Boêmio Feliz

Zeca Pagodinho

1 comentários

Eu vi a lua passeando com as estrelas
Se eu pudesse entendê-Ias, pediria
Para minha rua iluminar
Sou boêmio, amante da madrugada
Sou a própria batucada
Sambando, me agiganta na avenida
Sou a nora musical feliz da vida ô ô ô
Ô ô Ô ô, ó, lua, alumia
Meu amor interior
Vestido na fantasia
A poesia veio me dominar
No afã da minha euforia
Troco a noite pelo dia
Eu quero vigiliar
Tristeza do meu peito foi embora
Alegria hoje mora
É a razão do meu cantar, ê,
Morena
Pega a viola e vamos violar, ê, morena
Sou o boêmio que vem lá do Irajá




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um comentário para a letra “Boêmio Feliz

  1. Teresa disse:

    ℓɵʀℯɱ ɩƿʂʉɱ ∂ɵℓɵʀ ʂɩτ åɱℯτ, ¢ɵɳʂℯ¢τℯτʉℯʀ å∂ɩƿɩʂ¢ɩɳg ℯℓɩτ. ℯτɩåɱ ℯgℯτ ℓɩgʉℓå ℯʉ ℓℯ¢τʉʂ ℓɵɞɵʀτɩʂ ¢ɵɳ∂ɩɱℯɳτʉɱ. åℓɩqʉåɱ ɳɵɳʉɱɱy åʉ¢τɵʀ ɱåʂʂå. ƿℯℓℓℯɳτℯʂqʉℯ ɦåɞɩτåɳτ ɱɵʀɞɩ τʀɩʂτɩqʉℯ ʂℯɳℯ¢τʉʂ ℯτ ɳℯτʉʂ ℯτ ɱåℓℯʂʉå∂å ғåɱℯʂ å¢ τʉʀƿɩʂ ℯgℯʂτåʂ. ɳʉℓℓå åτ ʀɩʂʉʂ. Qʉɩʂqʉℯ ƿʉʀʉʂ ɱågɳå, åʉ¢τɵʀ ℯτ, ʂågɩττɩʂ å¢, ƿɵʂʉℯʀℯ ℯʉ, ℓℯ¢τʉʂ. ɳåɱ ɱåττɩʂ, ғℯℓɩʂ ʉτ å∂ɩƿɩʂ¢ɩɳg