Categorias
Cyro Monteiro

Boogie woogie na favela

Chegou o samba minha gente,
Lá na terra do Tio San com novidade,
E ele trouxe uma cadêncioa que eé maluca,
Pra mexer toda a cidade,
O Boogie-Woogie, Boogie-Woogie, Boogie-Woogie,
A nova dança que balança, mas não cansa,
A nova dança que faz parte,
Da política da boa vizinhança.

E lá na favela toda batucada,
Já tem Boogie-Woogie,
Até as cobrochas já dançam,
Já falam do tal Boogie-Woogie,
E o nosso samba foi por isso que aderiu,
Do Amazonas, Rio Grande, São Paulo e o Rio,
Ao Boogie-Woogie, Boogie-Woogie, Boogie-Woogie