Caetano Veloso

Bonina (Caetano Veloso e Capinan)

A bonina que é flor roxa
Tô preso no pelourinho
Se me soltar ê ê ê ê
Eu vou-me embora

Menina, minha menina
Não solte o seu canarinho
Se soltar quero pegar
Nas asas do passarinho

Me traga um limão maduro
Para matar minha sede
Vim precisado de tudo
De água, ternura e rede

A bonina que é flor roxa
Tô preso no pelourinho
Se me soltar ê ê ê ê
Eu vou-me embora

Menina, minha menina
Tô preso por gente fina
Só por causa de um limão
E as asas de um passarinho
Se me soltar ê ê ê ê
Eu vou-me embora

Me cortaram o coração
Só por um beijo na boca
A bonina que é flor roxa
Na hora da precisão

A bonina que é flor roxa
Tô preso no pelourinho
Se me soltar ê ê ê ê
Eu vou-me embora

Menina, minha menina
Me solta do pelourinho
Se me soltar vou-me embora
Vou riscar o meu caminho
Vou sem mágoas da senhora

Menina, minha menina
Pr’ onde for só levo as penas
Das asas do passarinho
A bonina que é flor roxa
Tô preso no pelourinho
Se me soltar ê ê ê ê
Eu vou-me embora ê ê ê ê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>