Ainda e cedo

Uma menina me ensinouQuase tudo que eu seiEra quase escravidãoMas ela me tratava como um reiEla fazia muitos planosEu só queria estar aliSempre ao lado delaEu não tinha aonde irMas, egoísta que eu sou,Me esqueci de ajudarA ela como ela me ajudouE não quis me separarEla também estava perdidaE por isso se agarrava a mim… Read More Ainda e cedo

Angra dos reis

Deixa, se fosse sempre assimquente, deita aqui perto de mimTem dias, que tudo está em pazE agora os dias são iguais Se fosse só sentir saudadeMas tem sempre algo maisSeja como forÉ uma dor que dói no peitoPode rir agora que estou sozinhoMas não venha me roubar… Vamos brincar perto da usinaDeixa pra lá, a… Read More Angra dos reis

As flores do mal

Eu quis vocêE me perdiVocê não viuE eu não sentiNão acredito nem vou julgarVocê sorriu, ficou e quis me provocarQuis dar uma volta em todo o mundoMas não é bem assim que as coisas sãoSeu interesse é só traição E mentir é fácil demaisMentir é fácil demaisMentir é fácil demaisMentir é fácil demais Tua indecência… Read More As flores do mal

Baader-Meinhof Blues

A violência é tão fascinanteE nossas vidas são tão normaisE você passa de noite e sempre vêApartamentos acesosTudo parece ser tão realMas você viu esse filme também. Andando nas ruasPensei que podia ouvirAlguém me chamandoDizendo meu nome. Já estou cheio de me sentir vazioMeu corpo é quente e estou sentindo frioTodo mundo sabe e ninguém… Read More Baader-Meinhof Blues

Eduardo e Monica

Quem um dia irá dizer Que não existe razão Nas coisas feitas Pelo coração E quem irá dizer Que não existe razão?… Eduardo abriu os olhos Mas não quis se levantar Ficou deitado E viu que horas eram Enquanto Mônica Tomava um conhaque No outro canto da cidade Como eles disseram… Eduardo e Mônica um… Read More Eduardo e Monica

Eduardo e Monica

Quem um dia irá dizerQue não existe razãoNas coisas feitasPelo coraçãoE quem irá dizerQue não existe razão?…Eduardo abriu os olhosMas não quis se levantarFicou deitadoE viu que horas eramEnquanto MônicaTomava um conhaqueNo outro canto da cidadeComo eles disseram…Eduardo e Mônica um diaSe encontraram sem quererE conversaram muito mesmoPrá tentar se conhecer…Um carinha do cursinhoDo Eduardo… Read More Eduardo e Monica

Eu Sei

Sexo verbalNão faz meu estiloPalavras são errosE os erros são seus… Não quero lembrarQue eu erro tambémUm dia pretendoTentar descobrirPorque é mais forteQuem sabe mentirNão quero lembrarQue eu minto também… Eu sei! Eu sei!… Feche a porta do seu quartoPorque se toca o telefonePode ser alguémCom quem você quer falarPor horas e horas e horas…… Read More Eu Sei

Faroeste Caboclo

– Não tinha medo o tal João de Santo Cristo, Era o que todos diziam quando ele se perdeu. Deixou pra trás todo o marasmo da fazenda Só pra sentir no seu sangue o ódio que Jesus lhe deu. Quando criança só pensava em ser bandido, Ainda mais quando com um tiro de soldado o… Read More Faroeste Caboclo

Geracao coca-cola

Quando nascemos fomos programados Pra receber de vocês Nos empurraram com os enlatados Dos U.S.A., de nove as seis Desde pequenos nos comemos lixo Comercial e industrial Mas agora chegou nossa vez Vamos cuspir de volta o lixo em cima de vocês Somos os filhos da revolução Somos burgueses sem religião Somos o futuro da… Read More Geracao coca-cola

Ha tempos

Parece cocaínaMas é só tristezaTalvez tua cidadeMuitos temores nascemDo cansaço e da solidãoDescompasso, desperdícioHerdeiros são agoraDa virtude que perdemos… Há tempos tive um sonhoNão me lembro, não me lembro… Tua tristeza é tão exataE hoje o dia é tão bonitoJá estamos acostumadosA não termos mais nem isso… Os sonhos vêm e os sonhos vãoE o… Read More Ha tempos

Monte castelo

Ainda que eu falasseA língua dos homensE falasse a língua do anjosSem amor, eu nada seria… É só o amor, é só o amorQue conhece o que é verdadeO amor é bom, não quer o malNão sente invejaOu se envaidece… O amor é o fogoQue arde sem se verÉ ferida que dóiE não se senteÉ… Read More Monte castelo

Pais e filhos

Estátuas e cofresE paredes pintadasNinguém sabeO que aconteceu… Ela se jogou da janelaDo quinto andarNada é fácil de entender… Dorme agoraUuuhum!É só o ventoLá fora… Quero colo!Vou fugir de casaPosso dormir aquiCom vocêsEstou com medoTive um pesadeloSó vou voltarDepois das três… Meu filho vai terNome de santoQuero o nomeMais bonito… É preciso amar as pessoasComo… Read More Pais e filhos

Que pais é esse?

Nas favelas, no senadoSujeira pra todo ladoNinguém respeita a constituiçãoMas todos acreditam no futuro da naçãoQue país é esse?Que país é esse?Que país é esse?No amazonas, no araguaia iá, iá,Na baixada fluminenseMato grosso, minas gerais e noNordeste tudo em pazNa morte o meu descanso, mas oSangue anda soltoManchando os papéis e documentos fiéisAo descanso do… Read More Que pais é esse?

Quimica

Estou trancado em casa e não posso sairPapai já disse, tenho que passarNem música eu não posso mais ouvirE assim não posso nem me concentrar Não saco nada de FísicaLiteratura ou GramáticaSó gosto de Educação SexualE eu odeio Química Não posso nem tentar me divertirO tempo inteiro eu tenho que estudarFico só pensando se vou… Read More Quimica

Será

Tire suas mãos de mimEu não pertenço a vocêNão é me dominando assimQue você vai me entender… Eu posso estar sozinhoMas eu sei muito bem aonde estouVocê pode até duvidarAcho que isso não é amor… Será!Só imaginação?Será!Que nada vai acontecer?Será!Que é tudo isso em vão?Será!Que vamos conseguir vencer?… Oh! Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!… Nos… Read More Será

Teatro Dos Vampiros

Sempre precisei De um pouco de atenção Acho que não sei quem sou Só sei do que não gosto E nesses dias tão estranhos Fica a poeira se escondendo pelos cantos Esse é o nosso mundo O que é demais nunca é o bastante E a primeira vez É sempre a última chance Ninguém vê… Read More Teatro Dos Vampiros

Tempo perdido

Todos os dias quando acordoNão tenho maisO tempo que passouMas tenho muito tempoTemos todo o tempo do mundo… Todos os diasAntes de dormirLembro e esqueçoComo foi o diaSempre em frenteNão temos tempo a perder… Nosso suor sagradoÉ bem mais beloQue esse sangue amargoE tão sérioE Selvagem! Selvagem!Selvagem!… Veja o solDessa manhã tão cinzaA tempestade que… Read More Tempo perdido

Via Lactea

Quando tudo está perdido Sempre existe um caminho Quando tudo está perdido Sempre existe uma luz Mas não me diga isso Hoje a tristeza não é passageira Hoje fiquei com febre a tarde inteira e quando chegar a noite cada estrela parecerá uma lágrima queria ser como os outros e rir das desgraças da vida… Read More Via Lactea