Roberta Sá

A vizinha do lado

A vizinha quando passa com seu vestido grená
Todo mundo diz que é boa
Mas como a vizinha não há.

Ela mexe com as cadeiras pra cá
Ela mexe com as cadeiras pra lá
Ela mexe com o juízo do homem que vai trabalhar.

Há um bocado de gente na mesma situação
Todo mundo gosta dela na mesma doce ilusão
A vizinha quando passa e não liga pra ninguém
Todo mundo fica louco e o seu vizinho também.