Clementina de Jesus

Garças pardas

Ouvi falar nas garças pardas 
Mas pensei que era brinquedo 
Nas florestas onde andei encontrei 
Plantas que até tive medo 
(Lá nas matas tudo é segredo) 

Eu pensei e estou arrependido 
Lá nas matas passei anos bem vividos 
Eu vi garças pardas 
Borboletas e um colorido tão sutil 
Que saudade que eu tenho das florestas do meu Brasil 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>