A banda

Hoje eu acordeiCom saudades de vocêBeijei aquela fotoQue você me ofertouSentei naquele bancoDa pracinha só porqueFoi lá que começouO nosso amor… Senti que os passarinhosTodos me reconheceramE eles entenderamToda minha solidãoFicaram tão tristonhosE até emudeceramAí então eu fiz esta canção… A mesma praça, o mesmo bancoAs mesmas flores, o mesmo jardimTudo é igual, mas estou […]

General da banda

Chegou o general da banda, he heChegou o general da banda, he aChegou o general da banda, he heChegou o general da banda, he a Mourão mourãoVara madura que não caiMourão, mourão, mourãoCatuca por baixo que ele vaiMourão mourãoVara madura que não caimourão, mourão, mourãoCatuca pro baixo que ele vai Chegou o general da banda, […]

Banda um

BandaUmBandaUmBandaUmBanda – ô-iê Iê-iê-iê-iê BandaUmBandaUmBandaUmBanda – ô-ô (Iô-iô-iô-iô) Banda Um que toca um balanço parecendo polka UmBandaUmBandaUm Banda Um que toca um balanço parecendo rumba UmBandaUmBandaUm Banda Um que é África, que é Báltica, que é Céltica UmBanda América do Sul Banda Um que evoca um bailado de todo planeta UmBandaUm, Banda Um BandaUmBandaUmBandaUmBanda – […]

A Banda do Zé Pretinho

A Banda Do Zé Pretinho chegou Para animar a festa…(2x) Zambá, Zambé, Zambí Zambó, Zambú, Zambá…(2x) Samba Zé Pretinho Samba Rei bonito Crioulo, que eu quero ver Anima a festa, Crioulo Rei Põe alegria Bota a tristeza prá correr… Peça à banda prá tocar Que todos nós Dançamos com você Mistura bumbo com violino Pandeiro, […]

A Banda

Estava a toa na vidaO meu amor me chamouPra ver a banda passarCantando coisas de amor A minha gente sofridaDespediu-se da dorPra ver a banda passarCantando coisas de amor O homem sério que contava dinheiro parouO faroleiro que contava vantagem parouA namorada que contava as estrelas parouPara ver, ouvir e dar passagem A moça triste […]

Respeita Januário

Quando eu voltei lá no sertãoEu quis mangar de JanuárioCom meu fole prateadoSó de baixo, cento e vinte, botão preto bem juntinhoComo nêgo empareadoMas antes de fazer bonito de passagem por GranitoForam logo me dizendoDe Taboca à Rancharia, de Salgueiro à Bodocó, Januário é o maior!E foi aí que me falou meio zangado o véi […]

Faixa amarela

Eu quero presentearA minha linda donzelaNão é prata nem é ouroÉ uma coisa bem singelaVou comprar uma faixa amarelaBordada com o nome delaE vou mandar pendurarNa entrada da favela (2x) Vou dar-lhe um gato angoráUm cão e uma cadelaUma cortina grená para enfeitar a janelaSem falar na tal faixa amarelaBordada com o nome delaQue eu […]

O menino da porteira

Toda vez que eu viajava pela estrada de Ouro FinoDe longe eu avistava a figura de um meninoQue corria a abrir a porteira, depois vinha me pedindo“Toque o berrante, seu moço, que é pra eu ficar ouvindo”.Quando a boiada passava e a poeira ia abaixandoEu jogava uma moeda e ele saía pulando“Obrigado, boiadeiro, que Deus […]

Caboclo na cidade

Seu moço eu já fui roceiroNo triângulo mineiroOnde eu tinha o meu ranchinhoEu tinha uma vida boaCom a Isabel minha patroaE quatro barrigudinhosEu tinha dois bois carreirosMuito porco no chiqueiroE um cavalo bom arreadoEspingarda cartucheiraQuatorze vacas leiteirasE um arrozal no banhado Na cidade eu só iaA cada quinze ou vinte diasPra vender queijo na feiraE […]

No mesmo colar

O ondular do mar no quintalÉ o passo carioca, oi maré-carnaval!Canavial de João CabralRodas de viver: baianas de São SalvadorO estandarte eu fiz do luarNas igrejas de Ouro Preto ao relampejarE eu vou beber mas sem desabarCravo as mãos no arQue nem faz a Serra do MarNo PantanalAs constelaçõesSão irmãs das revoadasEstrelas são ararasEm debandada […]

Galos de briga

Cristas de incêndio crispadas,cristas de fogo de espadas,cristas de luz suicida,lúcidas de sangue futuro.Cristas crismadas em rubro;não rubro rosa assustada,de rosa estufa, canteiro,mas rubro vinho maduro,rubro capa, bandarilha,rosa atirada ao toureiro.Não o rubrancor da vergonha,mas os rubros de ataduras,o rubro das brigas durasdos galos de fogo puro,rubro gengivas de ódioantes das manchas do muro.

Borboleta não é ave

Borboleta não é ave,Borboleta ave é,Borboleta só é aveNa cabeça de muié… Borboleta quando é pretaTem parência de urubuBorboleta quando é roxaTorna a gente jururu (bis) Borboleta não é ave,Borboleta ave é,Borboleta só é aveNa cabeça de muié… Borboleta, borboletaDe voar nunca se cansa,Menina de perna finaDe socó tem semelhança… (bis) Borboleta não é ave,Borboleta […]

Heavy metal do Senhor

O cara mais underground que eu conheço é o DiaboQue no inferno toca cover das canções celestiaisCom sua banda formada só por anjos decaídosA platéia pega fogo quando rolam os festivais Enquanto isso Deus brinca de gangorra no playgroundDo céu com santos que já foram homens de pecadoDe repente os santos falam: Toca, Deus, um […]

Minha palhoça

Se você quisesse morar na minha palhoçaLá tem troça, se faz bossaFica lá na roça à beira do riachãoE à noite tem um violãoUma roseira cobre a banda da varandaE ao romper da madrugadaVem a passarada abençoar nossa união Tem um cavaloQue eu comprei em PernambucoE não estranha a pistaTem jornal, lá tem revistaUma kodak […]

De repente, Califórnia

Garota, eu vou pra CalifórniaViver a vida sobre as ondasVou ser artista de cinemaO meu destino é ser star O vento beija meus cabelosAs ondas lambem minhas pernasO sol abraça o meu corpoMeu coração canta feliz Eu dou a volta, pulo o muroMergulho no escuroSarto de bandaNa Califórnia é diferente, irmãoÉ muito mais do que […]

Dora

Dora, rainha do frevo e do maracatu Dora, rainha cafuza de um maracatu Te conheci no RecifeDos rios cortados de pontes Dos bairros, das fontes coloniaisDora, chameiÒ Dora! . . .Ò Dora! Eu vim à cidade Pra ver você passar Ò Dora … Agora no meu pensamento eu te vejo requebrando Pra cá,ora prá lá Meu bem! ….Os clarins da banda militar, tocam para […]

Feeling da música (co-autores Ricardo Augusto e Hildon)

Eu vou tocar meu violão A música não pode parar Eu vou tocar meu violão A música não pode parar De que adianta o carnaval? Sem música Passar a noite de natal Sem música De que adianta tanto amor? Sem música Também dançar no xilindró Sem música Fazer a coreografia Sem música Dançar axé lá […]

4. Tradições e festas de Pirapora (Geraldo Filme – apresentação Plinio Marcos)

Aí o pessoal saiu do Largo da Banana, que não tinha mais, e foram parar lá na Rua Aimoré, na rua das tabocas. Alí naquele pedaço maldito, que quando chegava agosto o mulheril fazia uma caravana e iam tudo para Pirapora. Iam levar cachaça para o Bom Jesus de Pirapora beber. E onde vai mulher, […]

Cavaleiros de Bom Jesus (João Alves, Nhô Silva e Teddy Vieira)

Senerino e Zé Diniz Estes santo ele adora São chefe nas romaria Ai, ai, Bom Jesus de Pirapora Na matriz de Santo Amaro Reza a missa das deis horas Pelas alma dos romeiros Ai, ai, Bom Jesus de Pirapora Toca a banda da arvorada Os rojão nos ar istora Vai saí o porta bandeira Ai, […]

Moleque indigesto

  Eta, moleque bamba Pega a cabrocha Pisca o olho E cai no samba Esse moleque Sabe ser bom Faz o “footing” Lá no Leblon Bebe, joga, fuma “Yolanda” Toca trombone na banda Esse moleque É de encomenda Já foi vaqueiro Numa fazenda Pega, pega, como ninguém Aquelas vacas de cem… Esse moleque É bom […]

Doze Anos

Ai, que saudades que eu tenho Dos meus doze anos Que saudade ingrata Dar banda por aí Fazendo grandes planos E chutando lata Trocando figurinha Matando passarinho Colecionando minhoca Jogando muito botão Rodopiando pião Fazendo troca-troca Ai, que saudades que eu tenho Duma travessura Um futebol de rua Sair pulando muro Olhando fechadura E vendo […]

Alô, Liberdade

Alô, liberdade Desculpa eu vir Assim sem avisar Mas já era tarde E os galos tão Cansados de cantar Bom dia, alegria A minha companhia Vai cantar Sutil melodia Pra te acordar Quem vai querer tocar trombeta Pem pererém pererém Pempem Quem vai querer tocar matraca Tracatracatraca Tracatraca Quem vai de flauta e clarineta Fi […]

Pra Mais Tarde Fazermos A Cabeça

Como quem vai, a gente impera … não sobra nem a ponta Santos, Charlie Brown! Num inferno quadrado, embaçado e trancado Cheio de maus olhares querendo comer, o soco, aqui Fumo um negócio e enlouqueço E tropeço direto pro meu ensaio Tocar Fazer minha banda rolar! Num pago, não devo dinheiro, tiro certeiro É a […]

Erga-Te

Erga-te Carlo Erga-te Frank Erga-te Marcelo Erga-te Alexandre * Graforreium Xilarmonicus Graforreium Xilarmonicus Graforreium Xilarmonicus Graforreium Xilarmonicus * Vamos para o culto ecumênico Levando um temperinho verde Garrafa térmica com suco de laranja Pipocas doces e salgadas * Vamos aliviar o peso Da consciência que já está pesada No pescoço você pendura o terço Na […]

Sou Carioca, Sou do Rio de Janeiro (c/ Martinho da Vila)

Tô contrito Concentrado Tô pensando Pensando em quê? No Rio de Janeiro No Rio de Janeiro, de janeiro, de janeiro Sou carioca, sou do Rio de Janeiro E o nosso Rio não é só Março e Fevereiro Tem pagode o ano inteiro Alô bloco do pagodão Alô Cacique de Ramos Galera do Terreirão Martinho, e […]

Aquele Abraço

O Rio de Janeiro Continua lindo O Rio de Janeiro Continua sendo O Rio de Janeiro Fevereiro e março… Alô, alô, Realengo Aquele Abraço! Alô torcida do Flamengo Aquele abraço!…(2x) Chacrinha continua Balançando a pança E buzinando a moça E comandando a massa E continua dando As ordens no terreiro… Alô, alô, seu Chacrinha Velho […]

A urgência

Hoje é o dia da revoluçãoNão há ninguém nas ruasVocê está sozinhoPronto… pra sujar as mãos Muito antes de dizerNão havia tempo pra agirEsquecer tudo o que leuMais teorias pra cuspir Muitos já tentaram, muitos vão morrerSeja justo, não há causa, não ceda outra face pra bater Há urgência em estar vivo!Outra forma de pensar! […]

Infinita Highway

Você me faz, correr demais Os riscos desta Highway Você me faz, correr atrás Do horizonte desta Highway Ninguém por perto O silêncio no deserto Deserta Highway… Estamos sós E nenhum de nós Sabe exatamente Onde vai parar Mas não precisamos Saber prá onde vamos Nós só precisamos ir Não queremos Ter o que não […]