Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!

Alô, alô, marciano
Aqui quem fala é da Terra
Pra variar estamos em guerra
Você não imagina a loucura
O ser humano ta na maior fissura porque
Tá cada vez mais down o high society

Down, down, down
O high society

Alô, alô, marciano
A crise tá virando zona
Cada um por si todo mundo na lona
E lá se foi a mordomia
Tem muito rei aí pedindo alforria porque
Tá cada vez mais down o high society

Down, down, down
O high society

Alô, alô, marciano
A coisa tá ficando russa
Muita patrulha, muita bagunça
O muro começou a pichar
Tem sempre um aiatolá pra atola Alá
Tá cada vez mais down o high society

Down, down, down
O high society

Alô, alô, marciano
Aqui quem fala é da Terra
Pra variar estamos em guerra
Você não imagina a loucura
O ser humano ta na maior fissura porque
Tá cada vez mais down o high society

Down, down, down
O high society



Qual é a sua interpretação?





*



5 Comentários

Uma pessoa do planeta Terra se comunicando com um marciano contando os fatos que estão acontecendo na terra, como as guerras e os seres humanos querendo entrar cada vez mais no mundo rico e etc etc…

A música, criada durante o período da ditadura militar e de severa crise econômica e aumento das diferenças sociais, critica a imagem da alta sociedade, que posava de “está tudo bem, muito obrigada!”, quando na verdade o país inteiro estava em decadência não apenas econômica, mas sobretudo moral e cultural.
Ao dizer “Aqui quem fala é da Terra”, significa “sou alguém real, pessoa comum, cidadão, trabalhador, a ralé”.
“Pra variar, estamos em guerra” fala dos conflitos internos (e externos também!) do período. “O ser humano tá na maior fissura” são os desejos de mudança proposto pela resistência da esquerda, que se mobilizava para derrubar o governo militar.
“A crise tá virando zona” é a banalização dos assuntos econômicos e sociais por parte do governo. “Cada um por si, e todo mundo na lona” era dizendo que quem era pobre, subalterno, estava se ferrando, mas quem parecia estar por cima não estava bem, na verdade. Estava na lama do mesmo jeito, porque o poder e o status de riqueza era apenas fachada. “Lá se foi a mordomia. Tem muito rei aí pedindo alforria” Trata dos cortes internos que privavam a “high society” de certos confortos, embora mantivessem a aparência, além de dizer de outros governos ditadores que caíam por todo o mundo, servindo de alerta para o nosso.
“A coisa tá ficando russa. Muita patrulha, muita bagunça, o muro começou a pichar” Eram os movimentos dos militares e centros de controle, com seus muitos “olhos e ouvidos” espalhados pela sociedade, camuflados, tentando fisgar os traidores, mas já não obtendo o mesmo êxito de antes, pois “o muro começou a pichar” eram os movimentos de resistência conseguindo chamar a atenção do mundo para a situação de violência e caos em que vivíamos.
“Tem sempre um aiatolá pra atolar” Havia sempre pessoas do alto escalão cometendo erros que os expunham e o governo militar ia perdendo espaço, a cada dia.
“Tá cada vez mais down (pra baixo) the high society (a alta sociedade, o poder)”. Dizia do enfraquecimento da máquina pública repressora. Dizia que estava cada vez mais debilitada, dando sinais de que ruiria, mais cedo ou mais tarde.
Era 1980. Poucos anos depois acabaria de vez o regime militar, confirmando a previsão feita por Rita Lee e Roberto de Carvalho, compositores da música.
Elis Regina, que imortalizou a canção, era militante de esquerda, tendo sofrido muitas ameaças por declarações feitas e participação nos movimentos de artistas contra o regime. Chegou, inclusive, a filiar-se ao PT, pouco depois da sua fundação.
;)

logo no começo ela esta tentando se comunicar com pessoas de outro planeta(com a intensão de pedir ajuda),logo após Elis comenta sobre a situação atual do país e do mundo “Pra variar estamos em guerra
Você não imagina a loucura
O ser humano ta na maior fissura” ,em seguida ela explica o motivo de todo caos:” porque
Tá cada vez mais down(para baixo) o high society(a alta sociedade).
quem cria as guerras não é a população,é a elite(alta sociedade),somos apenas subordinados a eles.

Estava no periodo da ditadura, e por isso este trecho: ”Aqui quem fala é da Terra,Pra variar estamos em guerra…”

Essa música fala de um período em que a classe A estava em decadência. Também é mais voltado para o uso de drogas (cocaína, o que pode ser traduzido na seguinte estrofe: “O ser humano ta na maior fissura poruqe
Tá cada vez mais down na high society”.

Qual é a sua interpretação?

-->