Se acaso voce chegasse

Lupicínio Rodrigues

0 comentários

Se acaso você chegasse
No meu chateau encontrasse
Aquela mulher que você gostou
Será que tinha coragem de trocar a nossa amizade
Por ela que já lhe abandonou

Eu falo porque essa dona já mora no meu barraco à beira de um regato e de um bosque em flor

De dia me lava a roupa
De noite me beija a boca
E assim vamos vivendo de amor




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *