uma observação brilhante sobre a realidade do país e um sujeito quer que prestemos ateção em Racionais??? Pelo amor heim…
Se você se contenta com esse lance de cachorras e ainda acha que isso é ampliar conhecimento, fica difícil até argumentar, porque qualquer coisa que possa ser dita vai passar bem longe do seu campo de entendimento…
Ainda bem que o que fica na história da Música brasileira, são os bons músicos, pq se qualquer um perdurasse ao longo dos anos, só teríamos hoje uma grande coleção de lixo aparentemente musical…

Ai coitado, se você tivesse o conhecimento tão ‘ampliado’ como diz, com certeza, teria ido pra escola, estudar, antes de fazer esse comentário ridículo, sem ética, e com erros absurdos de português, né ?!
Então, aprenda uma coisa, ‘ gosto e opiniões, não se discute, apenas se contra argumenta, e aprende com a opinião dos outros. Desculpa, se você não sabia,mas agora só escreva, quando tiver ética, ok ?
E mais uma coisa, se pouco te importa a análise, porque teve o trabalho de copiá-la ?

bom a analise da musica pouco me importa pq copiei tudo dos …… que comentaram e então se tem alguem pra fazer pq eu voh analisar esse lixo. phoda-se tudo eu só quero é ser feliz andar na favela onde eu nasci!!!!!!
pq hj eu so ladrão artigo 157 as cachorras me amam, os playboys se deretem…
hj eu so ladrão artigo 157 a policia bola um plano so heroi dos pivetes…..
viu pur e simples realidade começem a ouvir racionais e ampliem seus conhecimento sobre o mundo de uma forma na qual vcs nunca imaginaram!!!!!
bjusss na bunda e abraçossss por trás!!!

Meu partido / É um coração partido – desilusão com a realidade política, principalmente após a abertura política. A esperança dele acabou tornando-se uma decepção.

E as ilusões / Estão todas perdidas – confirmando a desilusão com a política

Os meus sonhos/Foram todos vendidos – Aqui eu acho que é a sinalização de que o socialismo, a busca de igualdade social estava fazendo água, abrindo espaço para o capitalismo.

Tão barato/Que eu nem acredito/Ah! eu nem acredito… – Confirma a frase acima.

Que aquele garoto/Que ia mudar o mundo/Mudar o mundo/Frequenta agora/As festas do “Grand Monde”… – aqui acho que é um trecho autobiográfico no qual ele deixou de ser um roqueiro com sonho de mobilizar multidões pela música para se tornar mais um baladado, uma celebridade (naquela época nem era usada essa palavra)

Meus heróis/Morreram de overdose – Imagino que Janis, Jimi Hendrix…
Meus inimigos/Estão no poder – coronéis, conservadores…

Ideologia!/Eu quero uma prá viver/Ideologia!/Eu quero uma prá viver… – Uma espécie de socorro.

O meu prazer/Agora é risco de vida – sexo (aids)
Meu sex and drugs/Não tem nenhum rock ‘n’ roll – não tem mais graça
Eu vou pagar/A conta do analista/Prá nunca mais/Ter que saber/Quem eu sou/Ah! saber quem eu sou..- Não quer mais saber do que sente ou dos anseios, entregando os pontos.

Essa música retrata nada mais nada menos…que a vida diante dos reflexos vividos por Cazuza no momento mais difícil de sua vida…ou seja…momento da descoberta de uma doença incurável.Com o contexto da Guerra fria, utilizou de suas habilidades poéticas e bastante conhecimento nos ocorridos polícos do final da década de 80 e inicio da década de 90, e expôs seu ponto de vista a partir de um garoto que via tudo em cima do muro referindo-se ao próprio, com uma opinião construída pela empolgação da “juventude rebelde”, em que se valorizava o sexo e as drogas,justamente o que foram o ponto de partida para sua morte.As falcatruas de um governo pouco preparado e de um país repressor diante da guerra fria,atingiu o contexto da vida de Cazuza e assim por meio da música ideologia, refletiu e mostrou quem são nossos líderes políticos tornando-se nosso inimigos a um certo ponto, pois na visão não mais no mundo bipolar “o garoto que ia mudar o mundo”, mais agora agora ele frequenta “as festas do Grand Monde” (Globalização, demosntra a necessidade de lucro num mundo totalmente capitalista e consumista, nao tendo ao certo uma ideologia a seguir.

Tudo o que foi dito são análises perfeitas. Parece até que Cazuza sabia que seria enternizado pelas suas maravilhosas letras, verdadeiras professias, que serviriam aos mais de 180 milhões de habitantes desse País, ultrapassando gerações e mais gerações, pena que o nosso sistema, também continuará o mesmo, caso não façamos nada. Depende de todos nós revertê-lo e dizer “Eu tenho Ideologia”. O Brasil à respeita…

“O meu prazer, agora é risco de vida” – referente a AIDS.

“meus heróis morreram de overdose” – os musicos

“meus inimigos, estão no poder” – politicos

Os comentários foram simplesmente ótimos,realmente expressam a música e foram de grande ajuda…
A música (no sentido interpretativo)fal principalmente de esperança,busca por objetivos e etc…

Concordo com o Thiago

e o garoto é o próprio Cazuza

Acredito que ele fale de um garoto, que tinha várias idéias revolucionárias, e de repente se vê vetado pelo mundo, que acaba se enquadrando no padrões da sociedade e não ve como sair disso, e ao msm tempo se sente incomodado, que as coisas que ele gosta de fazer são ilegais, por isso tem risco de vida, e as pessoas hipócritas estão detendo o poder e ele num pode fazer nada, fica assistindo tudo em cima do muro, vendo as pessoas que ele admirava e que faziam alguma coisa pelo mundo morrerem e nada mudar. Se ve cercado por uma sociedade cínica, consumista e sem lutas que valham a pena, q se acomoda diante das coisas e ele fica sem ideologia, tentando se esconder de si msm, querendo fugir do analista q é onde ele se percebe, e de repente, a única pessoa que ele tem pra conversar, que ele pode falar, sem ser vetado pela sociedade hipócrita.

Essa Música fala sobre o fim do socialismo e a queda do muro de berlim, o socialismo, seria “o garoto que ia mudar o mundo”, mais agora agora ele frequenta “as festas do Grand Monde” (Globalização).

Abraços

meu partido é um coração partido(os partidos do gorverno parte o coração de qualquer um)
E AS ILUSÕES ESTÃO TODAS PERDIDAS(que ninguem ja não acredita mais nas ilusões ditas por quem governa o mundo (presidentes ou prefeitos)
OS MEUS SONHOS FORAM TODOS VENDIDOS(os sonhos que temos
não pode virar realidades, e esses sonhos foram jogados ao vento!e esses sonhos foram jogados ao vento justamente por não acreditar nas ilusões).

BEM EU SEI SO ISSO MESMO VO ESTUDAR ESSA MUSICA MAIS UM POUCO E AÍ EU TERMINO!

Qual é a sua interpretação?

-->