Bisnaga

Zeca Pagodinho

1 comentários

Seu Manoel, o dono da padaria
Pra agradar a freguesia
Fez um cartaz de promoção
Se você quiser comprar, bisnaga
Leva três, mas duas só, que paga
Se você quiser comprar,(vagabundo) bisnaga
Leva três, mas duas só, que paga (é)
Mas pra gozar, dessa mordomia
Você tem que acordar, antes de raiar o dia
E andar depressa pra conseguir uma vaga
Tudo isso pra comprar, bisnaga
Refrão
A Dona Eunice, diz que não vacila
Mas a sua gulodice, fez furar a fila
Houve confusão, disse-que-disse
Muita gente rogou praga
Tudo isso pra comprar, bisnaga
Refrão
Hoje o padeiro, perdeu a hora
Causou o maior sururu, do lado de fora
E no auge do rebôo, o gago xingou a gaga
Tudo isso pra comprar, o que, que foi? Bisnaga
Leva três mas duas, só que paga
(antes de raiar o dia andar bem depressa
pra ter uma vaga, porque)
Se você quiser comprar….




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um comentário para a letra “Bisnaga

  1. Teresa disse:

    ℓɵʀℯɱ ɩƿʂʉɱ ∂ɵℓɵʀ ʂɩτ åɱℯτ, ¢ɵɳʂℯ¢τℯτʉℯʀ å∂ɩƿɩʂ¢ɩɳg ℯℓɩτ. ℯτɩåɱ ℯgℯτ ℓɩgʉℓå ℯʉ ℓℯ¢τʉʂ ℓɵɞɵʀτɩʂ ¢ɵɳ∂ɩɱℯɳτʉɱ. åℓɩqʉåɱ ɳɵɳʉɱɱy åʉ¢τɵʀ ɱåʂʂå. ƿℯℓℓℯɳτℯʂqʉℯ ɦåɞɩτåɳτ ɱɵʀɞɩ τʀɩʂτɩqʉℯ ʂℯɳℯ¢τʉʂ ℯτ ɳℯτʉʂ ℯτ ɱåℓℯʂʉå∂å ғåɱℯʂ å¢ τʉʀƿɩʂ ℯgℯʂτåʂ. ɳʉℓℓå åτ ʀɩʂʉʂ. Qʉɩʂqʉℯ ƿʉʀʉʂ ɱågɳå, åʉ¢τɵʀ ℯτ, ʂågɩττɩʂ å¢, ƿɵʂʉℯʀℯ ℯʉ, ℓℯ¢τʉʂ. ɳåɱ ɱåττɩʂ, ғℯℓɩʂ ʉτ å∂ɩƿɩʂ¢ɩɳg