Cristina Buarque, João Bosco

Vaso ruim não quebra

Eu já quebrei
E vou te contar no que deu:
Desesperei
Mas não chiei.
Sei que valeu.
Ô meu:
Só vaso ruim não quebra,
É bom lembrar.
Só coração de pedra
Não sabe amar.
Romão – laurinha e eu nos gostamos
Num caminhão pau-de-arara.
Laurinha – junto chegamos ao rio,
Juntos quebramos a cara.
Romão virou camelô.
Romão – laura foi ser governanta.
Laurinha – nossa paixão se amarrou.
Romão – que nem um nó na garganta.
Laurinha – romão bancou o mão-leve.
Romão – laurinha até deu massagem.
Laurinha – mas as barrigas em greve
Romão – transmitiram essa mensagem:
Romão & laurinha – muita atenção, gente fina,
Que quem se aperta é funil:
Quando o pastor late forte
O bassê faz piu-piu.