Moço

Adelino Moreira

Compositor(a) da letra: Adelino Moreira

Álbum da letra: Adelino Moreira na Intimidade

Ano de lançamento: 1969

0 comentários

Moço,
Passe por outro caminho
Pois por aqui meu benzinho
Passou e vai regressar
Dois olhos brilhando mais que dois astros
Dois pés deixando dois rastros
Que ninguém deve apagar

Moço,
Passou cantando, tão bela
Que a brisa que veio com ela
Tocou a relva em flor
E as flores que circundam o caminho
Fizeram coro baixinho
Na mesma trova de amor

Moço,
Todo meu ser agoniza
Quando, de leve, ela pisa
A terra quente do chão
Parece que eu tenho dentro do peito
Um longo caminho estreito
Bem verde, um coração

Moço,
Às vezes tenho desejo
De surpreendê-la num beijo
Para ver se ela me quer…
Reflito e o meu desejo fraqueja
Temendo que ela seja
Um anjo feito mulher…




Comments are closed here.