A europa curvou-se ante o Brasil

Arrigo Barnabé, Paulinho da Viola

Compositor(a) da letra: Carlos Rennó, Arrigo Barnabé e Bozzo Barretti

Álbum da letra: Tubarões Voadores

Ano de lançamento: 1984

0 comentários

O pão de açúcar de cada dia

Ao ver o pássaro planar, no céu voar
Já era um sonho o aeroplano
De um menino a empinar pipa no ar
Queria ser o inventor do avião
Entre um par de asas, mandaria brasa
Sabe quem era o sonhador?
Santos Dumont!

Com sua pose e seu chapéu
Em pleno céu, no 14-bis
Tal e qual um giz
O quadro azul do ar riscou
E se arriscou

Sobre a história e o chão
Num voo bom foi à glória o homem
Nas alturas, nuvens
A nossa mãe da invenção
Santos Dumont!

Não viva todo mundo, não
Viva o Dumont, que esteve à margem
Mas teve coragem
A nossa mãe da invenção
Santos Dumont!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *