As Curvas da Estrada de Santos

6 comentários

Roberto Carlos e Erasmo Carlos

Se você pretende saber quem eu sou
Eu posso lhe dizer
Entre no meu carro na estrada de santos
E você vai me conhecer
Você vai pensar que eu não gosto nem mesmo de mim
E que na minha idade só a velocidade
Anda junto a mim
Só ando sozinho
E no meu caminho o tempo é cada vez menor
Preciso de ajuda

Por favor me acuda
Eu vivo muito só
Se acaso numa curva eu me lembro do meu mundo
Eu piso mais fundo

Corrijo num segundo
Não posso parar
Eu prefiro as curvas da estrada de santos
Onde eu tento esquecer
Um amor que eu tive
E vi pelo espelho na distância se perder
Mas se o amor que eu perdi eu novamente encontrar
As curvas se acabam
E na estrada de santos não vou mais passar
Não, não vou mais passar


6 comments on “As Curvas da Estrada de Santos

  1. Michelli disse:

    qual é a análise da música?

  2. Constantino disse:

    Quero saber qual é a interpretação da música As Curvas da Estrada de Santos.Qual foi o motivo que levou Roberto Carlos a esta música.

  3. Danilo disse:

    nessa música ele está descontente com a vida (desilusão amorosa, e por isso viaja perigosamente pelas curvas da estrada em alta velocidade, mas se um dia ele encontrar alguém que torne a vida del melhor, ele não fará mais isso…

  4. Hiram Trindade disse:

    Eu vejo essa musica como a melhor do Roberto Carlos. Interpreto como uma comparação do carro como a vida. A estrada de Santos por ter varias curvas é as dificuldades da vida. E assim ele conta uma fase da vida dele. Muito tri.

  5. mirian disse:

    Esta música está relacionada com a ditadura,durante o exílio de Caetano,Roberto Carlos fez essa música em homenagem à ele.Que levou Caetano às lágrimas.
    Roberto relaciona as “curvas” da estrada como um tipo de “alienação”,que seria um distração para se esquecer da realidade do sofrimento vivido pela população na época.
    Depois diz: “quando me lembro do meu mundo,eu piso mais fundo”.
    Ou seja quando ele se lembra da realidade,ele mais tenta esquecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *