Faça o download do App do Análise de Letras para Android! É grátis!


Últimas Análises

Gente, o teatro dos vampiros é na realidade o teatro feito pelos governantes da época. A música falava basicamente de uma pessoa deprimida que precisava de atenção, que não tinha uma identidade definida (acho que não sei quem sou) e que deixava que outros lhe impusessem as coisas (só sei do que não gosto.) Ele começa a falar do período de violência (dias tão estranhos) onde as pessoas ficavam com medo de sair de casa (fica a poeira se escondendo pelos cantos). Então ele fala também da inflação (o que é demais nunca é o bastant e), da dificuldade do jovem conseguir o primeiro emprego ( a primeira vez é sempre a última chance), e novamente fala da violência e da população acuada (os assassinos estão livres, nós não estamos). Depois ele começa a relatar a busca por emprego, da receção econômica da época e do envelhecimento precoce causado pela preocupação excessiva em conseguir se sustentar. Então ele vê que essa preocupação toda é bobagem e tranquiliza seus amigos dizendo que tudo bem, ele só que se divertir, quer esquecer daquela noite estressante e procurar um lugar legar pra ir. Depois disso eles resolvem que iriam deixar de procurar emprego juntos como se fossem uma milícia (já entregamos o alvo e a artilharia). Cada um olhou um para outro e decidiram que era hora de se separar, mas esperavam se encontram algum dia. Depois disso, ele teve um choque de realidade, se deu conta que estava sozinho, mas ele se lembrou da TV (você me veio como um sonho bom) e se percebeu que ela também é manipuladora, por isso ele se assusta. Ele jamais se esquecerei daquele momento de reflexão (a decepção com o sonho bom). Daí ele reflete sobre a riqueza que nós temos: os valores, a amazonia, a cultura, enfim coisas que ninguém consegue perceber mas que alguém deveria defender, mas ao pensar nisso tudo, ele teve medo e não conseguiu dormir. Por fim ele se lembra daqueles episódios onde ele e seus amigos estavam desempregos e ao comparar sua vida com a dos outros e chega a conclusão que não deveria ter culpa de ninguém porque as pessoas estavam sofrendo de certa forma por causa dos governantes que elas elegeram.
tinha uma amiga que ajudava ele em tudo só queria fica com ele e fazer se sentir melhor,porque ela não tinha ninguém além dele pra se depara, porque ela também tava perdida no mundo,só que ela se joga no mundo e termina com ele
achei legal
no "calor do momento", queria tento opinar que acabei fazendo um texto mau feito, mas se aqui está um versão melhor de tudo que falei: " Ao levarmos em consideração, nossas ideologia, o raciocínio , a musica serve como um instrumento de reflexão: "tire suas mão de mim eu não pertenço a você" seria critica a forma que a propaganda nos torna incapaz de pensar, de não refletir, de questionar, argumentar, sobre as informações que chegam até elas, fazendo com que nossas opiniões não sejam próprias mas a partir do que a rádio, a televisão, as mídias de um modo geral, que no fim resulta no enriquecimento das empresas dando força ao capitalismo (antes de julgar deixo claro que não sou socialista), onde o dinheiro vale mais que a moral e a ética, o status e a boa aparência vale mais do que o caráter. "ficaremos acordados Imaginando alguma solução Prá que esse nosso egoísmo Não destrua nosso coração…" outra deixa para pensarmos como nos tornamos egoístas pelo dinheiro, em nossas casas vivemos nossas vidas sem pensar no próximo, sentimos vontades de comprar, comprar, comprar, adquirir celulares, computadores, carros, roupas, etc. e esquecemos de ajudar o próximo, não pensamos que o dinheiro que gastamos em excesso poderia ajudar uma pessoa que as vezes mau tem o que comer Pense como seria o Brasil se os políticos pensassem na população e não nos reais (parece impossível, porém, o futuro senador, presidente, deputado somos nós, os jovens, e se cada um de nós mudar, futuramente podemos mudar o rumo da República Federativa do Brasil), se todos nós ao menos uma vez ajudássemos uma instituição beneficente ou tomasse uma iniciativa que ajudasse nossa sociedade. O poder de mudar o lugar onde vivemos está dentro de cada um de nós, se mudarmos nossa filosofia capitalista (não estou em defesa do socialismo pois sabemos que o socialismo em prática infelizmente resulta em ditaduras, com uma pessoa com o objetivo de ter o poder e dominar ao invés de ter o poder e usar em favor comum no comando) para uma filosofia de união entre as pessoas teremos o Brasil que tanto sonhamos. Essa é a diferença entre VERDADEIROS ARTISTAS (pois arte é expressão, uma forma de retratar a realidade e não só o que segue os padrões de beleza) como Renato russo, que até hoje é uma referencia e nos leva a pensar, e esses "cantores" (se é que eles merecem ser chamados assim) que hoje em dia fazem sucesso devido ao ibope que os meios de comunicação dão a eles, sem qualidade nenhuma, que não passam de modinhas que logo caíram em esquecimento (graças a Deus, pois é horrível ficar lembrando das coisas ruins da vida)."
apenas completando... 'ficaremos acordados Imaginando alguma solução Prá que esse nosso egoísmo Não destrua nosso coração…" outra deixa para pensamos como nos tornamos egoístas pelo dinheiro, em nossas casas vivemos nossas vidas sem pensar no próximo, sentimos vontades de comprar, comprar, adquirir celulares, pcs, carros, roupas, etc. e esquecemos de ajudar o próximo, esquecemos que o dinheiro que gastamos em excesso poderia ajudar uma pessoa que as vezes mau tem o que comer, pense como seria o Brasil se os políticos pensassem na população e não nos reais, se todos nó ao menos uma vez no mês parasse um pouco e fosse ajudar uma instituição beneficente ou tomasse uma iniciativa que ajudasse nossa sociedade, o poder de mudar o lugar onde vivemos está dentro de cada um de nós, se hoje mudarmos iremos mudar o futuro de nossa nação, se mudarmos nossa filosofia capitalista (não estou em defesa do socialismo pois sabemos que o socialismo em prática infelizmente resulta em ditaduras, com uma pessoa com o objetivo de ter o poder e dominar ao invés de ter o poder e usar em favor comum no comando) para uma filosofia de união entre as pessoas.
Ao levarmos em consideração a época, a ideologia, o ponto de vista social, a musica seria uma critica a nossa sociedade "tire suas mão de mim eu não pertenço a você" seria a forma que a propaganda torna as pessoas incapazes de pensar, de não refletir, de questionar, argumentar, sobre as informações que chegam até elas, fazendo com que nossas opiniões não sejam própias mas a partir do que a rádio, a televisão, as mídias de um modo geral, que no fim resulta no enriquecimento das empresas dando força ao lado negativo do capitalismo, onde o dinheiro vale mais que a moral e a ética.
Vejo essa musica como um desabafo do renato, ele fez a musica na mesma época em que descobriu estar com aids "Quando tudo está perdido Sempre existe um caminho Quando tudo está perdido Sempre existe uma luz Mas não me diga isso" Nesse verso o renato se refere aquelas pessoas que quando você esta mal vivem falando que "tudo vai ficar bem" "que vai passar" etc. Mas não é isso que ele quer ouvir, ele não quer consolo, ele quer uma solução "Hoje a tristeza não é passageira Hoje fiquei com febre a tarde inteira e quando chegar a noite cada estrela parecerá uma lágrima" aqui o Renato meio que fala sobre a aids se referindo a mesma como a febre, que é um sintoma da aids, dizendo que ela não passa, e comenta sobre a sua tristeza "queria ser como os outros e rir das desgraças da vida ou fingir estar sempre bem ver a leveza das coisas com humor" ja aqui ele diz que por mais que queira não é mais feliz, e nem ao menos consegue fingir ser e que ele ao menos gostaria de conseguir fingir "mas não me diga isso e só hoje e isso passa só me deixe aqui quieto isso passa" e ainda assim ele não que que comentem sobre como ele anda triste, e revela que quer ficar sozinho "amanha é um outro dia não é eu nem sei porque me sinto assim vem de repente um anjo triste perto de mim" acredito que quando o renato diz " amanha é um outro dia não é" é mais uma pergunta para si mesmo do que para outra pessoa, e revela novamente o quanto esta triste "e essa febre que não passa e meu sorriso sem graça não me dê atenção mas obrigado por pensar em mim" é quase uma despedida, é como se ele disse-se que a aids não passa esta tudo acabado, porem ele não quer ninguem triste chorando por ele, mas mesmo assim esta grato por se preocuparem, por starem ao lado dele "quando tudo está perdido sempre existe uma luz quando tudo está perdido sempre existe um caminho quando tudo está perdido eu me sinto tão sozinho quando tudo está perdido não quero mais ser quem eu sou" tudo pra ele esta perdido, não existe mais um caminho, uma luz, etc e ele se sente sozinho "mas não me diga isso não me dê atenção e obrigado por pensar em mim não me diga isso não me de atenção e obrigado por pensar em mim." novamente ele pede pra não se preocuparem com ele
Renato não queria dizer Índios realmente, ele queria se referir Índios como sendo ingênuos e inocentes. A musica dizia muito sobre a depressão dele, qual foi feita logo após ele tentar suicídio o que se pode ver muito bem na parte em que ele diz: " Eu quis o perigo e até sangrei sozinho, entenda." Ele havia cortado os pulsos. Logo depois ele diz: " Assim pude trazer você de volta para mim. Quando descobrir que é sempre só você Que me entende do início ao fim. E é só você que tem a cura pro meu vício De insistir nessa saudade que eu sinto De tudo que eu ainda não vi." E isso faz referencia a Deus, ele quis se matar para encontrar Deus pois ele era o único a entende-lo de verdade. E no final da frase ele diz ter saudade daquilo que ainda não viu, isso que dizer, que ele tinha uma tristeza imensa pelo mundo ser como era e ele apenas queria que ele fosse melhor. Essa era a depressão de Renato, o fato de o mundo cada vez mais cair na decadência.
É uma musica que mostra a importância da criação de uma pessoa, porquê todos são filhos e talvez a maioria sejam pais, independente de como você foi criado. A musica analisa a vida em sí, por um tipo de reflexão feita pelo compositor através de coisas simples mas que são importantíssimas para a vida de alguém, refletindo sobre o tal suícidio. A melhor parte da musica "Dorme agora Uuuhum! É só o vento Lá fora…" na minha opinião, retrata um sentimento de proteção.
O tema central da música é que não importa o que aconteça, não magoe alguém a toa, nunca sabemos o dia de amanhã. Fala também que muitos filhos são ignorantes com os pais e não entendem que só querem nos proteger, muita gente não entende-os, mas afinal, são crianças como agente. Realmente é uma canção muito linda, retrata o cotidiano de algumas famílias, várias pessoas se identificam com essa música.
boa gostei
... ESTÁ CANÇÃO É SIMPLISMENTE LINDA , RETRATA SITUAÇÕES QUE ACONTECEM DIARIAMENTE ENTRE PAIS E FILHOS , TENDO COMO PONTO PRINCIPAL O " AMOR " ...
Quem acha que essa música fala de droga,pode até está certo,mas o foco principal é a luta que os jovens,pós adolescente enfrentam em um mundo que pra todos os fins,eles ñ estão totalmente preparados para encarar.(Vamos sair – mas não temos mais dinheiro Os meus amigos todos estão procurando emprego Voltamos a viver como há dez anos atrás E a cada hora que passa Envelhecemos dez semanas) Ele se vê preso entre a responsabilidade e a irresponsabilidade (Vamos lá, tudo bem – eu só quero me divertir. Esquecer, dessa noite ter um lugar legal pra ir…).Ele agora começa a definir as suas metas futuras e se afastando um pouco dos amigos da infância e adolescência (Já entregamos o alvo e a artilharia Comparamos nossas vidas E esperamos que um dia Nossas vidas possam se encontrar). Ele agora começa a perceber que q vida é mioto mais do que ele imaginava e tendo que encarar a responsabilidade do dia a dia (Quando me vi tendo de viver comigo apenas E com o mundo...) E agora sim,ele fala da (TV) tetro de vampiros,com o seu poder de manipulação (Você me veio como um sonho bom E me assustei Não sou perfeito Eu não esqueço A riqueza que nós temos Ninguém consegue perceber E de pensar nisso tudo, eu, homem feito Tive medo e não consegui dormir Comparamos nossas vidas E mesmo assim, não tenho pena de ninguém).Ela nos enrola,nos ludibria,e só quando amadurecemos é que vamos perceber que tudo isso era mentira.
Particularmente, e não querendo fazer uma análise minuciosa de cada estrofe, entendo que o contexto desta letra é a relação entre pais e filhos no mundo pós-moderno, no qual, os filhos tomam, não rara as vezes, conta dos pais que negligenciam a educação, a falta que a família faz para um jovem. O adolescente rebelde e pais alienados, mostra o erro dos filhos por acharem que já sabem tudo e dos pais que diante das alterações consequentes da vida moderna conduzem a uma falta de sintonia, a mulher saindo de casa para trabalhar, o pai chegando em casa cada vez mais tarde, para ganhar mais dinheiro num mundo pós-moderno regido pelo consumismo, a onda de divórcios, casamentos inconsistentes etc. Não obstante, ele provoca o ouvinte com indagações do que é certo para você, qual realmente é a verdade. Porém no refrão ele sintetiza que a única verdade é amar ao próximo. Isso claro também se aplica à família, independente dos anseios dos pais e das convicções dos filhos o que importa de verdade é realmente o amor. Sou a gota d’agua , sou o grão de areia, simboliza, a meu ver, que isso ocorre com todos que isso não relata um fato isolado. A genialidade de Renato Russo é justamente essa provocar o ouvinte a refletir, analisar o que ele está querendo dizer e muitas vezes ao interpretar Renato Russo você vai além mesmo do ele apenas quis passar com a letra. Um gênio. Assim como uma pintura abstrata que te leva a refletir, reavivar nosso ser pensante de várias maneiras, sem limites.
estudo