Zeca Veloso

Todo Homem

O sol, manhã de flor e sal
E areia no batom

Farol, saudades no varal
Vermelho, azul, marrom

Eu sou cordão umbilical
Pra mim nunca tá bom

E o sol queimando o meu jornal
Minha voz, minha luz, meu som

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe

O céu, espuma de maçã
Barriga, dois irmãos

O meu cabelo negra lã
Nariz, e rosto, e mãos

O mel, a prata, o ouro e a rã
Cabeça e coração

E o céu se abre de manhã
Me abrigo em colo, em chão

Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe
Todo homem precisa de uma mãe

0 comentário sobre “Todo Homem

  • “A letra fala sobre pequenas coisas que são aconchego e lar. Versos como “Eu sou cordão umbilical” e o refrão “Todo homem precisa de uma mãe” mostram que mesmo depois de crescidos, todos sentem falta de colo e abrigo.

  • Áurea Castelle disse:

    Eu sou cordão umbilical: preciso sempre descobrir mais e mais sobre mim, sobre algo pois somente assim posso evoluir. Preciso sempre me nutrir do que quero e sempre quero mais.
    O sol clareia : quando a luz da necessidade de fazer ou ser ou saber chega

    Todo homem precisa de uma mãe: todos precisam de um Porto Seguro onde possam mesmo na caminhada cotidiana, no aprendizado, nas descobertas, ter um lugar de colo e segurança para descansar e se proteger de si e do mundo.
    Barriga dois irmãos : a ambiguidade do mesmo ser humano que ao mesmo tempo precisa desse Porto Seguro, mas precisa a si mesmo confrontar, como o reflexo no espelho irmãos gêmeos que é apenas um buscando corrigir a si e ao mesmo tempo analisar sua personalidade, falhas e acertos.Aquele questionário íntimo que se faz a si mesmo buscando respostas para o que ainda não se conhece nessa infinitude do céu e mar que compõem a mesma pessoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>