A Faca E O Queijo

Você reclama Que eu não lhe faço uma canção Acha que a chama A velha chama da paixão Não nos inflama mais Com tanto ardor Como na época em que éramos A faca e o queijo A faca e o queijo E o desejo tinha mãos E as mãos, traquejo No bom manejo da emoção… Read More A Faca E O Queijo

A Novidade

Uh! Heiê! Oh!Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô!Ah! Aaaah!Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô!Ah! Aaaah!Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô!Ah! Aaaah! Heiê! Heiê!Ô Ô Ô Ô Ô Ô Ô!Ah! Aaaah!… A novidade veio dar à praiaNa qualidade rara de sereiaMetade o bustoD'uma deusa MaiaMetade um grandeRabo de baleia… A novidade era o… Read More A Novidade

A Paz

A paz invadiu o meu coraçãoDe repente, me encheu de pazComo se o vento de um tufãoArrancasse meus pés do chãoOnde eu já não me enterro mais A paz fez um mar da revoluçãoInvadir meu destino; A pazComo aquela grande explosãoUma bomba sobre o JapãoFez nascer o Japão da paz Eu pensei em mimEu pensei… Read More A Paz

A Raça Humana

A raça humana éUma semanaDo trabalho de deusA raça humana é a ferida acesaUma beleza, uma podridãoO fogo eterno e a morteA morte e a ressurreiçãoA raça humana é o cristal de lágrimaDa lavra da solidãoDa mina, cujo mapaTraz na palma da mãoA raça humana risca, rabisca, pintaA tinta, a lápis, carvão ou gizO rosto… Read More A Raça Humana

Amor de Carnaval

Eu não quero mais chorar Por causa de um amor qualquer Minha dor tem que acabar No carnaval, se deus quiser Faz um ano deste amor Esperei até cansar Carnaval me trouxe a dor Carnaval tem que levar

Andar com Fé

Andá com fé eu vouQue a fé não costuma faiá…(4x) Que a fé tá na mulherA fé tá na cobra coralOh! Oh!Num pedaço de pão… A fé tá na maréNa lâmina de um punhalOh! Oh!Na luz, na escuridão… Andá com fé eu vouQue a fé não costuma faiáOlêlê!Andá com fé eu vouQue a fé não… Read More Andar com Fé

Aquele Abraço

O Rio de JaneiroContinua lindoO Rio de JaneiroContinua sendoO Rio de JaneiroFevereiro e março… Alô, alô, RealengoAquele Abraço!Alô torcida do FlamengoAquele abraço!…(2x) Chacrinha continuaBalançando a pançaE buzinando a moçaE comandando a massaE continua dandoAs ordens no terreiro… Alô, alô, seu ChacrinhaVelho guerreiroAlô, alô, TerezinhaRio de JaneiroAlô, alô, seu ChacrinhaVelho palhaçoAlô, alô, TerezinhaAquele Abraço!… Alô moça… Read More Aquele Abraço

Banda Larga Cordel

Pôs na boca, provou, cuspiu. É amargo, não sabe o que perdeu Tem o gosto de fel, raiz amarga Quem não vem no cordel banda larga Vai viver sem saber que o mundo é o seu Tem um gosto de fel, raiz amarga Quem não vem no cordel da banda larga Vai viver sem saber… Read More Banda Larga Cordel

Canô

desde o tempo do carro de boi da época do trem motriz do auge dos canaviais tens vivido a semear a luz a paz e o amor que tem raiz na índia dos teus ancestrais vida cheia de momentos raros nesta cara santo amaro terra de doces paixões zeca e todas as meninas e os… Read More Canô

Despedida de Solteira

ela me disse que iria se casar perguntei-lhe se haveria despedida de solteira ela me disse que a principio não pelo visto não certamente não porque não, eu insisti em perguntar ela disse que eu devia já estar pensando em besteira eu disse a ela que a princípio não pelo visto não certamente não e… Read More Despedida de Solteira

Domingo no Parque

O rei da brincadeiraÊh José!O rei da confusãoÊh João!Um trabalhava na feiraÊh José!Outro na construçãoÊh João!… A semana passadaNo fim da semanaJoão resolveu não brigarNo domingo de tardeSaiu apressadoE não foi prá Ribeira jogarCapoeira!Não foi prá láPrá Ribeira foi namorar… O José como sempreNo fim da semanaGuardou a barraca e sumiuFoi fazer no domingoUm passeio… Read More Domingo no Parque

Drão

Drão o amor da gente é como um grãoUma semente de ilusãoTem que morrer pra germinarPlantar nalgum lugarRessuscitar no chão nossa semeaduraQuem poderá fazer aquele amor morrer!Nossa caminhaduraDura caminhada pela estrada escuraDrão não pense na separaçãoNão despedace o coraçãoO verdadeiro amor é vão, estende-se, infinitoImenso monolito, nossa arquiteturaQuem poderá fazer aquele amor morrer!Nossa caminhaduraCama de… Read More Drão

Esperando na Janela

Ainda me lembro do seu caminharSeu jeito de olhar, eu me lembro bemFico querendo sentir o seu cheiroÉ daquele jeito que ela tem O tempo todo eu fico feito tontoSempre procurando, mas ela não vemE esse aperto no fundo do peitoDesses que o sujeito não pode aguentar, ahE esse aperto aumenta meu desejoEu não vejo… Read More Esperando na Janela

Estrela

Há de surgir Uma estrela no céu Cada vez que ocê sorrir Há de apagar Uma estrela no céu Cada vez que ocê chorar O contrário também Bem que pode acontecer De uma estrela brilhar Quando a lágrima cair Ou então De uma estrela cadente se jogar Só pra ver A flor do seu sorriso… Read More Estrela

Eu só Quero um Xodó

Que falta eu sinto de um bemQue falta me faz um xodóMas como eu não tenho ninguémEu levo a vida assim tão só… Eu só quero um amorQue acabe o meu sofrerUm xodó prá mimDo meu jeito assimQue alegre o meu viver… (Repetir a letra)

Formosa

Formosa, não faz assim Carinho não é ruim Mulher que nega Não sabe não Tem uma coisa de menos No seu coração Formosa, não faz assim Carinho não é ruim Mulher que nega Não sabe não Tem uma coisa de menos No seu coração A gente nasce, a gente cresce A gente quer amar Mulher… Read More Formosa

Gueixa No Tatame

Não sou de queixa Mas a gueixa me iludiu Logo de cara, umeboshi Uma ameixa salgada Quieto, seu mano engoliu Um forte impacto no ilíaco Mas se era afrodizíaco, tudo bem Gueixa não é sempre que se tem assim Depois ela serviu, sake, sushi, nato, tofu Como encontrar apetite pra tanto palpite no menu Não… Read More Gueixa No Tatame

La Renaissance Africaine

l’homme plein de dignité sa nature, ses dieux, son histoire et l’au delà l’homme et son paysage aimé tout est là devant ses yeux tout dedans le baouba la renaissance africaine la renaissance africaine et sa puissance la renaissance africaine la renaissance africaine avec sa dance c’est l’afrique libertée c’est l’afrique et ses idées de… Read More La Renaissance Africaine

Máquina de Ritmo

Máquina de Ritmo Tão prática, tão fácil de ligar Nada além de um bom botão Sob a leve pressão do polegar Poderei legar um dicionário De compassos pra você No futuro você vai tocar Meu samba duro sem querer Máquina de Ritmo Quem dança nessa dança digital Será por exemplo Que o meu surdo ficará… Read More Máquina de Ritmo

Não Chore Mais

No Woman, No CryNo Woman, No CryNo Woman, No CryNo Woman, No Cry… Bem que eu me lembroDa gente sentado aliNa grama do aterro, sob o solOb-observando hipócritasDisfarçados, rondando ao redor… Amigos presosAmigos sumindo assimPrá nunca maisTais recordaçõesRetratos do mal em siMelhor é deixar prá trás… Não, não chore maisNão, não chore maisOh! Oh!Não, não… Read More Não Chore Mais

Não Grude Não

Não grude não Não grude Não grude não Não grude Não grude não Oxênte onde já se viu Não grude não Não grude Não grude não Não grude Não grude não O disgrama quis pariu Não grude não Não grude Não grude não Não grude Não grude não Afasta vai sai pra lá Não grude… Read More Não Grude Não

O Oco do Mundo

o oco do mundo pré para trans e meta pós o oco do mundo a foz de um rio sem nascente como um broto sem semente um raio de sol sem luz como infecção sem pus o oco do mundo a sós o oco do mundo ainda na minha periferia como eco da bahia saudade… Read More O Oco do Mundo

Olho Mágico

Piolho, piolho! Você quer ver um piolho No pelo da minha pubis No pelo da minha pubis Que olho, que olho! Você pensa que tem olho Você pensa que tem olho Que tem olho de olho mágico Você quer me ver vivendo Algo patético ou trágico Você pensa que eu estou no big brother Você… Read More Olho Mágico

Os Pais

Os pais os pais Estão preocupados demais Com medo que seus filhos caiam nas mãos dos narco-marginais! Ou então na mão dos molestadores sexuais E no entanto ao mesmo tempo são a favor das liberdades atuais! Por isso não acham nada demais Na semi-nudez de todos os carnavais E na beleza estonteante e tão natural… Read More Os Pais

Outros Viram

O que Whalt Withman viu Maiakowscki viu Outros viram também Que a humanidade vem Renascer no Brasil! Teddy Roosevelt sentiu Rabindranath Tagore. Stefan Zweig viu também Todos disseram amém A essa luz que surgiu! Roosevelt que celebrou nossa miscigenação Até a considerou como sendo a solução Pro seu próprio país Pra se amalgamar Misturar “melting… Read More Outros Viram

Pai e Mãe

Eu passei muito tempo aprendendo a beijarOutros homens como beijo o meu paiEu passei muito tempo pra saber que a mulherQue eu amei, que amo, que amarei Será sempre a mulher como é minha mãeComo é, minha mãe? Como vão seus temores?Meu pai, como vai?Diga a ele que não se aborreça comigo Quando me vir… Read More Pai e Mãe

Palco

Subo nesse palco, minha alma cheira a talcoComo bumbum de bebê, de bebêMinha aura clara, só quem é clarividente pode verPode verTrago a minha banda, só quem sabe onde é LuandaSaberá lhe dar valor, dar valorVale quanto pesa prá quem preza o louco bumbum do tamborDo tambor Fogo eterno prá afugentarO inferno prá outro lugarFogo… Read More Palco

Pela Internet

Criar meu web siteFazer minha home-pageCom quantos gigabytesSe faz uma jangadaUm barco que veleje …(2x) Que veleje nesse infomarQue aproveite a vazanteDa infomaréQue leve um orikiDo meu velho orixáAo pôrto de um disqueteDe um micro em Taipé… Um barco que velejeNesse infomarQue aproveite a vazanteDa infomaréQue leve meu e-mail láAté CalcutáDepois de um hot-linkNum site… Read More Pela Internet

Refazenda

Abacateiro acataremos teu atoNós também somos do mato como o pato e o leãoAguardaremos brincaremos no regatoAté que nos tragam frutos teu amor, teu coraçãoAbacateiro teu recolhimento é justamenteO significado da palavra temporãoEnquanto o tempo não trouxer teu abacateAmanhecerá tomate e anoitecerá mamãoAbacateiro sabes ao que estou me referindoPorque todo tamarindo tem o seu agosto… Read More Refazenda

Samba de Los Angeles

Olha que o samba foi Foi quebrando, foi Foi quebrando, foi Foi quebrar Lá na beira do mar Tanto que água mole Em pedra dura bate, que fura Da pedra rachar Tanto que racha a rocha Que relaxa, afrouxa, que vira Areia do mar Tanto que a areia arenga Que a sereia canta pelo pé… Read More Samba de Los Angeles

Sítio do Pica-Pau Amarelo

Marmelada de banana, bananada de goiabaGoiabada de marmeloSítio do Pica-Pau amareloSítio do Pica-Pau amarelo Boneca de pano é gente, sabugo de milho é genteO sol nascente é tão beloSítio do Pica-Pau amareloSítio do Pica-Pau amarelo Rios de prata, pirataVôo sideral na mata, universo paraleloSítio do Pica-Pau amareloSítio do Pica-Pau amarelo No país da fantasia, num… Read More Sítio do Pica-Pau Amarelo

Só Chamei Porque te Amo

Não é Natal, nem ano bom Nem um sinal no céu, nenhum Armagedom Nenhuma data especial Nenhum ET brincando aqui no meu quintal Nada de mais, nada de mal Ninguém comigo além da solidão Nem mesmo um verso original Pra te dizer e começar uma canção Só chamei porque te amo Só chamei porque é… Read More Só Chamei Porque te Amo

Super-Homem, a Canção

Um dia vivi a ilusão de que ser homem bastariaQue o mundo masculino tudo me dariaDo que eu quisesse ter Que nada, minha porção mulher que até então se resguardaraÉ a porção melhor que trago em mim agoraÉ o que me faz viver Quem dera pudesse todo homem compreender, ó mãe, quem deraSer o verão… Read More Super-Homem, a Canção

Three Little Birds

Don´t worry about a thingcause every little thing is gonna be alrightdon´t worry about a thingevery little thing is gonna be alrightRise up this morningsmiled with the rising sunthree little birdspitch by my door stepsinging sweet songsof melodies pure and truesaying, this is my message to you:don´t worry about a thingcause every little thing is… Read More Three Little Birds

Toda Menina Baiana

Toda menina baiana temUm santo que Deus dáToda menina baiana temEncantos que Deus dáToda menina baiana temUm jeito que Deus dáToda menina baiana temDefeitos também que Deus dáQue Deus deu, que Deus dáQue Deus entendeu de darA primaziaPro bem, pro malPrimeira mão na BahiaPrimeira missaPrimeiro índio abatidoTambém que Deus deuQue Deus entendeu de darToda magiaPro… Read More Toda Menina Baiana

Vamos Fugir

Vamos fugir!Deste lugarBaby!Vamos fugirTô cansado de esperarQue você me carregue… Vamos fugir!Pr'outro lugarBaby!Vamos fugirPr'onde quer que você váQue você me carregue… Pois diga que iráIrajá, IrajáPrá onde eu só veja vocêVocê veja a mim sóMarajó, MarajóQualquer outro lugar comumOutro lugar qualquer… Guaporé, GuaporéQualquer outro lugar ao solOutro lugar ao sulCéu azul, céu azulOnde haja só… Read More Vamos Fugir