Velha Infância

4 comentários

Arnaldo Antunes

Você é assim,
um sonho pra mim
e quando eu não te vejo

eu penso em você
desde o amanhecer
até quando eu me deito

eu gosto de você
e gosto de ficar com vc
meu riso é tão feliz contigo
o meu melhor amigo é o meu amor

e a gente cantar
e a gente dançar
e a gente não se cansa

de ser criança
da gente brincar
da nossa velha infância

seus olhos meu clarão
me guiam dentro da escuridão
seus pés me abrem o caminho
eu sigo e nunca me sinto só

Você é assim,
um sonho pra mim
quero te encher de bjos

eu penso em você
desde o amanhecer
até quando eu me deito

eu gosto de você
e gosto de ficar com vc
meu riso é tão feliz contigo
o meu melhor amigo é o meu amor

e a gente cantar
e a gente dançar
e a gente não se cansa

de ser criança
da gente brincar
da nossa velha infância


4 comments on “Velha Infância

  1. aaa disse:

    lekal ‘-‘

  2. A música do extraordinário Arnaldo Antunes é de fácil interpretação, devido a aparente facilidade no entendimento das palavras do mesmo. Mas dentro da mente dele com certeza há interpretações embutidas por trás da composição. Mostra uma pessoa apaixonada, declarando-se à pessoa amada, quando diz que é um sonho para essa pessoa, e passa o dia pensando nela, e que é sua melhor amiga.

  3. Matheus disse:

    Queria uma analise morfologica dessa muscia!!

  4. Liliana Larrosa disse:

    O título da música já diz: velha infância… Se refere à infância que já passou há muito tempo; sente falta da infância que “é assim, um sonho (toda a letra já diz)…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *